Home > Corpo e Mente
Resgatando a ligação corpo-mente

Resgatando a ligação corpo-mente

por Cristina Cairo

Desde tempos mais remotos, o ser humano necessitou se comunicar para, através de trocas e apoios, poder sobreviver. O instinto de sobrevivência sempre causou transtornos sociais, pois o homem é um ser único dentro de sua mente e suas necessidades mais íntimas devem ser saciadas, devido ao princípio do prazer.

O princípio do prazer é um instrumento do inconsciente, que impulsiona o ser para a vida. Dentro desse princípio, não existem regras ou limitações, pois o instinto leva a proteger a vida e saciar as necessidades fisiológicas e biológicas básicas.

A necessidade primária causava danos nas relações interpessoais ou mesmo nas grupais, devido ao egocentrismo natural. Todo tipo de violação era resolvida pelo sistema "olho por olho, dente por dente" e muitas mortes eram inevitáveis.

Para que a humanidade pudesse sobreviver e procriar, aumentando a vida sobre o planeta, as regras e as limitações começaram a ser impostas por líderes que se muniram da razão. Uma nova cultura deu início a leis que obrigatoriamente puniam os infratores, causando com isso sérias repressões emocionais. O medo reprimia seus impulsos instintivos e a aprendizagem dessa forma de raciocínio profilático, gerava uma força consciente, que então não existia. Mas não sabiam que o princípio do prazer é uma força viva que flui pelo corpo para estimular a vida. Qualquer forma de repressão fará com que ela se desloque para o corpo ou para as emoções, destrutivamente, em forma de doenças, acidentes ou distúrbios psíquicos, ou fluirá para o exterior de uma forma sublimada, ou seja, transformada em funções positivas à sociedade, como por exemplo: profissões, esportes ou mesmo trabalhos filantrópicos.

Hoje, a falta de informação por parte de várias culturas, sobre esses princípios ou a falta de conhecimento para lidar com eles, causa grandes danos ao corpo e à mente das pessoas, aumentando cada vez mais o número de novos tipos de doenças, como um grito abafado que reside no calabouço do inconsciente. É a energia da vida querendo fluir de forma livre, é o instinto querendo buscar seus prazeres, que foram reprimidos sem qualquer acordo.

Algumas doutrinas religiosas, recalcaram ainda mais muitos dos impulsos naturais de seus seguidores, condicionando-os a crenças rígidas que influenciam a educação familiar até os dias de hoje. Entretanto, muitas religiões orientais ensinaram e ensinam a sublimação dos instintos pelo autoconhecimento e pela preservação dos ensinamentos milenares sobre leis universais, como: "causa e efeito" (pensamento, palavra e ação transformam o destino), transmitindo esse conhecimento aos seus seguidores, construindo no interior de cada um mais segurança, autoconfiança e liberdade para escolher sua conduta, pois o homem torna-se responsável pelos seus atos e suas conseqüências.

Devemos entender que todo sentimento de culpa, ressentimento, julgamento, crítica, raiva, mágoa e indignação, causa doenças e vários problemas sociais e pessoais. E exatamente o que causa essas emoções negativas é a falta do autoconhecimento citado acima. Todo aquele que olha o mundo externo e lhe dá poder, sem conhecer seu próprio interior ou o seu "eu" verdadeiro, será "esmagado", oprimido, lesado e traído pela sua própria crença errônea e não propriamente pelas situações e pessoas que o rodeiam.

A psicologia tem tratado desse assunto em suas clínicas, com várias abordagens terapêuticas, em sessões individuais ou em grupo. Mas os psicólogos sempre enfrentaram resistências de seus clientes, que dificultam ou retardam os insights necessários para o desenvolvimento da elaboração e cura.

Atribuo as resistências ao fator "desinformação educacional". O que quero dizer é que se a psicologia se estendesse aos currículos escolares, de uma forma cultural, todos, desde a mais tenra idade, já adquiririam o conhecimento de si mesmo e a compreensão de seus estados emocionais. Com isso, ficaria muito mais fácil, para as pessoas, a aceitação da existência dos mecanismos de defesa existentes no inconsciente e os conflitos e resistências diminuiriam aceleradamente, com o auxílio de terapias ou não. A auto-análise seria fundamental para despertar no indivíduo a aceitação da ajuda profissional da psicologia e obviamente haveria também interesse em conhecer-se ainda mais, pela psicologia milenar, guardada entre monges e mestres de variadas filosofias orientais, como o Budismo e o Xintoísmo, e até mesmo pela Medicina Chinesa, que contém todo o fundamento corporal, influenciado pela medicina do Egito antigo.

A medicina ocidental ou convencional perdeu de vista o conhecimento da mente humana e a psicologia convencional perdeu de vista o conhecimento holístico do homem. Esqueceram dos conhecimentos indianos e tibetanos, da existência de pontos energéticos do corpo, como chacras e meridianos que a acupuntura diagnostica e medica com fundamento científico.
A própria máquina kirlian já registrou formas invisíveis aos olhos humanos, como a aura e os próprios chacras e meridianos corporais. Apesar dessas formas estarem em outro nível corporal, sua existência é comprovada pela ciência e cabe aos médicos e psicólogos atualizarem seus conhecimentos para aumentar a eficiência de seus trabalhos.

A física quântica é uma matéria importantíssima nos dias de hoje, pois ensina ou relembra ao ser humano, noções sobre as energias quânticas existentes na matéria e no invisível, e que não pertencem ao tempo nem ao espaço. Através desse conhecimento podemos explicar todo tipo de fenômeno, doenças e reconstruir um destino. Portanto, estudar é sempre necessário para o nosso crescimento, e somente quando todos os profissionais da mente e do corpo abaixarem a guarda e se lançarem em busca dos conhecimentos existentes há milênios, é que muitas dúvidas e angústias serão sanadas.

Estudo, pratico e trabalho há mais de vinte anos com a psicologia holística, sempre com o apoio de médicos e cientistas que se voltaram para esse assunto, e essa jornada tem sido muito gratificante, devido às curas e à expansão das consciências para um mundo melhor.

Colocarei a seguir, vários exemplos da visão holística pela Linguagem do Corpo, aprovada pela Medicina Psicossomática, pela Psicanálise, pela Medicina Chinesa e Egípcia e até pela PNL- Programação Neurolingüística.
Esse conhecimento corporal tem fundamento nas observações orientais da ligação do funcionamento orgânico com as funções psíquicas, estudadas e comprovadas por neurologistas, cardiologistas e muitos outros médicos que se aprofundaram nessa correlação. Importante lembrar que o próprio Reich foi influenciado pelo Budismo, nas questões corporais e desenvolveu seu próprio método de terapia.
A função da terapia, através da Linguagem do Corpo, que resgatei e desenvolvi, é intervir diretamente nas resistências dos clientes, fazendo com que o terapeuta ganhe maior credibilidade, e com isso o nível de ansiedade do indivíduo diminui, tornando a relação terapeuta/cliente muito mais fácil.

A Linguagem do Corpo conscientiza o indivíduo de suas resistências e de seus conflitos afetivos e, a partir daí, tanto o terapeuta quanto seu cliente podem trabalhar novos dados que, sem a ajuda da Linguagem do Corpo, demoraria muito mais tempo e sessões para se manifestarem. O corpo mostra o que está latente no ser humano e cabe ao terapeuta e a todos os profissionais da mente e do corpo, treinarem a habilidade da percepção subjetiva e sintetizar com os fatores objetivos, para progredir na leitura e interpretação desse idioma especial do corpo. Portanto, leia esses exemplos a seguir e exercite a sua observação de pessoas conhecidas e associe ao seu comportamento e depois tente romper sua própria resistência e preconceito e leia seu próprio corpo, procurando entender o que o seu inconsciente está escondendo de você, como mecanismo de defesa.

Entendendo a Linguagem do Corpo e o significado de cada órgão
A cabeça, o tronco, os membros e cada órgão interno recebe um impulso nervoso do cérebro que é comandado pelas emoções. Quando analisamos os movimentos do corpo ou o funcionamento de cada órgão percebemos que carregamos diferentes sentimentos para diferentes movimentos do nosso corpo:
o desejo de mover os dedos faz com que movamos os dedos e o desejo de expressar uma opinião faz com que abramos a boca. Mas existem desejos inconscientes que também fazem com que o cérebro impulsione energia para mover ou imobilizar partes do corpo. Como exemplo disso temos muitas paralisias musculares psicossomáticas ocasionadas pelo desespero e pelo sentimento de "fim de estrada", que ocorrem quando o indivíduo percebe que não tem saída ou solução para algum problema pessoal. A tensão nervosa chega a paralisar seus membros e até a fala. Há uma infinidade de reações nervosas que causam doenças, sendo que grande parte delas a medicina não reconhece como inconscientes. Um pensamento crônico pode transformar seu corpo através das subseqüentes reações químicas comandadas pelo cérebro.

Por que o ser humano adoece tanto?
O homem desconhece que é responsável pelo seu destino. A doença é uma forma primária de expressão do que o indivíduo sente e pensa e uma forma de comunicação para aqueles que desconheçam o poder da auto-estima e do perdão.
Quando se compreende a motivação do outro, o perdão é inevitável. O verdadeiro perdão cura o corpo e o destino como se fosse um passe de mágica.
A Linguagem do Corpo só revela para o consciente aquilo que o inconsciente esconde atrás de nossa ignorância.

Perdão
O perdão não tem nada a ver com religião, embora esta também ensine a perdoar. Psicólogos e médicos sabem, por observação, que os que não perdoam geralmente estão mais susceptíveis a doenças do coração, problemas nas artérias, pressão alta e que desenvolvem o câncer com muito mais freqüência do que aqueles que têm bom relacionamento com outras pessoas e que não são tão rígidos em suas opiniões. É óbvio que a aproximação com Deus - e isso tem a ver com a crença de cada um - afasta a angústia, expurga as decepções e elimina as doenças, pois ao sentir o contato com a Força Criadora, a alma relaxa e percebe que até então vinha "segurando" suas mágoas egoisticamente.

De bem com a vida - o segredo da saúde
É possível ficar de bem com a vida, afastando as doenças e acidentes. As pessoas que chegam a compreender isso, mesmo em situações adversas, conseguem manter a calma, sabem julgar corretamente, sem alarde. Não se fazem de vítimas e vivem, intensamente, os bons momentos, ainda que estes sejam mínimos. Para começar a mudar, torna-se necessário analisar seus próprios atos, suas palavras e... seus pensamentos. Deve eliminar os exageros, tanto os de tristeza quanto os de alegria, enfrentando a vida o mais naturalmente possível, sem agressividade, sem mágoas. Deve aprender a enxergar seus semelhantes como o reflexo de si mesmo. Deve abolir o hábito de fazer acusações contra quem quer seja. Ao contrário, sorria mais para as pessoas. Nunca deve impor a sua verdade. Tudo isso fará com que você descubra a alegria de viver... e de amar.
É comum, em psicologia, afirmar que não existem doenças e sim doentes. Isso vem confirmar a tese por mim defendida em Linguagem do Corpo, quando insisto sobre a necessidade de os pacientes conscientizarem-se de que qualquer doença tem origem no campo emocional. Não raro são aqueles que, apreensivos com sintomas aparentemente insignificantes, recorrem aos médicos que, por
sua vez, percebendo a angústia de seus pacientes, procuram tranqüilizá-los confirmando que seus problemas são de fundo emocional. Acredito, portanto, que os médicos ainda tornar-se-ão os melhores aliados da psicologia oriental, até porque, com seus conhecimentos sobre a estrutura humana, será possível, num futuro muito próximo, diagnosticar, com precisão, qualquer tipo de anomalia física nos seres humanos.

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 22/03/2018 10:11:50

Cristina Cairo é consultora corporal e promove palestras, workshops e cursos sobre a LINGUAGEM DO CORPO. Clique aqui e adquira o livro Linguagem do Corpo
Email: instituto_cristinacairo@yahoo.com.br
Visite o Site do Autor

Veja também
O que você escolhe, amor ou medo?
Procuram-se trabalhadores dedicados a fazer o Bem
Aqui se faz, aqui se paga...
Você é amor, mas não sabe disso
Onde está a Saúde?
O Toque que cura


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
quinta-feira, 17 de outubro de 2019

energia
I-Ching: 18 – KU – A REAÇÃO
Agora é o momento certo para deixar de hesitar e agir. Energia e boa vontade são indispensáveis.


energia
Runas: Raidho
Analise novas oportunidades, mudanças para melhor.


17
Numerologia: Finanças
Dia de disciplinar, organizar, estabelecer planos, ser prudente e enxergar longe. Procure progresso e o atrairá, esteja alerta para possibilidades de ganhos, pois as oportunidades surgirão.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa