Home > Corpo e Mente
Trajetória de formação de um Radiestesista

Trajetória de formação de um Radiestesista

por Maria Isabel Carapinha

Existe um termo popular que diz "caí de pára-quedas" nisto. Esta expressão tem muito a ver com o que aconteceu com minha trajetória de vida na Radiestesia. Sou engenheira de formação, portanto, bem lógica e racional, mas no interior do meu ser sempre pulsou uma força enorme de conexão com o desconhecido, com uma busca de explicações para as coisas mais banais de nosso dia-a-dia. Minha sensibilidade e intuição sempre foram muito fortes, desde pequena conseguia sentir se algum lugar era bom ou ruim e se alguma pessoa estava com uma energia pesada, no entanto, sentia e quase nunca me expressava, pois, achava que as pessoas não me entenderiam.

Eu tinha uma amiga que adorava ler a sorte em tudo que era lugar que aparecia, e nem sempre estar num local desconhecido a deixava segura, pois existem locais que mexem com todo tipo de coisa, e é claro que ela já havia passado por vários sustos. Portanto, sempre que ia a um destes locais, fazia uma propaganda enorme e sempre convidava alguém para ir com ela e foi num destes convites que fui inclusa.

O local desta vez até que era bonito e harmonioso, porém, a leitura de cartas para mim foi algo que simplesmente não tinha nada a ver, a pessoa interpretava as cartas lendo em um livro seu significado e, obviamente, sua sensibilidade em nada influía, era zero. A leitura foi decepcionante, saí da sala decepcionada, e fiquei do lado de fora aguardando a leitura de minha amiga terminar. Foi, então, que vi um anúncio de Radiestesia que estava no mural de eventos. Nunca ouvira falar desse termo; já havia escutado que algumas pessoas usavam um pêndulo para obterem respostas, mas nunca tinha visto alguém utilizá-lo.

Comecei, então, a ler o tal anúncio que dizia que, através da utilização do pêndulo e de instrumentos de radiestesia específicos, podíamos medir energias de pessoas e locais e interpretá-las, além de poder fazer a cura do ambiente através da utilização de placas radiônicas; era possível também fazer o equilíbrio das energia das pessoas através da utilização da pirâmide e aprenderíamos a direcionar a nossa energia para onde desejássemos. Nossa!!!! Fiquei fascinada e queria começar o curso de imediato! A explicação que tanto buscava para o que acontecia comigo desde a infância estava ali.
O curso começou em duas semanas e esse foi o meu início de vida na Radiestesia, 22 anos atrás... posso afirmar de coração que a radiestesia transformou a minha vida, me tornou uma pessoa calma e equilibrada, além de poder ajudar muitas e muitas pessoas ao meu redor.
No início, eu duvidava do que era possível ser feito e comecei a fazer experiências comigo, de semana a semana eu praticava os exercício incessantemente e os resultados obtidos me fascinavam. Eu estava transformando a minha vida e me tornando a cada dia uma pessoa mais equilibrada.

A Radiestesia tem infinitas aplicações, sendo que cada pessoa se conecta com alguma delas; no meu início de carreira, trabalhei muito com cura e alívio do sofrimentos das pessoas, mesmo porque isso eu conseguia provar e a minha sensibilidade que sempre foi latente aumentava a cada dia.

Descobri que com a Radiestesia eu tinha ajuda para obter uma grande quantidade de informações que de outro jeito não seria possível, porém, em toda esta minha pesquisa, sempre procurei me manter fiel ao que era científico e onde eu pudesse encontrar explicações.

O primeiro princípio em que me fixei foi harmonizar as pessoas, pois harmonia significa equilíbrio, bem-estar e para fazer isso lancei mão de gráficos específicos de radiônica e o uso da pirâmide, que foi de suma importância neste processo e com resultados extremamente benéficos, mesmo em casos extremos.
O ser humano em geral sempre tem a tendência a atribuir o poder a alguém e isto foi uma das coisas em que sempre insisti, pois a Radiestesia não é um dom que pertence a poucos, é uma capacidade inata ao ser humano. Para que isto seja possível, basta dedicação, estudo e disciplina nos exercícios.

Estudar a Radiestesia significa ter o poder de canalizar a energia cósmica para onde você desejar, significa entender o que existe por trás de uma doença e sair fora desta sintonia, significa também entender porque a sua prosperidade está bloqueada e então desbloqueá-la, enfim, significa ver a vida de uma outra forma e transformar o seu dia-a-dia naquilo que você deseja.
O equilíbrio pessoal é fundamental para nos tornarmos observadores da situação e jamais entrarmos em energias que não nos pertencem, como energias de discussões, brigas, intrigas, inveja e ódio.

O radiestesista precisa ser um pessoa equilibrada, serena, tranqüila, saudável e próspera, porque do contrário, como poderemos afirmar que a Radiestesia transforma a vida de uma pessoa se a nossa vida não é assim?

A seguir conto a minha primeira experiência como radiestesista dentro de casa:
A casa dos meus pais, onde eu vivi por mais de 30 anos, sempre foi uma casa saudável e harmônica, sem mostrar brigas, nem energias ruins, no entanto, logo que comecei a fazer o meu primeiro curso de Radiestesia, haviam acontecido dois fatos com meu pai, em um curto intervalo de tempo, e depois de tanto ouvir falar no curso sobre o mal que determinadas energias causam à nossa vida, passei a prestar atenção a tudo à minha volta.

Meu pai havia tido em um pequeno intervalo de tempo duas doenças relativamente sérias, uma tuberculose no rim, algo não muito comum, e um tempo depois teve um enfarto sem consequências maiores, pois afetara uma veia secundária, apesar do susto que todos nós em casa passamos.
Peguei, então, meu pêndulo cromático e saí medindo todas as energias da casa, a fim de entender o que havia acontecido e qual não foi minha surpresa ao encontrar um veio de água que passava bem debaixo da cama de meus pais e que fazia exatamente a trajetória sobre o rim direito e depois no coração dele. Puxa! Fiquei sem palavras, mas ao mesmo tempo duvidava do que havia medido, até porque naquela época eu era uma principiante na Radiestesia. Fiz o seguinte: levei a planta de minha casa, sem nada contar ao meu professor e pedi a ele que fizesse uma prospecção à distância. Assim, ele me pediu uma semana de prazo e me retornou com o diagnóstico: havia um veio de água passando por debaixo da cama de meus pais que fazia determinada trajetória, que desenhou na planta. A posição era a mesma que eu havia encontrado,... Puxa, eu estava me tornando uma radiestesista! No laudo, ele explicava as consequências sérias que poderiam vir a sofrer pessoas que dormissem sobre um ponto daqueles; contei-lhe o que já havia acontecido e ele me disse: mude a cama de lugar ou coloque uma "placa de luxor "sob ela, equilibre seu pai e sinta-se feliz por ter descoberto isto, pois estas duas doenças serviram como avisos, pois se ele continuasse dormindo sobre aquele ponto consequências piores poderiam vir a acontecer.
Daí para frente, nunca mais parei de estudar e treinar muito a Radiestesia e também ajudar, depois que me senti realmente confiante, muitas e muitas pessoas e hoje sinto que nessa minha trajetória de vida tenho a missão de transmitir meus conhecimentos ao mundo através dos meus artigos, cursos e palestras e de aliviar o sofrimentos das pessoas através dos meus atendimentos, simplesmente porque eu amo de coração isso que faço! A Radiestesia faz parte da minha vida!

Até a próxima semana!

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 03/06/2009 16:55:36

Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: isabelc@uol.com.br
Visite o Site do Autor

Veja também
Júpiter ingressou em Capricórnio Dezembro de 2019
Nunca traia a si mesmo
Conheça o mapa emocional das Vitimas e dos Abusadores Perversos
Falando do todo - O primeiro amor de tudo!
Encontrando a paz no meio do caos
Amar faz bem!


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
domingo, 8 de dezembro de 2019

energia
I-Ching: 46 – SHÊNG – ASCENSÃO
A ascensão graças aos próprios méritos é a justa recompensa para o esforço. Não é o momento de parar, ao contrário, estabeleça objetivos e avance.


energia
Runas: Thurisaz
Avalie todas as situações, alerta com assinaturas.


8
Numerologia: Colheita
“Colherás aquilo que semeias”. Essa verdade será bastante evidente hoje. É momento de receber pagamentos e saldar dívidas.
Seja eficiente organizado e preocupado com resultados tangíveis. Torne seus projetos financeiramente proveitosos.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa