auravide auravide

A frustração impede uma boa comunicação


A ênfase no mundo interior quando passa a ser excessiva torna-se uma forma de embotamento. Deixamos de nos comunicar com o mundo exterior de maneira saudável quando ficamos demasiadamente envolvidos por nossos pensamentos e emoções.

Quando estamos frustrados nos fechamos, ficamos sem vontade de nos comunicar. Podemos ouvir conselhos sábios e animadores, mas de nada adiantará. Não vemos saída para os problemas, nossa escuta está bloqueada para qualquer tipo de solução. Estamos atolados em preconceitos sobre nós mesmos e podemos inclusive “contaminar” os que nos rodeiam com a nossa negatividade.

Em geral, somos pessimistas. Temos o hábito interno de nos lamentar. Se passássemos um dia gravando nossos pensamentos, iríamos nos surpreender com o quanto nos desestimulamos cotidianamente. Como gatos escaldados, desconfiamos da felicidade. Temos medo do sucesso.

O importante é lembrar que somente nós mesmos podemos nos estimular para superar nossos bloqueios internos. Eles surgem quando somos dominados pela opinião alheia ou quando não assumimos nossa própria opinião como possível e verdadeira. É preciso arriscar para superar o condicionamento de um bloqueio. Susto só passa com susto. Ou seja, freqüentemente temos que nos deparar repetidas vezes com aquilo que tememos para reconhecer que já somos capazes de enfrentá-lo.

Texto extraído do “O livro das Emoções - Reflexões inspiradas na Psicologia do Budismo Tibetano” de Bel Cesar, Ed.Gaia.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


bel
Bel Cesar é psicóloga, pratica a psicoterapia sob a perspectiva do Budismo Tibetano desde 1990. Dedica-se ao tratamento do estresse traumático com os métodos de S.E.® - Somatic Experiencing (Experiência Somática) e de EMDR (Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares). Desde 1991, dedica-se ao acompanhamento daqueles que enfrentam a morte. É também autora dos livros `Viagem Interior ao Tibete´ e `Morrer não se improvisa´, `O livro das Emoções´, `Mania de Sofrer´, `O sutil desequilíbrio do estresse´ em parceria com o psiquiatra Dr. Sergio Klepacz e `O Grande Amor - um objetivo de vida´ em parceria com Lama Michel Rinpoche. Todos editados pela Editora Gaia.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa