Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

A Sonhadora do Vento

por Rubia A. Dantés
A Sonhadora do Vento
Publicado dia 16/04/2004 14:51:18 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Era uma noite linda lá nas montanhas... sempre é... de uma forma ou de outra... se temos olhos pra enxergar o que a noite traz... além da beleza obvia de uma chuva de água ou de estrelas... todas as noites lá na montanha são maravilhosas...

É que lá é um dos lugares que o Universo escolheu pra nos fazer ter encontros sagrados...

Naquela noite eu me vi caminhando entre as estrelas levada por uma mulher de cabelos brancos e longos... muito longos... e muito brancos... Mas ela era jovem e linda.... e com seu manto azul de leveza e de vento ela caminhava entre os sonhos... e eu estava lá com ela e no que me lembro tinha uma espiral de estrelas... muitas estrelas e o Vento... por isso eu a chamei desde sempre de A Sonhadora do Vento...

E é com o vento que ela sonha os sonhos que tecem as realidades... Os fios são mesmo os cabelos... e as mãos têm a energia que dá forma aos sonhos... que se realizam... depois de mudar os fios que podem ser mudados...

Ela vem com o Vento entre relâmpagos... e me apareceu assim entre eles e com a força da fiandeira cósmica e das mulheres sonhadoras... as que trabalham na dimensão dos sonhos...

Ela está comigo desde então e tem uma coroa de estrelas de luz de Lua na cabeça e uma espiral e uma teia de luz dourada de Sol no ventre... é aí que as coisas acontecem... ou tecem...

Ela talvez não saiba mas eu já sei dela há muito tempo... ou melhor... eu talvez não saiba... mas ela já sabe de mim há muito tempo...

Agora ela vai entrar mais definitivamente na minha história e vai me ensinar a trabalhar com os fios... aqueles fios que contornam a teia.

Cada um de nós tem uma teia que é ligada à enorme Teia da Vida... por essa Teia recebemos alimento e percebemos o destino... Perceber o destino é você saber onde está na grande Teia... perceber aquelas coisas que pode mudar daquelas que não pode...

Aquelas que pode mudar você muda... aquelas que não pode, você aceita e passa por elas com suavidade...

Passar pelas coisas que você não pode mudar... com suavidade... talvez seja a benção das bênçãos... Mudar as que você pode, em coisas que te levam a evoluir, também é uma benção... quem sabe até maior...

Eu sei que essa mulher sabe dessas coisas... e tem o Dom de tecer os fios que podem ser mudados... por isso ela chegou assim tão leve...


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa