auravide auravide

A translúcida transparência da verdade


A verdade, esta prática tão esquecida nos tempos que correm, ao lado da modéstia, da intenção e da humildade, pode transformar a vida de um Ser num manancial de alegrias e grandes realizações.

A verdade é, sem dúvida, uma fonte inesgotável de bem estar e de paz, uma vez que, como dizia o cantor espanhol José Manuel Serrat em uma de suas magistrais composições: “Nunca é triste a verdade. O que ela não tem é jeito”.
Ao escrever esta frase (ou copiá-la de algum filósofo) o cantor queria dizer que a verdade é definitiva. Não dá para burlar, não dá para resumir, não dá para disfarçar.

A verdade não tem passado, nem futuro. Ela é, no eterno presente da experiência humana e divina.
Estamos assistindo pela mídia ao impossível desejo de alguns seres de distorcerem a verdade. Podem até conseguir no plano dos homens, mas jamais terão êxito no plano espiritual; no plano em que as leis que regem o Universo são elaboradas na ponta de um lápis quântico que emana uma luz azul. E esta luz é implacável. Ilumina os justos e apaga-se para os injustos.
Portanto, senhores e senhoras, lembrem-se sempre que ao disfarçar ou maquiar a verdade estarão praticando um grande erro. Porque pode demorar, pode demorar muito mesmo, mas a verdade sempre triunfará. Porem lembrem-se também que o alívio virá imediatamente quando reconhecemos este erro e o corrigimos no passo seguinte.

Na Bíblia tem uma passagem que promete isso. É dito que se um ser seguir as leis da verdade será abençoado por quatro gerações do passado e quatro do futuro. Mas se ele não respeitar estas leis sagradas sentirá o amargo dos efeitos de suas mentiras pelas mesmas quatro gerações.

Andei fora do ar no mês de Julho. Fui a Porto Alegre, a Curitiba e os últimos 10 dias do mês fiz um retiro no silêncio e no quase isolamento tentando ouvir e aprender com os ciclos e ritmos da natureza.
Foi nesta contemplação que me ocorreu este artigo sobre a verdade. Como ela é patente na força da grande mãe terra.

Pode contar com ela. Se você obedecer aos ciclos da natureza vai ter sempre água, comida, luz e paz.
Se, no entanto, maltratar a grande Mãe, vai ter isso tudo em excesso ou na mais rigorosa falta.
Afinal o que são as enchentes? As secas fora de hora? As pragas incontroláveis de insetos que devastam plantações. Não serão conseqüência dos abusos que cometemos contra a Verdade?
Pense sobre isso e, sem punições ou culpa reveja como anda a verdade nos seus Relacionamentos, Parcerias, Amizades, Família, Negócios, Religião, Política, Propósitos, crenças e padrões, Sentimentos e emoções.

Faça uma lista de cada uma destas ações e na frente delas tente escrever o que seria o ideal da verdade nesta ação e como você pode atingir este ideal. Então, faça acontecer. Vai ver que a verdade vai trazer para a sua vida um grande triunfo e incontáveis maravilhas!





estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


izabel
Izabel Telles é terapeuta holística e sensitiva formada pelo American Institute for Mental Imagery de Nova Iorque. Tem três livros publicados: "O outro lado da alma", pela Axis Mundi, "Feche os olhos e veja" e "O livro das transformações" pela Editora Agora.
Visite meu blog.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa