Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Assistência Radiante V

por Wagner Borges
Assistência Radiante V
Publicado dia 08/10/2004 12:11:33 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

(Amparo Espiritual e Aprendizado Consciencial) (1)

Fim de tarde de 4a feira. São 17h45 min.
Hoje é dia da reunião do grupo de estudos e assistência espiritual do IPPB.
Estou no meu apartamento trabalhando e escutando um belo CD de música New Age (2). Enquanto trabalho em alguns textos no notebook, sinto um forte cheiro de coisa podre, lembrando muito o cheiro de algum cadáver em putrefação. A seguir, sou tomado por uma forte sensação de tristeza, sem motivo algum. Escolado em muitos anos de experiências anímico-mediúnicas; sei que isso é devido à presença extrafísica de algum espírito desencarnado enfermo no ambiente.

Continuo o trabalho por mais um tempo, mas fico ligado energeticamente, pronto para qualquer coisa. Por intuição, sinto que os amparadores espirituais estão presentes na área, sutilmente, e que está rolando alguma assistência extrafísica no ambiente.
Então, alguém dá um toque em minha cabeça, e uma forte descarga de energia atravessa todo o meu corpo, num forte arrepio mediúnico. Fecho os olhos e sinto uma onda de compaixão chegar em meu coração. Naturalmente, lembro-me de Jesus, e deixo o coração derreter de amor só de me lembrar desse amigo incondicional dos homens.
Para entrar no clima, visualizo uma enorme bola de luz (como se fosse uma bola viva, de mercúrio líquido pulsante) projetando-se de minha testa e dilatando-se por toda a frente do meu corpo. Mantenho a esfera brilhante pulsando e fico pensando em Jesus.
Entro num estado alterado de consciência, entre a vigília e o sono, bem em frente ao computador ligado. Uma parte de mim sabe de algo que está rolando neste momento, mas não em um nível consciente. De olhos fechados, percebo movimentos em direção ao quarto onde faço os meus trabalhos de energia. Sei que alguém está sendo carregado para lá. Totalmente concentrado, levanto-me e vou até lá.

Coloco o mesmo CD para tocar novamente. Sento no sofá do quarto, que está uma bagunça, pois o chão está cheio de papéis, slides de cursos e transparências variadas de palestras. É a sobra do trabalho de ontem à noite, que não consegui terminar de organizar nas pastas apropriadas. Ignoro a bagunça e continuo bem concentrado.
Sentado, de olhos fechados, coração aberto e boa vontade para ser útil naquilo que me seja possível, novamente embarco nas vibrações amorosas de antes. Novamente o meu coração me faz lembrar de Jesus. E o coração derrete de amor...
O meu chacra frontal se ativa espontaneamente e passo a perceber vários clarões dentro da testa, junto com diversas imagens de rostos de amparadores na tela mental. Atrás deles, a figura de dois olhos imensos imersos em uma luz cor de vinho suave.

Envolvido nesta atmosfera generosa, percebo alguém se arrastando e sentando no sofá em frente. O foco da clarividência melhora, e então eu vejo quem é. Trata-se de um espírito desencarnado sofredor, vestido com um traje marrom esfarrapado e com um capuz cobrindo-lhe a cabeça. Imediatamente sinto o cheiro de cadáver novamente e aquela atmosfera de tristeza, e vejo que isso vem dele.
Ele se ajeita com dificuldades no sofá em frente e murmura palavras que não entendo. Na verdade, ele parece não se dar conta da minha presença.
Continuo concentrado e emano energias na direção dele, com os chacras da testa e do peito, e logo exteriorizo pelas mãos também. Penso em tudo de bom na intenção dele.
Então, ele me nota e fica surpreso, e tenta se encolher no sofá, como uma criança com medo. Emano pensamentos de paz e amor para ele e lhe digo que ele foi trazido aqui para ser ajudado. Lentamente ele se acalma. E eu continuo emanando energias para ele e concentrado só em coisas boas. Ao mesmo tempo, sinto as energias amorosas dos amparadores passando por mim e seguindo para ele, e junto com elas a sensação generosa da presença das vibrações de Jesus.

A essa altura, o cheiro de podre e a tristeza sumiram, sob a ação das energias benfeitoras. Ele se ajeita no sofá novamente, desta vez mais calmo e confiante, e olha para mim. Devido ao seu capuz, só vejo o brilho amarelado de seu olhar, mas não o seu rosto.
Dou um sorriso para ele e digo-lhe para ficar à vontade. Neste instante, sei que o meu rosto está cheio de luz e que a minha expressão está amorosa, como a dos amparadores. Sei que a compaixão está fluindo pelos meus olhos, como sei, também, que tudo isso é por causa da onda de amor que vem daquela presença sutil, daqueles dois olhos imensos por trás de todo este trabalho assistencial.
Imerso nessa atmosfera suave, ele afasta o capuz para trás e tira o manto inteiro. E então eu vejo o seu corpo nu e esquálido, cheio de placas putrefatas amareladas aderidas em sua pele espiritual. O seu rosto está descarnado e os seus olhos são grandes e esbugalhados. Há uma viscosidade nojenta por todo o seu corpo.

Baseado em experiências anteriores ao longo dos anos, sei que ele é um suicida que está recebendo ajuda dos amparadores. Não sei se ele estava ainda junto ao cadáver e somatizando psicossomaticamente o estado do mesmo, por repercussão energética, ou se os amparadores o trouxeram do Umbral extrafísico.
Ao ver sua situação, emano mais carinho em sua direção, com cuidado e tato, para não ferí-lo com a exposição demasiada de energia. Em casos assim, não basta só saber manipular energias, é preciso também saber emanar compreensão, calor humano e solidariedade verdadeira. Por isso, converso mentalmente com ele e lhe falo de um amor que a tudo compreende, falo da imortalidade da consciência e sou sincero ao dizer-lhe que sou apenas um ser humano normal, e que ele foi trazido aqui por outras consciências amigas, essas sim as responsáveis pelo amor e paz que ele estava recebendo.
Ao mesmo tempo em que converso com ele, percebo várias energias suaves chegando e sei que há muitas consciências extrafísicas, em planos diferentes, vibrando por ele. Tocado pela beleza do momento, digo-lhe que ele é muito amado e que não foi esquecido, e que é hora de ir para casa, no seio da luz, onde alguém querido o espera.
Ele me olha profundamente, enquanto sinto que dentro dele está sendo travada uma luta entre o seu ego e as ondas de amor que permeiam o seu ser neste instante. Finalmente, ele se entrega e o seu coração se derrete também nas ondas de amor. Lágrimas silenciosas vertem pelo seu rosto descarnado e ele se estica no sofá.
É incrível, mas não me sinto diante de uma entidade repelente e viscosa, pois neste instante ele mais parece uma criança carente, e algo em meu coração me faz senti-lo como um irmão querido.

Ele senta novamente e mais uma vez me olha profundamente. Sorrio para ele mais uma vez... e maravilhado vejo um facho de luz bem largo descer sobre ele. Em meio ao brilho, ele lentamente vai sumindo dentro dela. Está na hora dele voltar para a casa espiritual, para ser tratado, e posteriormente encetar novas etapas de seu progresso como ser espiritual imortal e cheio de possibilidades criativas pela frente.
Fico quietinho mais um pouco no quarto, curtindo a última música do CD e deleitando-me nas energias remanescentes deste trabalho.* * *

Agora, enquanto digito estas linhas, percebo a presença de um dos amparadores, e ele me diz:
"Meu amigo, é por obra e graça do Cristo que a assistência espiritual é realizada. Felizes são os que participam de trabalhos assim, pois quando a compaixão sublime é vertida dos planos mais altos da Espiritualidade, os corações se tornam luminosos e os espíritos mais lúcidos e pacíficos. Sob a ação do Cristo, encarnados e desencarnados são abençoados na mesma luz. Esse é o amor que não se explica, que nenhuma doutrina humana pode dizer que é sua detentora, que varre as dores e limpa os seres integralmente, levando-lhes a novas consecuções em suas jornadas evolutivas.
Meu amigo, felizes são aqueles que são canais do amor do Cristo.
Nesta hora de assistência auspiciosa, agradeça muito pelas chances de participar de tais atividades benfeitoras. Fique contente por ser um trabalhador esforçado e continue a ajudar os espíritos, da Terra e do Espaço, em nome do amor e da paz.
É o Cristo que lhe abençoa. É Ele que sabe o momento certo de cada coisa. Ele é o amor que compreende e a luz que cura. Ele é a paz perene.
Fique na luz!"

Sob o impacto de tudo isso, agora tenho que correr para a reunião do grupo. Espero que a turma esteja na sintonia legal, para viajarmos juntos em mais uma oportunidade de realizarmos a maravilha do esclarecimento e da assistência espiritual.

Paz e Luz.
São Paulo, 29 de setembro de 2004, às 19h49min

PS: Esclareço aos leitores que não tenho como atender a pedidos pessoais de mensagens de pessoas desencarnadas. Os textos que disponibilizo são sempre no intuito de clarear um pouco a temática espiritual no sentido geral de esclarecimento consciencial.
Esclareço, também, de que não sou ligado a nenhuma linha espiritual em particular. Procuro fazer aquilo que é para ser feito no momento adequado a finalidade sadia de passar (ou melhor dizendo, repassar) alguma coisa boa dentro da temática espiritual, seja ela oriental ou ocidental, anímica ou mediúnica, bioenergética ou projetiva. Fazendo assim, tenho ajudado de forma universalista a pessoas das áreas mais diversas.
Não sou cristão e nem sigo nenhuma doutrina criada pelos homens da Terra, seja ela oriental ou ocidental. Às vezes, alguém que quer me rotular de acordo com algum parâmetro doutrinário, me pergunta: "Você é o quê?"
Naturalmente, respondo a verdade: "Sou um espírito!"
Contudo, diante da surpresa que esta resposta causa nos outros, acrescento: "Mas, se quiser, e lhe for mais fácil ao entendimento, coloca aí que sou espiritualista ou universalista."
Tem horas em que o meu coração derrete de amor só de ouvir o nome de Jesus. Em outros momentos, isso acontece só de pensar em Krishna ou Buda. Por isso não me preocupo com a referência histórica ou com os mitos criados em cima de seus ensinamentos, pois prefiro seguir o que a minha intuição me diz dentro de mim mesmo.
Chamar a onda de amor de força Crística, ou de força Búdica, para mim tanto faz, pois o que me importa é o amor, não os nomes que os homens criaram para rotular isso ou aquilo. Sendo bom e útil ao progresso de todos, pouco me importa o nome ou a fonte de luz. E nem interessa, também, ficar fazendo campeonato de mestres para ver quem é o avatar (3) tal da nova era. Isso é tolice e perda de tempo, pois há consciências evoluídas, anônimas e serenas, que ajudam invisivelmente a humanidade sem sequer serem percebidas. Elas trabalham em nome do AMOR QUE AMA SEM NOME!

O MESMO AMOR QUE GERA A VIDA
No caso dessa assistência relatada aqui, o grupo de amparadores que estava patrocinando o trabalho é ligado à egrégora (4) de Jesus no plano extrafísico. Por isso a sintonia forte com ele no momento em que o lance rolava. Porém, em outros momentos, a sintonia forte vem de outras equipes espirituais, tão competentes quanto essa, mas ligadas às atmosferas espirituais do Oriente.

Nunca ligo para quem é quem no momento de trabalhar espiritualmente, simplesmente me entrego integralmente às vibrações de amor que chegam e procuro ser digno delas enquanto faço a minha parte. Se o lance é de esclarecimento consciencial ou de assistência espiritual (5), isso não importa, pois procuro fazer ambas as tarefas de forma clara e correta, de acordo com a necessidade e o momento, sem ficar preso a parâmetros conscienciais limitados ou submetido àquilo que os outros acham sobre a programação existencial que realizo. Inclusive, porque aqueles que rotulam o trabalho alheio não estão ralando nisso, pois, em sua maioria, são teóricos de plantão ou patrulheiros ideológicos de alguma linha consciencial ou espiritual espreitando a tarefa alheia e julgando-a de acordo com seus parâmetros bitolados, e por isso, não realizam a sua própria programação existencial. Olhando a dos outros, perdem o tempo que precisam para realizar a sua própria tarefa!

Deixo aqui o meu agradecimento aos amparadores espirituais, de todas as linhas espirituais, por todo o aporte de recursos físicos, psíquicos e conscienciais que eles vêm me passando ao longo dos anos de jornada espiritual e humana.
É muita gente legal ajudando, de diversos planos, e as eventuais falhas apresentadas no trabalho são por causa de minhas deficiências como elemento interdimensional. Mas estou melhorando e tocando a bola para frente... sem vergonha de assumir a tarefa espiritual de levar esclarecimento consciencial e assistência espiritual por onde for.
André Luiz, Pai Joaquim, Ramatís, Vyasa, Sanat Khum Maat, Mataji, Babaji, Tao Mao, Aivanhov e tantos outros... muito obrigado, por tudo.

- Notas:
1. Os quatro primeiros textos estão postados em minha coluna da revista on-line de nosso site: "Assistência Radiante I, II, III e IV" - link
2. O CD chama-se "Sila" - Chris Theriault - Relaxation Series - Vol. 2 - Evergreen Music Records - 1993 - E.U.A. - Trata-se de um trabalho New Age muito inspirado e calmo. É excelente para meditação e práticas espirituais diversas.
Obs.: Não é um CD fácil de conseguir.
3. Avatar (do sânscrito): Emissário celeste, Canal da divindade, Enviado Celeste.
4. Egrégora (do grego "Egregorien", que significar "velar", "cuidar"): É a atmosfera coletiva plasmada espiritualmente num certo ambiente, decorrente do somatório dos pensamentos, sentimentos e energias de um grupo de pessoas voltado para a produção de climas virtuosos no mundo.
5. Para que os leitores compreendam melhor as condições de um espírito sofredor, reproduzo na seqüência um texto contendo um relato projetivo de assistência extrafísica. Esse texto é a quinta parte de uma série chamada "O Projetor Azul e Dourado", que está postada na minha coluna da revista on-line de nosso site - link


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa