Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 

Compaixão, companheira inseparável da felicidade.

Compaixão, companheira inseparável da felicidade.
Publicado dia 24/10/2000 16:00:05 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

Todo mundo busca a felicidade, mas, na maioria dos casos, utiliza conceitos ou meios inadequados, transmutando esperança em profunda decepção…

Programa preciosamente elaborado pela Folha de São Paulo - acredito que em 1.996 - e orçado em 2.2 bilhões de Dólares - teria tirado todos os brasileiros da fome durante um ano. Se não ando errado, neste mesmo ano foram gastos pelo PROER (Plano de socorro a Bancos) 22 Bilhões de Dólares para "salvar" o Nacional, o Bamerindus e o Econômico, que de econômico não tinha nada.
Ou seja, com a decima parte do que foi torrado com 3 "Instituições Econômicas" falidas, todos nossos irmãos do lado de baixo do equador que falam Português teriam tido o maior dos problemas solucionado: poder se alimentar todos os dias.
Todo mundo sabe que este projeto ficou no papel, e 40 milhões de seres humanos ainda tem como prioridade principal forrar o estômago diariamente.
Freqüentemente me pergunto como é possível que tais absurdos aconteçam, afinal somos todos seres humanos e é doloroso (em tese) ver irmãos nossos passando fome, algo tão fácil de solucionar em um pais tão rico em recursos naturais: terra, sol, água e cabeças pensantes (Um dos recursos mais valiosos).
Tento me colocar na pele de quem tem o poder de mudar este estado de coisas, alguém que já conseguiu tanto, já tem o suficiente para garantir o sustento de várias gerações, mas que continua a acumular, acumular, acumular, mesmo que seja algo ganho de forma honesta, sem meter as mãos nos cofres da União.

Será a velha ambição? Ou será a conhecida cobiça? E se fosse simplesmente a velhaca vaidade…
Pasmem: se os 3 favoritos acima são com efeito muito bem representados, em vários casos a grafologia identifica em muitos desses indivíduos uma característica inesperada ou impensável: o medo.
Sim, medo de morrer, de ficar pobre, de ficar doente, medo de viver sua própria vida.
A pessoa na sintonia do medo e que ignora o Sentido da Vida, acredita piamente que o dinheiro a salvará de qualquer problema ou encrenca. Que o dinheiro comprará os melhores médicos, advogados, e todos os personagens que se tornarem necessários num determinado momento de necessidade. Tentarão comprar também a felicidade, sem sequer perceber que estarão se iludindo profundamente. Procurarão sempre acumular mais e mais, pois a escassez estará permanentemente morando nos seus corações vazios de amor, de carinho, de amizade, com seus olhos altivos tentando em vão desviar o olhar dos irmãos que tanto precisam de tão pouco.
Existe solução para esse estado de espírito? Sim, tem várias.

É aí que entra a compaixão (nossa para com eles), indivíduos aparentemente prósperos e realizados, poderosos e distantes, de fato porém medrosos e infelizes, em qualquer parte do mundo morem; aqui, na Europa, nos EUA, na Rússia, na China…
Devemos fazer a nossa parte, mostrando a todos os corações próximos de nós o caminho do amor incondicional, dando exemplo de desapego, de serena harmonia, da verdadeira felicidade que nunca esteve ou estará à venda e que em muitos casos se encontra bem mais próxima de quem não tem quase nada de bens materiais.
Vamos espalhar sementes de luz, de alegria, de simplicidade, de honestidade, de paz.
Vamos mandar para quem está vivendo na ilusão e na escuridão da alma toda a energia e luz de que dispomos e quando esta acabar, vamos pedir mais para o Universo e continuar enviando até não poder mais. Precisamos estar conscientes da importância de nosso papel na evolução do ser humano, sem preconceitos, sem preguiça, sem nunca esmorecer. A compaixão com ação consciente é a melhor companheira da felicidade. Experimente, e se quiser passe para outros esta mensagem, afinal, SOMOS TODOS UM…


* Flor Rosa Rosa: "Despertar o amor incondicional em nosso coração, que é manipulado pelo ego".


por Sergio Scabia

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Obrigado por votar
starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

Sobre o autor
sergio
Sergio Scabia é co-fundador do Site Somos Todos UM
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa