auravide auravide

Crenças II

por Saul Brandalise Jr.
Publicado dia 19/06/2008 13:46:19 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Há algumas semanas escrevemos sobre este assunto. Obviamente que nunca esgotaremos o tema em uma única abordagem. Creio ter deixado claro o que penso dos reflexos em nossa vida manifestados pelas nossas verdades. Por aquilo que incorporamos em nosso corpo mental.

Crenças e Mitos dão um tema extenso. Mas, procurando definir cada um, eu diria:
Crença é tudo aquilo que nos acreditamos nos preenche a alma e nos permite evoluir. Mito é tudo aquilo que alguém cria no plano terreno e nós passamos a acreditar e aceitar. A crença evolui, o mito estaciona e, às vezes, cega. Verdadeiro glaucoma.
Sua eventual dúvida sobre crenças é a que todos temos, em um determinado momento desta ou de uma outra encarnação. Isso se chama evolução. Valores que se tornam ultrapassados porque temos sede de sabedoria. Nossa projeção na busca de LUZ nos obriga a rever os conceitos que incorporamos ao longo de uma existência.
É um tema muito complexo para se abordar e definir, porque nossas crenças, na realidade, passaram por religião, família, amigos, professores, o meio em que vivemos e as VERDADES que aprendemos em livros ou mesmo observando à nossa volta.
Isso é você, sou eu. Produtos do meio em que nos encontramos. Tudo o que nós apreciamos, mesmo nos outros, passa a fazer parte de nossas crenças.
Tudo o que você não gosta, na maioria das vezes funciona como ESPELHO. Somos um pouco parecidos com aquilo que não gostamos e que não apreciamos quando procuramos entender os outros. Poucas pessoas se dão conta disso. Os nossos antagônicos são nossos professores.

Atendo algumas pessoas e realizo, aqui em Floripa, Reprogramação de Vida e não cobro pelo meu trabalho. A felicidade das pessoas é o meu pagamento. A dificuldade que a maioria tem é se encontrar no momento atual. Por isso chamo meu trabalho de Reprogramação de Vida.
Lamento muito não poder fazer o mesmo por @ porque Energia é um tema muito sério. Uma palavra mal colocada no @ e, como conseqüência mal interpretada, eu acabo me complicando energeticamente. Espero de vocês que nos acionam via este canal de comunicação a compreensão necessária. Quem puder vir até aqui, ótimo. Quem não conseguir, paciência.
Identificar em nossas crenças o que não serve mais é exatamente o que precisamos fazer para evoluir. Este é o ponto e isso é o que faz toda a diferença em nossa caminhada na busca de saber e LUZ.

Estamos acostumados a seguir padrões religiosos como se a verdade de um possa ser reproduzida para todos. É engano pensar assim. É fanatismo viver desta forma. Cada um tem a sua verdade e as suas necessidades próprias para a sua evolução. SOMOSTODOSUM, mas únicos por paradoxal que possa parecer. Se compararmos o Universo como um Grande Oceano, cada um de nós é uma gota deste mesmo mar.
O importante para a nossa evolução é que tenhamos a capacidade de tirar a nossa viseira. Aquela mesma viseira que se utiliza para direcionar os cavalos quando queremos que os movimentos á esquerda e a direita não os perturbem. Ver a vida como ela é: nua, sem “piercings” ou tatuagens... Nua e bela como a Natureza que se apresenta em nossa frente. Não há necessidade de fantasias, cultos ou mesmo de atitudes que impressionem. Temos que estar abertos ao novo e limpos de qualquer contaminação ou influência.

O Universo possui milhões de galáxias. Algumas para serem percorridas exigem outros milhares de anos Luz - pense nisso, pelo menos um segundo! Será que este microplaneta é o único habitado?
Olhe só: nós buscamos Luz para obtermos a nossa evolução e a medida de comprimento, além de nossa capacidade de compreensão, é em ANOS LUZ. Tem gente que acha que isso é coincidência. Eu não. Não é por um acaso que a LUZ que buscamos fica distante e é complicado chegar até ela.
Saber para aonde ir é que faz toda a diferença. Entender como chegamos até aqui é igualmente fundamental. O Universo é muito grande para, paradoxalmente, pensarmos tão pequeno. É impossível mudar a nossa vida se não repensarmos os nossos valores. Eles, em verdade são a nossa vida.
O que facilita começar a entender exige, fundamentalmente, um processo de libertação mental e abertura ao novo.

Tire a viseira... Olhe para frente utilizando os 180 graus que sua visão disponibiliza. Sua felicidade pode estar no vetor 179 graus, por exemplo, e você insiste em não ver.
Descobri recentemente que Metatron é um Mito. A tradução literal da palavra quer dizer: Aquele que está perto do Trono. Por muito tempo acreditei nele como algo real. Agora sei que não é. Estou triste? Absolutamente; claro que não... Evolui.
Analise profundamente se sua crença não é um mito...
Tenha coragem de se desafiar e dome a fera que vive dentro de você.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstar
O artigo recebeu 2 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

Crenças




Sobre o autor
saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa