auravide auravide

Cruzada Anti-Ecológica


O Mídia Sem máscara resolveu encampar uma cruzada contra supostos eco-alarmistas que, segundo eles, maximizam o problema do aquecimento da Terra (como ação humana) e suas conseqüentes catástrofes climáticas. Para o (Que também traduz artigos do inglês com ataques virulentos contra os denominados `esquerdistas´ (como se fosse uma luta do bem contra o mal, a Aliança Rebelde contra o Império, ou os crentes contra satanás). Essa coisa de polarização rima com manipulação. É muito mais fácil combater um inimigo rotulado e digerível do que admitir que nós somos nossos próprios inimigos. Quando polarizamos, perdemos todos os benefícios do diálogo e aprendizado advindos do OUTRO lado. A URSS e o Japão feudal que o digam.) pessoal do site(*), o clima do planeta muda radicalmente por causas naturais - como já ocorreu no passado da Terra - e o efeito das toneladas de gases venenosos que as indústrias jogam na atmosfera é irrelevante para o planeta Terra. Dizem isso baseado em afirmações de uma minoria de cientistas que, por sua vez, são financiados por empresas petrolíferas ligadas a Bush. Claro.

Mas sabe qual o maior absurdo do artigo, o que me fez realmente subir nas tamancas? A declaração de Margaret Tse, CEO do Instituto Liberdade, uma ONG brasileira, que comenta com a maior naturalidade:
"Correntes do pensamento científico atestam que não existe evidência científica convincente de que o lançamento humano de dióxido de carbono, metano e outros gases de estufa causem ou irão causar num futuro próximo o aquecimento da atmosfera da terra e tumultuar o clima do planeta". E o autor do artigo conclui: "Ao invés de adotar políticas públicas destrutivas, os formadores de opinião deveriam adotar uma política de pesquisa contínua e crescimento econômico desobstruído".

Liberdade sem responsabilidade

Que ótimo! Então vamos despejar ao máximo esses gases - venenosos para o SER HUMANO - que tornam a vida do SER HUMANO uma porcaria, que trazem doenças respiratórias para o SER HUMANO, pois não existe evidência científica convincente (tentem convencer o Padre Quevedo de que espíritos existem) de que eles possam causar um aquecimento da atmosfera.

DANE-SE a atmosfera! E NÓS??!! Não estão pensando em NÓS! Não estão pensando na qualidade de vida dos próprios netos, dos próprios filhos, apenas na droga da economia, do lucro que vai pra mão de poucos, fruto da exploração indiscriminada do planeta, queimando a droga dos combustíveis fósseis que já deviam estar aposentados há décadas!!! O autor do artigo provavelmente nunca passou pela experiência de ficar num ambulatório com o próprio filho agonizando com problemas respiratórios, problemas esses que quase não existiam quando o céu das grandes cidades era AZUL (perguntem aos seus avós). O que esse sujeito pensa? Que as grandes empresas - livres de pressões e por vontade própria - vão investir milhões em tecnologia pra poluir cada vez menos?

Agora temos a população polarizada entre defensores da ecologia e defensores do desenvolvimento, como se um excluísse o outro. E, infelizmente, na situação em que chegamos, exclui mesmo! Exclui porque não houve durante todos esses anos uma mão forte que (O protocolo de Kyoto era justamente pra isso, e Bush conseguiu destruí-lo simplesmente não assinando. A ONU é mesmo uma piada! Se fosse o Irã que se recusasse, era capaz de sofrer sanções!) determinasse(*) os níveis de emissão de poluentes, exclui porque os governos não se interessam por fontes alternativas de energia, exclui porque boa parte do povo da Terra não se interessa pelo destino do próprio planeta em que vive!!

Agora temos de um lado Al Gore, representando o "mocinho", o "paladino da ecologia", que estrelou o documentário Uma verdade inconveniente (An inconvenient truth, que ganhou o Oscar esse ano) e lançou uma campanha pra (Recentemente o porta-voz do Tennessee Center for Policy Research agiu com extrema má-fé ao divulgar que o casarão de 20 quartos de Al Gore gasta mais por mês em energia elétrica do que a média das casas dos EUA em um ano inteiro. Dá a entender que o CONSUMO é que foi elevado, quando foram os GASTOS, e nos gastos estão embutidos os altos investimentos que ele fez em fontes de energia renovável - nos últimos 3 meses o ex-presidente solicitou 108 unidades de `energia verde´, o que acarreta um acréscimo de pelo menos US$ 432 nas suas últimas faturas. Segundo o site do Serviço Elétrico de Nashville, a energia economizada por Gore nesse período seria equivalente à reciclagem de 2,48 milhões de latas de alumínio ou 130 toneladas de jornais.
Aparentemente o medo de que Al Gore concorra à Casa Branca está gerando essa onda de denúncias vazias, como fez a Fox (emissora fantoche de Bush) recentemente, que questionou o uso - e abuso - de aviões particulares por Gore em 2000.) economizar energia(*) (o que não deixa de ser interessante pra ele, já que Gore é um dos fundadores da Generation Investment Management, uma empresa que investe em projetos solares e eólicos).

Do outro lado está George W. Bush e todos aqueles que pensam como ele, quando se recusou a assinar o protocolo de Kyoto: "Você acha que devo botar um freio na maior economia do mundo só por causa do clima do planeta??!" Essa gente quer mais é andar de utilitário, ter uma TV de Plasma de 80 polegadas e fazer grandes eventos com potentes holofotes apontados pro céu. Claro, todo mundo gosta do conforto de um ar condicionado, geladeira, de tudo funcionar eletricamente, mas ninguém está interessado em COMO e A QUE CUSTO essa energia é gerada.
O que os ambientalistas querem são restrições aos meios de obtenção, para que se utilize energia renovável de forma racional, para que reflorestem onde desmataram, para que limpem as águas dos rios que sujaram, para que os carros consumam e poluam cada vez MENOS, e isso só é possível com RESTRIÇÕES, porque no nosso mundo vale a lei do "cada um por si" e do "levar vantagem em tudo".Enquanto tiver filhinho de papai comprando Cherokee, Pajero e outros "off-road" (que mais parecem micro-ônibus) pra ficar desfilando imponente na selva de pedra (Freud explica) sem dar a MÍNIMA pra (Sabiam que o diesel não tem catalisador (O troço que faz uma `limpeza´ na fumaça) porque o enxofre expelido é extremamente corrosivo (e por isso mesmo ele é MUITO mais poluente)? Por isso que ele é proibido pra carros de passeio, mas os nossos bem-nascidos brasileiros deram um jeito de contornar essa limitação com seus off-roads de madame, afinal eles precisam de muita potência pra levar seus filhos pesados pra escola.) fumaça preta(*) que sai do escapamento direto para os pulmões dos bebês, o nosso planeta estará condenado.

E não falo aqui de condenação pelo aumento de temperatura, furacões ou elevação dos níveis dos mares. Pode até ser que os "cientistas de Bush" estejam corretos, e esteja havendo uma mudança causada por fatores até mesmo externos, como o Sol. Eu mesmo já falei disso em dois textos sobre as mudanças climáticas (então não posso ser acusado de "eco-alarmista"). Vejam que os mares estão esquentando, e criaturas outrora abissais (como a lula gigante e o tubarão-cobra que foram pegos no Japão) estão indo para mais perto da superfície. Só que, se for algo natural, isso não significa uma carta-branca pra continuar depredando nosso planeta com esse " (Antigamente se diria capitalismo, só que a os quatro maiores poluidores do planeta são EUA, China, Rússia e Índia, que não compartilham NADA culturalmente, nem mesmo religiosamente. Aí pergunto mais uma vez: por que essa polarização política direita/esquerda, quando isso está totalmente fora de questão?) ismo(*)" desenfreado que estamos vendo.

Na Inglaterra acaba de passar o documentário Great Global Warming Swindle, que visa rebater as acusações do documentário de Al Gore. É bastante esclarecedora da mentalidade vigente a chamada do website: "Se sentindo culpado por todas essas viagens de carro desnecessárias? Bem, talvez não haja motivo para se sentir mal. De acordo com um grupo de cientistas reunidos pelo documentarista Martin Durkin, se o planeta estiver aquecendo, não é sua culpa e não há nada que você possa fazer sobre isto". E FODA-SE o ser humano!

O ponto aqui é: O próprio ser humano vai acabar com o ambiente onde vive muito antes do Planeta Terra tornar (por conta própria) nosso clima (Pra nós. Creio que o planeta está pouco se lixando se aqui vivem dinossauros, mamíferos ou apenas pingüins.) inabitável(*). Estamos assistindo de braços cruzados à destruição ilegal de nossas florestas na Amazônia pra fazer carvão e móveis! E ainda vêm os presidentes dos EUA e Brasil com a "brilhante" idéia de ampliar o uso de biocombustíveis, algo que de ecológico não tem nada, já que precisa de (Destruindo, assim, a vegetação nativa, como se fez aqui no Nordeste. E sabe como o plantador destrói a plantação velha pra plantar a nova? Toca fogo em tudo, o que desgasta o solo e o torna improdutivo em poucos anos. Hora, então, de desmatar novas áreas pra plantar...) áreas imensas de plantio(*). Acreditam que a Embrapa considera (através de estudos realizados) que 70 milhões de hectares da Amazônia podem virar plantação de dendê?? Só pra se ter uma idéia da dimensão disso, o maior parque nacional brasileiro fica no Amapá, tem "apenas" 3.6 milhões de hectares, é o segundo maior do mundo em área e possui o tamanho do estado do Rio de Janeiro!

Puxa vida, estamos no século 21 e ainda usamos motor à combustão!! Não estou reivindicando as esteiras rolantes dos Jetsons, nem o uso de discos voadores, mas TEMOS HÁ DÉCADAS TODA A TECNOLOGIA pra ter substituído todas a frota de carros à combustão por carros elétricos ou movidos a hidrogênio. Vocês lembram de ter visto no Fantástico, nos anos 80, um carro que era movido a óleo? Ele funcionava até com óleo usado pra assar pastel, daqueles bem nojentos. Eu lembro. Que fim levou? Assistam ao documentário Quem matou o carro elétrico? (Who killed the electric car?). Aí você me diz: "e vamos derrubar mais florestas pra queimar mais carvão pra gerar energia pra os carros?". E eu digo: NÃO. Se os governantes tivessem REAL interesse na energia renovável, e não fôssemos dominados pelos (Já pararam pra pensar no lucro líquido dos produtores de petróleo, gás e energia elétrica, tecnologias ultrapassadas e poluentes que continuam em uso até hoje?) magnatas dos setores energéticos(*), que estão entranhados na política mundial e podem ser os verdadeiros MJ12, já estaríamos usando painéis solares em TODAS as casas do mundo (nem que fosse só pra tomar banho quente). A pesquisa moderna sobre o uso da energia solar teve início durante a década de 1930!!! São quase 60 anos que poderiam ter sido aproveitados pra investimentos pesados em pesquisas, melhoramentos, mas só nos últimos anos é que essa tecnologia vem recebendo a atenção que merece. Recentemente um holandês ganhou um prêmio de uma organização por desenvolver um painel solar mais barato e eficiente que os demais. Sabia que é possível (embora seja proibido) obter energia elétrica até mesmo através de ondas de rádio? E a energia eólica? Na fronteira entre Recife e Olinda está situada a primeira turbina eólica do Brasil. E por muito tempo o "catavento" foi visto como uma piada. As pessoas nem sequer sabem que aquilo produz energia elétrica para iluminar parte do sítio histórico de Olinda, uma área com cerca de (A idéia inicial era tirar da conta da prefeitura o valor da iluminação pública referente à energia gerada pela turbina. A operação não acontece simplesmente porque não existe uma legislação que autorize o procedimento (que conveniente, não? Daí vocês tiram uma idéia do por que o projeto não ir pra frente).) mil habitantes(*). Simplesmente não é interessante pra o Governo divulgar que, enquanto você paga CARO por uma energia elétrica escassa e sujeita a racionamento, ela pode ser obtida por outros meios. É o mesmo método que usam pra deixar o povão analfabeto ou, mais comumente, alfabetizado-mas-ignorante, pois esses infelizes não saberão reivindicar seus direitos e principalmente questionar o papel de seus governantes, e se contentarão com qualquer esmola (não é mesmo, presidente?). Esta sim, é uma verdade inconveniente!

Interessante que o Brasil tem um plano ambicioso de transição da TV analógica pra digital, que inclui oferecer subsídio para a venda de bilhões de caixinhas conversoras para cobrir TODA a população brasileira em no máximo 10 anos. O que isso tem a ver com o post? Tudo, pois mostra que, quando se quer, se FAZ. E mostra ONDE está a prioridade do Governo: televisão, o grande circo de ilusões e fazedor de presidentes. Até os miseráveis hoje têm sua televisão, e com certeza terão sua caixinha (orçada em US$ 100 dólares), assim como muitos pobres hoje têm celular. E nada de energia elétrica solar ou eólica.


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




acid
Acid é uma pessoa legal e escreve o Blog (Saindo da Matrix).
"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto.
Não acredite em nada do que eu escrever.
Acredite em você mesmo e no seu coração."
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa