auravide auravide

Em construção...


Não sei por quê, mas hoje estou assim meio sem saber o que fazer... têm um monte de coisas me esperando para serem continuadas... coisas que comecei e que vou fazendo aos poucos... Um desenho de uma mulher... que é sagrada... um gnomo de argila... que é o do Amor... uma outra escultura que ainda não se definiu... um texto inacabado de uma história antiga... enfim... posso enumerar um monte de coisas que comecei e não terminei ainda porque elas estão em construção... parece que elas tem um tempo para serem feitas... e eu respeito esse tempo de cada uma chegar... Acho que nasci geminiana para isso também... começar muitas coisas ao mesmo tempo e ir fazendo todas assim aos poucos, sem me sentir culpada por isso... Isso até me dá alegria... é meu jeito de ser... embora eu já tenha me sentido mesmo culpada por isso, porque muita gente falava que eu devia fazer uma coisa de cada vez.
Começar e terminar.
Falaram tanto que eu até acreditei que isso é que era certo e portanto... eu estaria errada agindo assim e me culpava por isso, tentando me modificar...
Mas agora entendo que nessa coisa de criar, cada coisa vem a seu tempo e começar muitas coisas ao mesmo tempo, certo ou errado... é o meu jeito... e para falar a verdade eu não acredito muito messes conceitos de “certo e errado” que se modificam tanto ao sabor do tempo... dos modismos... e de tantos interesses que querem nos impor...

Mas voltando ao começar tantas coisas e ir dando continuidade a elas ao mesmo tempo, eu acho que todas as coisas quando são começadas ganham uma alma que sabe o tempo certo, onde cada passo deve ser dado... e elas me passam de alguma forma esse tempo... que a minha alma reconhece e sabe respeitar...
E por isso... quando a alma das coisas me passa essa mensagem, eu espero... espero simplesmente porque não consigo forçar essa realidade que vem daí...

E em dias assim como hoje... onde nenhuma das coisas começadas quer continuidade... eu aproveito para ficar comigo... quieta... observando... pensando na vida.
Pensava nas coisas em construção que não quiseram a minha intervenção hoje e me vi como uma delas... também em construção... eternamente me construindo e desmanchando para construir de novo... nessa eterna busca por me conhecer melhor...

Me ver assim em eterna construção me trouxe uma lembrança antiga do tempo em que eu pensava que ia alcançar as coisas e que elas permaneceriam para sempre naquela forma que eu idealizava...
Quanta coisa mudou...

Estar em construção pode nos dar uma ilusão de falta de segurança, porque fomos mesmo acostumados a querer coisas efetivas e duradouras... mas também traz a possibilidade de nos recriarmos a cada dia...
Esse pensamento de me recriar a cada dia me deixou feliz e voltei ao gnomo do Amor que agora me indicava que era a hora de continuar mais um pouco nessa construção...


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


rubia
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa