Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Eu e a sombra...

Eu e a sombra... Publicado dia 10/16/2015 9:13:30 AM em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Sabe aquela parte de você que você não gostaria de olhar para ela nem pintada de ouro... Pois é... Parece que ela resolveu se apresentar sem nenhum enfeite... nua e crua assim como dizem que é a verdade.
E o que antes ficava bem quietinho lá no fundo... só vindo à tona quando explodia assim meio no susto, em coisas onde não me reconhecia nelas a princípio... Mas que, olhando daqui, dali... no fundo, eu sabia que eram eu.... um eu negado, escondido, que insistia em me lembrar do que eu não queria.
Mas com o tempo e o trabalho de autoconhecimento... acabava acolhendo... aceitando e até buscando em mergulhos profundos os presentes que essas partes traziam...

Resolvi, então, abraçar a sombra... em doses inicialmente homeopáticas mas que se tornaram um caminho precioso e revelador...
Mas de tanto abraçar a sombra parece que a sombra resolveu me abraçar... e isso me assustou um pouco... de repente, ela resolveu se revelar a olho nu... assim do outro lado da rua, na outra calçada.
Num primeiro instante, fiquei sem saber o que pensar... como que pode a sombra antes tão escondida agora se mostrando ao sol e até querendo se aproximar... tentei fugir desse novo modelo de sombra mas... ela estava lá do outro lado da rua sempre me acompanhando
E onde eu ia... ela ia, tentei despistar e nada... comecei a andar com minha sombra exposta.... bem visível... ali, do outro lado da calçada tentando se aproximar, mais e mais... Não que ela me assustasse, porque não era de dar medo, mas me irritava... me sentir presa a alguém, como se um cordão nos ligasse, tirava o ar da minha liberdade...
Foi então que vi o cordão, ele realmente existia e isso me deixou tão em pânico que cortei aquele cordão em uma decisão dramática.
E quando fiz isso... ela caiu inerte lá do outro lado da rua e eu livre fui tomar outros rumos em liberdade...
Mas algo me prendia a ela e não consegui caminhar muito sem que meu coração doesse por aquela parte abandonada...

Voltei lá para ver o que tinha acontecido com ela... continuava imóvel, do jeito que deixei ...
Olhei para ela com olhar sem resistência... o que para mim já estava de bom tamanho.
Mas não foi o suficiente, ela continuava lá caída, parada... nem respiração tinha. Chamei... e nesse ponto quase saí porque pensei: e se acorda e começa a me seguir de novo assim descaradamente...
Então... meu coração pintou meu olhar com o amor e me deitei do lado dela e segurei a sua mão...
Foi só o que precisou para que ela se levantasse, e eu também... de pé e de mãos dadas ela me levou a revisitar minha infância... adolescência.... e todos os meus tempos até o de agora... E, em cada história me revelou segredos sobre mim... e dores foram dissolvidas e deixadas ir ao vento.

Surpresa com esse presente tão grande de uma sombra que julguei fraca ao me incomodar, não pelo medo, mas pela suposta fraqueza, dei-me conta de como sabia tão pouco de mim... Perguntei se ela queria que também segurasse na sua mão e a levasse para revisitar seu passado. Ela só sorriu, e eu entendi que eu sou ela e ela sou eu...
Frida Kahlo chegou no meio desse movimento com essa lindeza:
"Tentei afogar minhas mágoas, mas as malditas aprenderam a nadar, e agora estou sobrecarregada com essa decente e boa sensação".

por Rubia A. Dantés


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Consulte grátis

Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Sobre o autor
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Email: rubiadantes@globo.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Vencendo os problemas
Quando vai haver algo de realmente novo em você?



Continue lendo
Quando vai haver algo de realmente novo em você?
Como enfrentar e superar as adversidades que a vida nos propõe?
Quem leva quem?
O ópio do povo

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa