auravide auravide

Excesso de bagagem...


Era sexta feira de manhã e eu muito animada me preparava para mais uma ida às montanhas, dessa vez onde estaríamos trabalhando... entre outras coisas, a cura do feminino. Enquanto colocava as coisas na sacola decidi que dessa vez ia levar só o que fosse necessário; confesso que, sempre que vou viajar, tenho a mania de levar muitas coisas que acabo não usando... e ultimamente tenho sentido uma necessidade de simplificar tudo...

Coloquei muitas roupas na mala e acabei retirando algumas... e usando a razão, deixei quase só o que realmente precisaria...

Bom... mas nessa intenção de esvaziar a mala eu acabei deixando algumas coisas que, de outra feita eu teria levado... Coisas que me foram mostradas enquanto procurava os tecidos e as linhas que usaria em um bordado que fazia parte do trabalho. Senti um impulso forte para levar quatro coisas que não teriam, a principio, utilidade dentro do que fora programado... Deixei-as de lado e até fiquei bem feliz por conseguir reduzir muito a minha bagagem...

No decorrer do trabalho eu precisei das quatro coisas que tive o impulso de levar e não levei.... uma a uma foi aparecendo a necessidade... ou nas jornadas do tambor ou nas situações que surgem inesperadamente.
Eu precisei das quatro coisas e como não as tinha comigo tive que improvisar... e é claro não tão perfeitamente como se eu as tivesse levado.

Entendi como a minha intuição, ao me indicar aquelas coisas, tinha sido muito precisa... porque foi só o que eu realmente precisei. E como dessa vez estava preocupada em levar só o mínimo necessário, eu acabei me esquecendo de ouvir a voz do coração... essa voz que fala assim, por meio de um impulso muito sutil... de forma clara... e de muitas outras maneiras...

Entendi que o fato de querer levar o mínimo necessário é bom... desde que não me esqueça de deixar espaço para o inesperado que sempre pede coisas que não podemos conhecer racionalmente, e que só podem ser mostradas, com antecedência... pela intuição...

Agora sei que, nas próximas viagens ou jornadas... irei esvaziar a mala da razão... mas... deixarei muito espaço para a voz do coração, que cada vez mais me mostra que é ela quem tem a razão...


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


rubia
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa