auravide auravide

Falando do amor, com muito amor


Neste final de semana que passou recebi em minha casa uma amiga do Rio de Janeiro que veio participar do MedinEsp 2007 - um congresso inspirado nas práticas espiritualistas. Gostei do slogan deles que diz: 150 anos em busca da integração corpo-mente-espírito. Uma forma sutil de divulgar que os espíritas estão, há mais de um século, pesquisando, atuando, formando seres com uma visão holística. É como se eles estivessem lembrando a todos nós que estão nesta estrada há muito tempo.
O programa do congresso era bem intenso. Minha amiga saída de casa às sete horas da manhã e voltava perto das nove da noite.
Com isso não tivemos muito tempo para matar as saudades e pôr a conversa em dia.
Mas no domingo, antes dela partir, tomamos um demorado café da manhã e neste momento pudemos então abrir nossos corações.

Encontrei Lucia (Lucinha como todos a chamam) em Nova Iorque, no “The American Institute for Mental Imagery”. Fomos colegas de classes e ela, por pura doação, ajudava-me com as traduções das minhas leituras das imagens com os pacientes de lá. Nosso convívio foi se estreitando e ficamos muito próximas. Mas eu voltei ao Brasil e ela continuou morando lá por mais alguns anos.

Quando ela voltou ao Brasil comunicou-me seu novo endereço e acabamos nos vendo, pelo menos uma vez por ano, quando eu vou ao Rio atender os cariocas e fico em sua casa.
Confesso que o café estava delicioso. Obra de arte de uma padaria muito próxima da minha casa. Depois do primeiro gole que sorvi de olhos fechados disse a ela:
- Sabe Lucinha, não me lembro de ter sido abraçada por minha mãe.
E ela, serenamente, respondeu:
- Ela foi a mãe que você escolheu para aprimorar sua experiência nesta encarnação.

Percebi meus olhos marejados de lágrimas. E ela continuou:
- Quando decidimos reencarnar aceitamos nossa tarefa. Você aceitou ou escolheu seus pais, seus filhos, e todo seu caminho.
Enquanto ela falava, eu me lembrava do meu mapa natal cármico, feito pela Maria Flávia de Monsaraz faz alguns anos, em Lisboa, onde ela dizia que a cauda do dragão do meu mapa estava no signo de Balança e a cabeça do dragão em Áries.
Quis saber o que isso significava. E ela explicou:
- Você vem de experiências de vida onde não conseguia ficar só. Vivia agarrada às suas relações, dependente do afeto e do amor das pessoas.
Nesta vida escolheu ser livre destes compromissos e avançar para o mundo manifestando a independência e força do seu eu.

Contei isso à Lucinha. E aí foram os olhos dela que ficaram úmidos.
Nossos espíritos de abraçaram e nossos corpos sentiram um profundo aconchego. Uma imensa paz.
Juntando os tecidos desta colcha de pequenos pedaços tudo faz sentido. Se isso é o que vim fazer nesta vida, como poderia ter escolhido uma mãe que me cobrisse de mimos e dependências?
Fez falta? Sim, fez falta ser embalada. O contato físico sempre faz falta. Mas talvez ela tenha sido a primeira treinadora que escolhi para muscular minha resistência à solidão, à distância, proporcionando-me a liberdade de simplesmente ser.

Espero, minha querida Lucinha, que tenha conseguido embarcar no meio do caos dos nossos aeroportos, que tenha visto sua maravilhosa cidade lá do alto, ao lado das nuvens e dos anjos e que as melhores imagens de amor, beleza e harmonia tenham acompanhado seu caminho de volta para sua casa.

(By the way, preciso deixar aqui registrado que a Lucinha é psicóloga pós-graduada na escola americana que já mencionei acima como facilitadora de exercícios com imagens mentais. Se você mora no Rio e quer aprender ou vivenciar esta prática tão curadora aqui fica o e-mail dela: luhpires@terra.com.br - Fica aqui também o meu profundo abraço de amor e amizade a este ser que tem cara de anjo e coração de sábia) Luz em seus corações(*)



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




izabel
Izabel Telles é terapeuta holística e sensitiva formada pelo American Institute for Mental Imagery de Nova Iorque. Tem três livros publicados: “O outro lado da alma”, pela Axis Mundi, “Feche os olhos e veja” e “O livro das transformações” pela Editora Agora.
Visite meu blog.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa