Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Gnose da Alma

por Acid
Gnose da Alma
Publicado dia 25/06/2004 11:10:38 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O trecho a seguir foi retirado do livro (Ele conta a vida de Jesus Cristo através da informação obtida através dos Arquivos Akhásicos.) O Evangelho Aquariano(*), de Levi H. Dowling. Ele nos mostra uma reunião de sábios, no tempo de Jesus, falando sobre a gênese e evolução do que nós somos, de forma magnífica.

"A era em que estamos entrando é a Era da Preparação, e todas as escolas, governos e ritos de culto devem ser esboçados de maneira simples para que os homens possam compreender. Neste conselho, devemos esculpir o modelo para a Era vindoura, e devemos formular a Gnose do Império da alma, que se baseia em sete postulados. Cada sábio, por seu turno, formulará um postulado; e eles serão a base dos credos humanos enquanto não chegar a Era perfeita.

Então Meng-tse escreveu o primeiro:
Todas as coisas são pensamentos; toda vida é uma atividade do pensamento. Todos os seres são apenas fases manifestas do único grande pensamento. E Deus é Pensamento, e o Pensamento é Deus.

Então Vidyapati escreveu o segundo postulado:
O Pensamento eterno é uno; em essência é dois - Inteligência e Força; e quando respiram, nasce um filho; o filho é o Amor. E assim surge o Deus Trino e Uno a que os homens chamam Pai-Mãe-Filho. Este Deus Trino e Uno é um; mas como a unidade da luz, ele em essência é sete. E quando o Deus Trino e Uno respira, diante dele aparecem sete Espíritos; são os (Os Elohim, ou Engenheiros Siderais.) atributos criadores(*). Os homens chamam-nos de deuses menores, e criaram o homem à sua imagem.

Então Gaspar escreveu o terceiro:
O homem era um pensamento de Deus, formado à imagem do Setenário, revestido com as substâncias da alma. E seus desejos eram fortes; queria manifestar-se em todos os planos da vida, e dos éteres das formas terrenas fez um corpo para si, e assim desceu ao plano da terra. Na descida, perdeu seu direito inato; perdeu sua harmonia com Deus e tornou dissonantes todas as notas da vida. Desarmonia e mal são a mesma coisa; portanto, o mal é obra do homem.

Ashbina escreveu o quarto:
As sementes não germinam na claridade; não brotam enquanto não encontram a terra e se escondem da luz. O homem era uma semente de vida eterna; mas nos éteres do Deus Trino e Uno a luz era demasiado forte para que sementes brotassem. E então o homem buscou o solo da vida carnal, e na escuridão da terra encontrou um lugar onde poderia germinar, e crescer. A semente deitou raízes e cresceu em sua plenitude. E a árvore da vida humana está subindo do solo das coisas terrenas e, pela lei natural, vai chegando à forma perfeita. Não há atos sobrenaturais de Deus levando o homem da vida carnal para a bem-aventurança do espírito; ele cresce como cresce a (Possibilitando, assim, que quem quiser ficar na escuridão/ignorância permaneça, e quem quiser buscar a luz busque. Por isso o Maya (que mostra e esconde ao mesmo tempo), por isso a dualidade de forças. Cada semente que amadureça no seu tempo certo.) planta(*), e no devido tempo chega à perfeição. O atributo da alma que dá ao homem possibilidade de elevar-se à vida espiritual é a pureza.

Apolo escreveu o quinto:
A alma é levada para a luz perfeita por quatro corcéis brancos, que são: Vontade, Fé, Caridade e Amor. O homem tem poder para fazer tudo o que quer fazer. O conhecimento desse poder é fé; e quando a fé age, a alma começa seu vôo. A fé egoísta não leva à luz. Não há peregrino solitário no caminho da luz. Os homens só atingem as alturas ajudando outros homens a atingi-las. O corcel que leva ao caminho da vida espiritual é o Amor; o Amor altruísta e puro.

Matheno escreveu o sexto:
O Amor universal de que Apolo acaba de falar-nos é filho da Sabedoria e da Vontade divinas, e Deus mandou-o à terra encarnado para que o homem possa conhecê-lo. O Amor universal de que falam os sábios é Cristo. O maior mistério de todos os tempos reside na forma como Cristo vive no coração. Cristo não pode viver nas cavernas úmidas das coisas carnais. É preciso travar as sete batalhas, conquistar as sete vitórias para livrar-se das coisas carnais como o medo, o egoísmo, as emoções e o desejo. Feito isto, o Cristo toma posse da alma; o trabalho está feito, e o homem e Deus são um.

E Fílon escreveu o sétimo:
Um homem perfeito! A natureza foi criada para levar até o Deus Trino e Uno um ser assim. Esta realização é a suprema revelação do mistério da vida. Quando todas as essências das coisas carnais tiverem sido transmutadas em alma, e todas as essências da alma tiverem retornado ao Santo Alento, e o homem chegar a ser um perfeito Deus, o drama da Criação estará concluído. E isto é tudo.

E todos os sábios disseram: Amém."

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

auravide auravide
starstarstarstarstar
O artigo recebeu 2 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
acid
Acid é uma pessoa legal e escreve o Blog (Saindo da Matrix).
"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto.
Não acredite em nada do que eu escrever.
Acredite em você mesmo e no seu coração."
Email:
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II




horoscopo

auravide auravide

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa