auravide auravide

Inkas


Além da trilogia Inka (com “K” mesmo porque é como se escreve em Quéchua) mais conhecida, a do Condor, Puma e Serpente, eles cultuam outras tantas. Não é possível precisar a quantidade, pois a cada conversa em cada viagem, aparece uma diferente. Sim, não se espante, eles, os Inkas, continuam presentes no Peru em forma, pensamentos e atitudes. Seus descentes não admitem serem índios. São inkas e para eles índios são os que nascem na Índia...
Recentemente me deparei com esta trilogia:
AMA LLULLA - No seas mentiroso
AMA SULUA - No seas ladrón
AMA QELLA - No seas ocioso.

Pode ser surpresa para algumas pessoas que estas afirmações, orientações e sugestões de qualidade de vida, tenham mais de 4000 anos. Para outros é normal e a diferença na forma de se aceitar está simplesmente em nossa evolução.

AMA LULLA – Não seja mentiroso.
Significa, simploriamente, em não se criar uma realidade virtual e corrermos o risco de acreditarmos em nossas próprias inverdades. Significa não plantar engano para nós mesmos. Mentira cria karma e nos coloca cada dia mais longe de nossas verdades.

AMA SULUA – Não seja ladrão.
O ato de apropriação, sem autorização, da propriedade do outro nos coloca em uma espiral descendente de perda iminente. Criamos, igualmente, um karma. Não importa a forma que utilizamos para o roubo. Enganar o outro com a finalidade de tirarmos proveito para nós é tão ou mais negativo do que um assalto à mão armada. Muitas vezes uma recomendação é mais forte do que uma lei. Aqui no Brasil, principalmente quando a lei deve ser aplicada por pessoas de pouco ou nenhum valor, a coisa fica mais evidente.

AMA QELLA – Não seja ocioso.
Ocioso é também aquele individuo que fica em sua zona de conforto, só critica e nada faz para mudar o fluxo das coisas nefastas. Ocioso é aquele que espera em casa a cesta básica de um governo que dá prêmios ao incompetente e incapaz. Ocioso é aquele se omite. Ser ocioso também cria Karma.
Se fores mentiroso, só vais escutar mentiras.
Se fores ladrão, os bens não ficam em seu poder e em uma próxima vida terás menos recursos para cumprir a sua missão do que tens hoje. Tudo o que se consegue de forma enganosa não se desfruta e pode até transformar-se em doença física ou mental. Ou você acha que é por acaso que as pessoas nascem na Etiópia?
Se Você for ocioso irá continuar assistindo os outros crescerem até que resolva tomar uma atitude.

Procure aplicar sempre o:
EL AYNI - Hoy por mi mañana por ti.
Sempre tem que ser assim, hoje para mim amanhã para você. Jamais ajude quem não te pede. Você estaria interferindo no karma da pessoa que precisa, por seus métodos, descobrir o que tem que descobrir, ver o que tem que ver e sentir o que precisa sentir. Nunca dê o que pode fazer falta. Só preste ajuda a quem pede. Ajudar sem pedir é demagogia de religião. Primeiro se torne forte. Só assim terá condições de permanecer ajudando.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa