Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Introdução à Cromoterapia

por Teresa Kam Teng
Introdução à Cromoterapia
Publicado dia 13/06/2001 18:08:11 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O homem desde o seu nascimento está rodeado de cores e o vestígio das sensações dessas cores são captados pelo cérebro deixando aí, a sua impressão.

As cores são estímulos psicológicos para a nossa sensibilidade, influenciando-nos, seja para gostar ou não de algo, para negar ou afirmar, para agir ou abster-se. As preferências de uma determinada cor baseiam-se em associações, experiências do passado ou o momento em que estamos vivenciando.

As cores fazem parte da nossa vida porque são vibrações do cosmo que penetram no nosso ser para continuar vibrando e impressionando, dando um som, um colorido ao pensamento e às coisas que nos rodeiam.

Cromoterapia é a ciência que usa as cores para restabelecer o equilíbrio bioenergético dos seres vivos.

A terapia através do uso das cores vem sendo utilizada desde as antigas civilizações. Podemos destacar os Egípcios, os Gregos, os Chineses e Indianos.

Hoje o estudo das cores é observado em terapias, no vestuário, nos ambientes residenciais e comerciais, na propaganda, etc.. Podemos associar o estudo das cores com a radiestesia, numerologia, cristais, música, meditação, etc..

“Quando você deixa a cor entrar em sua vida, deixa entrar também a criatividade. Com a criatividade vem o divertimento e, com ele, a empolgação. Com a empolgação vem o enorme sucesso, pois ele nasce da energia do movimento vibracional”.
(Kathleen Vande Kieft)


Para melhor entender o estudo das cores, precisamos saber alguns conceitos:

A Cor: é a impressão que a luz refletida pela superfície dos corpos produz no órgão da visão. A cor é uma linguagem individual. O ser humano reage à ela subordinado às suas condições físicas e às influências culturais. A cor possui movimento, peso, equilíbrio e espaço. O valor de sua expressividade a torna um elemento importante na transmissão de idéias.

A Luz: é uma pequena parte do espectro magnético. É uma forma de energia que percorre o espaço em ondas que podem ser longas ou curtas. Quanto menor a onda, maior é a sua freqüência (velocidade) e quanto maior a onda, menor a sua freqüência.

O Espectro Eletromagnético



A luz Branca ao incidir sobre um prisma se decompõe em diferentes comprimentos de onda, que se separam formando as cores, indo desde o violeta até o vermelho, passando pelo índigo, azul, verde, amarelo e laranja.

Vermelho: possui uma onda longa, e sua capacidade de propagação é maior que as outras cores, fazendo com que se sobressaia. Sua freqüência vibracional é a que mais se aproxima da matéria e está relacionada com o mundo físico.

Laranja: sua vibração se encontra em uma freqüência intermediária entre o vermelho (físico) e o amarelo (mental). Atua no nível etéreo que está entre o físico e o mental, desobstruindo e eliminando qualquer barreira constituída na personalidade. Elimina principalmente as formas pensamento negativas.

Amarelo: sua vibração estimula o intelecto e é considerado a cor da inteligência e sabedoria..

Verde: é a cor que está no centro do espectro de luz, considerada a cor do equilíbrio e da cura.

Azul: seu raio ultrapassa os limites da matéria e da mente, estando em uma freqüência mais elevada. É a cor da emoção e verbalização, associada com a calma e o relaxamento.

Índigo: é a cor da compreensão, da consciência maior sobre todas as coisas. No campo mental o índigo é uma cor benéfica para trabalhar os processos de culpa.

Violeta: é a cor que tem a vibração mais elevada no espectro de luz. Sua freqüência atinge as camadas mais sutis e elevadas do ser. Esta cor sugere a elevação em todos os sentidos. Está relacionada com o poder.

Cores Quentes: são o vermelho, o laranja e o amarelo. São cores mais luminosas, suas vibrações causam uma sensação mais física. Dá uma sensação de proximidade, calor, densidade, seca, além de serem mais estimulantes.

Cores frias: são o azul, o índigo e o violeta. São cores mais escuras, com vibrações mais sutis, de propriedade mais astral. Parecem mais distantes, leves, frias, transparentes, úmidas, aéreas, são cores mais calmantes.



Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 3 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
teresa
Teresa Kam Teng é Arquiteta, Arteterapeuta, pós graduada em Mitologia Criativa, Contos de Fadas e Psicologia Junguiana. Fez diversos cursos na área holística direcionados para o auto-conhecimento com destaque em Reiki, Cromoterapia, Radiestesia, Numerologia Pitagórica, Litoterapia, Mesa Lira e Aconselhamento Metafísico Transenergético. Atua com Terapias Holísticas desde 2000 e com Arteterapia desde 2012. Trabalha na ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla) e no Espaço Yki em São Paulo. Acredita que o equilíbrio interior, a percepção de si e o autoconhecimento são fundamentais para o desenvolvimento e a saúde integral do ser, e por isso todo o seu trabalho é voltado para essas questões.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa