auravide auravide

Materialização


Mas, falando de fantasmas: por que não os vemos mais vezes? Bem, eles estão numa vibração mais elevada (embora seja ainda grosseira para os padrões espirituais), então é preciso que haja um doador de energia animal (A energia vital Ki/Chi, produzida por nós, os encarnados) para que impregne a matéria do espírito e assim ele baixe de vibração o suficiente para que possamos vê-lo. A "nuvem" e o embaçamento que vemos ao redor dele seria sua psicosfera mental, também semi-materializada (já viram nos quadrinhos da Mônica como uma nuvenzinha preta fica acima da cabeça de quem está chateado? É isso aí, só que não a vemos). É provável que só tenhamos visto esse por causa de algum visitante (médium doador) cheio de energia que esteve por lá.

Mas, como ele pôde tocar na porta?
Ação da mente sobre a matéria, possibilitada pela reserva de energia animal, que fez a "interface" com o nosso plano. Da primeira e da terceira vez não o vemos, pois não estava com energia suficiente para materializar o perispírito, apenas interagir com a porta. Já viram o filme Ghost, do outro lado da vida? Na estação de trem, o suicida ensina pra se concentrar na altura do estômago, com raiva, pra movimentar os objetos. Isso está certíssimo, pois é a forma mais fácil que ele encontrou pra canalizar a energia Ki/Chi, que fica concentrada nessa altura. É ali que se produz a energia vital, mais densa, que mantém a matéria funcionando. Como o duplo etérico é uma contraparte do corpo, também está impregnado por essa energia que, com o tempo, vai se desfazendo, por não ter mais uso (afinal, era só pra manter o físico). Só que, com a perda dessa energia, a tendência do espírito é sentir frio (interpretação da mente para um fenômeno que é físico - perda de energia/calor - mesmo quando ocorre do "lado de lá", pois que é matéria do mesmo jeito, só que mais sutilizada), causando assim uma sensação de segunda morte. Daí que muitos aprendem a se manter "bem" vampirizando, roubando energias dos encarnados, consciente ou inconscientemente.

Os melhores doadores de energia são crianças. Por isso muitas podem ficar doentes e sonolentas sem motivo, em casas ditas "mal-assombradas". Mas saibam também que esse processo de vampirização pode ocorrer de encarnados pra encarnados, e esses são os piores, pois um encarnado rouba ainda mais energia do que um desencarnado (chamamos gente assim como "olho de seca pimenteira", que matam plantas e passarinhos só com o olhar). Aposto que a maioria das famílias sabe de casos de parentes ou amigos que, quando dizem "que criança bonita"! no outro dia a criança adoece (hehehe). Já que estamos falando de filmes, tem também o Polteirgeist, o fenômeno. A palavra Polteirgeist quer dizer literalmente, espírito brincalhão, em alemão. E são exatamente isso. Gente desencarnada que resolve perturbar a vida de uma pessoa ou família. Pra isso acontecer, precisa ter um doador de energias, geralmente um jovem ou criança. Geralmente essas "brincadeiras" são motivadas por desavenças de vidas passadas, ou um espírito não ia investir tanto tempo e energia só pra dar umas risadas. Exorcismo, nesses casos, pode funcionar, SE o padre tiver uma boa infra-estrutura espiritual do "outro lado".

Sei que esse texto pode causar medo em muitas pessoas. Mas a idéia dele é justamente combater o medo! O medo é o causador do inferno, dos fantasmas, das obsessões. Quem tem medo cede automaticamente suas energias. Quem entra numa batalha com medo já perdeu! Digo isso para que assumam as rédeas do seu destino, para que vigiem seus pensamentos, suas atitudes, para que não virem massa de manobra na mão de alguns espertinhos (Desconfiem de mim, também! Eu posso estar tentando conquistar a confiança de vocês pra algum propósito escuso! Concentrem-se na mensagem, pois o mensageiro pode ser um impostor).


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


acid
Acid é uma pessoa legal e escreve o Blog www.saindodamatrix.com.br
"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto.
Não acredite em nada do que eu escrever.
Acredite em você mesmo e no seu coração."
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa