auravide auravide

Não adianta querer enfeitar o pavão...


O pavão já nasce feito. Aprendi isto na terra do beija-flor.
Viemos para sermos o que somos. É a hora do despertar de milhares e milhares de pavões adormecidos para a grande viagem ao Eu interior. Mais do que nunca são tempos do "Em Verdade em Verdade vos digo" nestes tempos difíceis que "Já são".

O “pecado capital” iniciou a era do enfeitar pavões.
Vejam, vislumbrem, usem seus discernimentos para a simplicidade e a NATURALIDADE do que chamamos de ato sexual. Perceberam quantos "pavões" foram criados em função de falsas proibições absurdas? Viram que a naturalidade está encoberta, abafada por grandes peias? Lembram-se de quando - ainda crianças - presenciaram sem entender tantas discussões e enfrentamentos, muitas vezes em suas próprias famílias, em função da naturalidade ter virado sinônimo de pecado - por dogma - fazendo nascer o "pavão" do falso puritanismo?

Vejam a mídia cada vez mais grosseira, em ávida busca de pontos de ibope, chegando ao ponto de estimular e retratar sem parar verdadeiros zoológicos humanos!
Vejam em seu passado e presente as dificuldades que este enfoque lhes causa ainda hoje em seu crescimento espiritual na busca do Eu superior...

Que peia não?!
Entenderam agora o quanto este falso pavão tem sido enfeitado?
Vejam quantas doenças... crimes... disputas... abafamento de tantas coisas belas que poderiam ter sido realizadas... a maneira de se comportar comedidamente de acordo com algumas doutrinas... (“comedidamente” será natural?)... a necessidade de esconder o que chamam de partes pudendas... por que pudendas?... Uniões pelo desejo de possuir um corpo, que de maneira natural é proibido, quando proibido deveria ser magoar... Medo de alguém usar o corpo que você julga seu... enfim uma infinidade de peias - umas decorrentes de outras - em função de uma coisa tão simples e tão natural... Vejam o absurdo da virgindade!

Agora o absurdo dos absurdos...
Os que criaram todos esses dogmas que tolhem a humanidade de seus mais altos anseios, praticando o contrário e molestando crianças!
Quando tristemente perguntei “por que crianças”? Chegou-me a ainda mais triste resposta... crianças não falam...
Os tempos são chegados - não está vendo os sinais dos tempos?
É tempo de caírem as máscaras.

Que este texto possa fazer com que vocês, queridos pavões adormecidos, percebam que NÃO HÁ PECADO, e um novo mundo lhes surgirá.
Absolutamente não se culpem pelo que não existe.
Procurem agora suas almas gêmeas, e aprofundem-se em sua procura espiritual sem este dogma.
Amem-se, amem-se muito e sejam felizes ao extirpar esta tremenda peia.
O pavão já nasce feito.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


ivan
Ivan Ademar Ditscheiner é um ser humano muito especial
que se juntou à Família STUM em 2002.
Esteve varias vezes em São Paulo desde então nos dando o prazer de sua companhia.
Leia seus artigos


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa