Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Nas ondas do Samadhi com Ramakrishna

Nas ondas do Samadhi com Ramakrishna Publicado dia 12/30/2001 11:58:24 PM em Espiritualidade

Compartilhe

   

"Vós caminhareis tão rapidamente quanto for vossa presteza em oferecer aquilo que o amor vos outorgou."
Jinarajadasa

Foi viajando espiritualmente nas ondas de um amor sem fim que eu o encontrei.
Ele nadava em samadhi* em meio ao mar da bem-aventurança.
Ele me olhou e riu com aquele jeito de menino.
Em seguida, abraçou-me e disse:
"Que bom que você está aqui e não se esqueceu do caminho do coração. A Mãe Divina está contente. O garoto dela cresceu e achou a sua essência em si mesmo.
Olhe essas ondas de compaixão fluindo e pense na magnitude do amor da Mãe ajudando as muitas humanidades do universo.
Você percebe essa imensa trama de amor permeando a todas as realidades de forma sutil?
Olhe com o coração e sinta o sol do Samadhi aquecendo sua consciência. Sinta o amor, meu filho!"

Ele disse isso rindo dentro de minha consciência e eu fui puxado de volta para o corpo.
Abri os olhos físicos ainda com o brilho dos olhos dele permeando o meu próprio olhar. Agradeci em silêncio o seu carinho.
Espero ter a maturidade espiritual adequada para seguir os ensinamentos de Paramahansa Ramakrishna no trabalho que ele me incumbiu na crosta do mundo, pois sem amor ninguém segue...

PS: Gostaria de poder colocar nessas linhas o brilho do olhar de Ramakrishna, mas isso é impossível. Como colocar no papel o amor de um mestre que trabalha invisivelmente junto aos sofredores de vários lugares, principalmente aportando valiosas assistências espirituais com um grande grupo extrafísico às crianças da África?

Enquanto muitos buscam-no nos templos motivados apenas por inclinações religiosas, ele está nos bastidores do mundo abraçando multidões de sofredores e enchendo-os com o amor da Mãe Divina.

Ele, o menino da mãe, um ser puro e bondoso, mestre da consciência cósmica, não está descansando num paraíso celeste, pois o seu abraço é necessário nas sombras do mundo.

Ele nada no samadhi, mas em seu coração ele escuta o choro das multidões de homens da Terra e de outros planos clamando por ajuda. Ele vai até eles e os abraça com ternura. Sutilmente, ele fala com os seus corações de um amor maior que transcende a vida terrestre e que os abençoa incondicionalmente.
Sorri com eles e os trata como meninos da Mãe. E segue ajudando a todos invisivelmente...

Ele parece uma criança. Será por isso que ele se sente ligado às crianças famintas da África?
Será por isso que ele nem nota os meus defeitos e sempre me trata como um filho?
Certa vez, ele me disse:
"Filho, cada ser humano é um avatar** do divino. Mas, bem poucos estão conscientes disso. Cabe àqueles a quem a Divina Mãe dotou da expressão espiritual levar acesa a tocha da Espiritualidade entre os homens adormecidos de sua verdadeira natureza.

Ande entre os homens de forma natural. Brinque com eles e ajude-os ao mesmo tempo. Abrace-os em nome da Mãe do amor e ajude-os no discernimento das coisas espirituais. Caminhe com eles lado a lado, sempre de maneira simples.

A espiritualidade é simples, difícil é o ego!
Portanto, trabalhe com os talentos que a Mãe lhe confiou e use-os a favor de seus irmãos de experiência, principalmente aqueles mais necessitados de um abraço humano, espiritual e energético.***
Você sabe: nunca me procure no Alto. O meu coração pertence às crianças.

Carregue o vento da esperança por onde você for e entregue os seus esforços à Mãe. Ela guiará o seu rumo e a sua vida. Basta você caminhar com o coração generoso e impulsionar as almas para o Divino."
Esse mestre-criança-divina é assim: uma verdadeira locomotiva espiritual que carrega os vagões cheios de almas na direção do samadhi.

Não posso colocar o seu brilho nessas linhas, mas posso dizer aos leitores que sua mão está pousada sobre o meu ombro esquerdo agora mesmo e que sou um cara muito sortudo, pois apesar das deficiências que apresento e do muito que tenho a aprender, alguém assim ainda me chama de "meu menino" e voa comigo em samadhis ocasionais. Um mestre que ensina a abraçar o mundo e que continua me dizendo: "Trabalhe com amor e inspire-se na Mãe Divina, pois ela é o seu escudo, a sua luz e a patrocinadora do seu serviço. Os seus talentos espirituais não são seus, são dela. Use-os para o bem e seja o que ela designou-lhe: um bom menino que caminha lado a lado com os homens ajudando-os no discernimento espiritual."

Paz e luz.

- Wagner Borges -
Suzano, 30 de outubro de 2001 às 04:31h


* Samadhi (do sânscrito): Expansão da consciência, consciência cósmica.

** Avatar (do sânscrito): Emissário divino, canal da divindade, ser de luz.

*** Fico a pensar se as pessoas mais necessitadas não serão aquelas prisioneiras da arrogância e do egoísmo. Ou então, aquelas que estão lotadas de conhecimento espiritual e que imaginam que sua verve ou técnica são sinônimos de sabedoria. Ou ainda aquelas que se deixaram abater pela ingratidão alheia, esquecendo-se de que nada pertence ao homem e que aquilo que é do espírito cabe ao Espírito Supremo reconhecer e direcionar na luz.




A SAUDAÇÃO DA AURORA
(Antiga Oração em Sânscrito)

Cuida bem deste Dia, porque é o Dia da própria vida da Vida.
Neste Dia residem todas as Verdades e as Realidades de tua Existência:
- a glória da Beleza;
- o esplendor da Ação;
- a benção do Crescimento.
Cuida bem deste Dia!
Pois ontem é apenas um Sonho e Amanhã apenas uma Visão.
Mas cada Hoje bem vivido torna cada Ontem um Sonho de Felicidade e cada
Amanhã uma Visão de Esperança.
Cuida bem, pois deste Dia.
Esta é a saudação da Aurora.

por Wagner Borges

Consulte agora
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Sobre o autor
Wagner Borges é pesquisador,
conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia
e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor







Energia do Dia
31 - HSIEN - A INFLUÊNCIA
Momento de harmonia em que todas as forças do Universo participam do mesmo impulso de atração.
Consulte o I-ching

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa