auravide auravide

O caminho para a liberdade...

por Rubia A. Dantés
Publicado dia 21/08/2008 16:46:54 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O caminho para a liberdade pode nos surpreender com armadilhas onde menos esperamos...
À medida que avançamos, e nos sentimos mais confiantes porque em parte já damos conta de enfrentar e liberar nossos inimigos mais temidos, como nossos medos, culpas, mágoas... etc. pode ser que apareçam outras armadilhas, não tão visíveis, mas nem por isso menos perigosas.
A prisão mais sutil pode ser mais difícil de ser deixada do que as obvias grades dos nossos inimigos declarados.

Às vezes nos encantamos tanto com os sinais... e com as ferramentas que nos indicam e facilitam o caminho, que nos esquecemos que eles estão só indicando alguma coisa e que não são o fim a ser alcançado....

Quando me vejo sendo presa em uma dessas armadilhas uma voz que vem de dentro sempre dá um jeitinho de me chamar de volta...
Dessa vez foi assim:
Vi-me tão encantada com algumas sincronicidades que estavam acontecendo, com tanto sentido, que de novo me encontrei tentando fixá-las em explicações... que geravam outras explicações... quase me prendendo nas enredadas tramas de um labirinto que minha mente se encarregou de criar a partir dos sinais... Eles vieram como chaves preciosas, justamente para me tirar de um outro labirinto mais antigo... onde ainda me encontrava presa...
Dessa vez vi uma cena na qual me encaminhava para um lugar, onde ia me encontrar comigo mesma... E a voz interior me falava, indicando simbolicamente que chegar ali era o motivo da minha vinda aqui agora... que eu não sabia onde era e nem o que era... só sentia que era para lá que minha Alma me chamava e que lá me encontraria comigo mesma.
Nessa jornada em direção a esse lugar eu recebia pistas que me guiavam ao próximo passo... e por uma dessas pistas me vi chegando a uma cidadezinha muito encantadora de onde viria a próxima indicação de caminho... Ali naquela cidade muitas coisas me foram reveladas... coisas que preencheram lacunas fundamentais ao trazerem sentido a acontecimentos que vivi anteriormente; aquela cidadezinha foi ficando tão encantadora que quase me esqueço que tenho de seguir e ia ficando por ali...

Era como se finalmente tivesse encontrado algo que buscava...

E foi ai que me deixei enredar pela mente que... aproveitou a deixa para me prender nesse lugar e me fazer esquecer que aquele era só um lugar de passagem e ficar parada ali não era o meu objetivo...

As sincronicidades nos impulsionam para o próximo passo rumo ao nosso encontro com a gente mesmo... mas, podemos correr o risco de ficarmos presos no caminho, nos esquecendo que estamos ali para encontrar as pistas que nos levam ao nosso verdadeiro destino...

Entendi a mensagem de forma bem profunda... essa imagem fez muito sentido e esqueci tudo ficando no silêncio... esvaziei a mente de tantas explicações ao perceber que o plano é tão perfeito que não precisamos criar nada com o racional, em cima do que chega...

As sincronicidadea são um presente devido ao impulso que nos dão... pela energia que se renova... pela indicação que estamos no caminho certo e pelo significado para o nosso momento... Ali reconhecemos que o Grande Mistério nos guia para o próximo passo...
Mas devemos ter atenção para que a nossa mente não use dessa benção para criar uma armadilha, nos mantendo presos... impedidos de seguir o caminho que nos leva à verdadeira liberdade.

Fiquei mais centrada e deixei ir os muito significados possíveis... que criei a partir das sincronicidades. Fiquei com o que É e deixei ir o que eu “pensava” que fosse...
A partir dessa atenção no presente, com entrega e simplicidade, as sincronicidades foram chegando mais e mais e de forma cada vez mais significativa...

Estou enviando muito Amor ao ego para que ele se torne cada vez mais um aliado que abre passagem para a Divindade com total confiança, por aceitar o seu papel...

Entendo que quando tentamos fazer algo com os recursos limitados do nosso ego, em cima do que já perfeito, que é o Plano Maior, nós ficamos presos à estrada, em um ponto que pode ser muito bonito e encantado, mas... que nos impede de chegar ao nosso destino, que é o encontro com quem verdadeiramente Somos.
E o que verdadeiramente Somos é sempre mais perfeito do que o que imaginamos ser...


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa