Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O Novo pode ser novo mesmo...

por Rubia A. Dantés
O Novo pode ser novo mesmo...
Publicado dia 20/03/2009 16:22:48 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Muitos têm dito que estar aqui e agora, em um corpo humano, especialmente nesses tempos onde o planeta e todos nós passamos por um salto evolutivo, é muito precioso...

A noite mais escura anuncia o nascer do Sol...

O que fica muito claro é que estamos no final de um grande ciclo, que pode ser percebido, não só pelo que foi previsto em muitas profecias, como também e especialmente... pelo que estamos assistindo acontecer com nosso planeta e com o sistema de crenças.
Quantas verdades ditas absolutas estão caindo por terra... e quantas ainda vão cair.

Nisso tudo estamos nós... que ora somos levados para um lado, ora para o outro... e, se não cuidarmos, acabamos envolvidos com coisas que só nos puxam para baixo...

Sei que se olharmos ao redor, a nossa situação pode parecer extremamente assustadora e caótica, e se quisermos, teremos inúmeras maneiras para reclamar e focar no que não está bom. Mas estou certa de que... quem busca o caminho tem também acessados milagres e bênçãos que nos fazem crer que esse é um tempo muito precioso...

E a escolha está em nossas mãos...
Vamos vibrar no velho, no que estamos deixando para trás, que está desmoronando e nos mostrando que... o que dava segurança a tantos era pura ilusão - ou vamos vibrar no que está chegando... anunciando um novo ciclo de novas possibilidades.

Só que o novo... pode ser novo mesmo... tão novo que não cabe nem um pouco nos nossos velhos conceitos...
Então, muitas vezes preferimos ficar presos ao que está morrendo a arriscar o que não conhecemos e, conseqüentemente, não podemos controlar.

Que tal aproveitar essa experiência única para a qual nos preparamos e deixar ir o velho para receber o novo?

Imagina que aprendemos a guiar um carro e naquele veículo somos peritos, conhecemos tudo e sabemos como funciona cada coisa... mas, chegamos em um ponto onde esse veículo não pode mais nos levar além...
Para isso nos é dado um novo veículo... completamente novo que vai possibilitar a continuidade da nossa jornada.

Entramos e tentamos dirigir de acordo com a nossa experiência tão antiga e adquirida à custa de muito esforço e sofrimento... Tão antiga e sofrida que não queremos de forma nenhuma abrir mão daquilo que nos custou tanto.
E, é assim, com toda essa carga, que entramos no novo veículo para tentar dirigir...
Mas não conseguimos sair do lugar, porque aquele é um veículo muito diferente e não reconhecemos nada ali...
Tudo que sabemos sobre dirigir automóveis é inútil nesse novo modelo, que parece simples demais para funcionar.

Aqui é que nos encontramos...

Será que vamos ter coragem de abandonar tanto aprendizado e nos colocar vazios para receber o novo?



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa