auravide auravide

O presente luminoso do Rabi


Certo dia, Jesus estava sentado à beira de um pequeno córrego junto com Pedro e Thiago. Era a hora mágica do crepúsculo e o céu se tingia de vermelho-alaranjado no horizonte além das montanhas.
Jesus colocou as mãos na água e vários peixinhos vieram brincar com ele.
Muitos nem imaginam, mas ele era igual criança nesses momentos e sabia apreciar as pequenas coisas com maestria.
Dirigindo-se aos seus discípulos, disse-lhes:
“Os homens são semelhantes a esses peixinhos, mas não percebem as mãos do Pai Divino brincando nas correntes espirituais que fluem por seus corações...
Por isso, vim ao mundo. Para despertá-los das ilusões nascidas dos apelos violentos de sua natureza instintiva.
Esses peixinhos vêm sem medo porque não sentem nenhuma violência em minhas mãos. De igual maneira, as mãos do Pai Celestial são pacíficas, mas a violência dos homens turvou suas vidas e eles não veem e nem sentem os toques espirituais em meio às águas turvas de seus dramas.
Em breve, eu deixarei esse plano terrestre e retornarei aos planos celestes, mas deixarei uma dádiva para todos os homens... e ela não estará registrada em nenhum livro, e ficará marcada indelevelmente na aura planetária para todos os que tiverem ‘olhos para ver’ e ‘ouvidos para ouvir’.
Os pensamentos podem ser impregnados de luz e serem projetados na aura do planeta, que também é um Ser vivo. Por meio de tal processo, projetarei pensamentos luminosos nas correntes energéticas do orbe a favor de todos os homens... e eles irão circular por essas correntes vitais por milênios.
E muitos dos que hoje são refratários às ondas de Paz e Amor serão inspirados e tocados por eles em vidas futuras.
Quando caírem as escamas de suas ilusões, as águas de suas vidas serão clareadas e eles perceberão o presente da Paz e do Amor tocando seus corações.
Sim, os homens são peixinhos assustados e não sentem os toques divinos, por enquanto. Mas eles despertarão! E a minha dádiva invisível se tornará visível em suas vidas no momento certo.
Os pensamentos são vivos! E quando impregnados pelo Amor incondicional, tornam-se benfeitores invisíveis da humanidade.
Essa é a dádiva secreta que deixarei na pele invisível do mundo: pensamentos cheios de amor incondicional”.
Pedro e Thiago se entreolharam, admirados com o que Jesus falara. Na verdade, eles não entenderam muito bem o que ele dissera.
Jesus sabia e, tirando as mãos para fora das águas, disse-lhes:
“Os dedos do Pai Celestial tocam a todos nós... também somos seus peixinhos queridos. E o Amor é a água da vida!
Bem-aventurados os que amam!”

- Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.

- Notas:
* Rabi - Mestre.
Obs.: Enquanto eu editava esses escritos, rolava aqui no meu som uma versão remixada da música “Tomorrow” (realizada em 1996), da banda irlandesa de rock U2. Então, deixo, na sequência, o seu link no Youtube.
U2 - “Tomorrow”



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 243




wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa