auravide auravide

O sopro do vento


Eu amo o vento... ele tem um significado especial pra mim...
O sopro... a brisa... a ventania ... cada um me leva a experimentar um estado de espírito diferente...

Eu fujo de mim cada vez que eu nego ao meu coração seguir o caminho que ele me mostra... às vezes pelo vento... Eu me encontro em cada passo que ele me guia... e nessas fugas e nesses encontros vou tecendo uma história que poderia ter inúmeros finais diferentes... mas é a minha história e por isso ela é única como são únicas todas as histórias... e é mágica quando percebo os caminhos possíveis e passíveis de serem percorridos... e por um instante... só por um definitivo instante me sinto com poderes de decidir qual é o próximo passo... e desse passo quantas combinações visíveis e invisíveis... mas a decisão é minha ...

Agora a sensação de que está próximo... é muito forte... mesmo sem saber o que é, posso vislumbrar que está perto...
Estou diante de uma porta e tenho a chave na mão... é assim...
É escolher abrir a porta e entrar... não sei o que me espera do outro lado... mas sei que vai me fazer feliz... um fazer feliz diferente de todos os que já vivi até então... depois de entrar não serei nunca mais a mesma... mas essa decisão de entrar é só minha...

Será que alguma coisa ainda me prende?
Porque não abro a porta?... medo do desconhecido... medo de ser feliz...
Não é mais... não tenho mais medo de ser feliz... estou só esperando o vento soprar nos meus ouvidos a hora certa... e então eu abro a porta e entro...

Tudo tem a hora certa... a hora onde as condições são favoráveis pra determinados acontecimentos... é assim que sinto a hora certa... Se não for a hora certa... é como comer uma fruta que ainda não está madura... e essa hora certa... só o coração pode nos indicar... ou o vento...
O vento sopra suave...

A hora chegou... coloco a chave na fechadura e giro... a porta fica leve e fluida e faz o movimento de abrir aos poucos sozinha... é como se estivesse sempre esperando eu ter a coragem de colocar a chave... mas, só agora é a hora certa... eu sei e ela sabe... senão não abriria assim... suave
Não posso ver ainda do outro lado, mas começo a sentir irradiações de luz vindos de lá... é um sentimento de ver... eu vejo as luzes e as figuras geométricas de luz muito suaves e translúcidas... figuras de luz pairando no ar... vivas...
...geometrias de luz vivas e pulsantes... é isso que tem do outro lado...

Mas tem mais... tem muito mais... eu sei
Se tivesse aberto a porta antes não veria o que vi nem sentiria o que senti... e então eu vejo... e sinto o que vim fazer aqui com todas as nuances coloridas... é um ver que abrange tudo...
...sem palavras... uma imagem sentida... nítida... real...
Paro por aqui...
Esse sonho eu sonhei acordada...
...mas sonhei...

Ilustração de Rubia Americano Dantés - Visite o site


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


rubia
Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...
Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa