auravide auravide

Passado


Quando olho para trás percebo que o passado só serviu para aprendizado. Gostosas lembranças de minha juventude, amargas decepções de pessoas em que depositei confiança. Experiências acumuladas com acertos e erros. Em resumo foi isso.
Nenhuma novidade, né? Acho que contigo não foi muito diferente.

O tempo, senhor do Universo, me mostrou que o passado só faz parte da história que construímos e das experiências que vivenciamos.
Crescemos com ele. Evoluímos.
Aprendemos como não se faz e edificamos um altar de momentos inesquecíveis. Alguns, a bem da verdade, precisamos esquecer. Cultivar mágoa é darmos vida à má água. Uma energia que só nos faz adoecer e entristece, afinal somos 70% líquido.

Hoje posso afirmar que nossa vida é o que construímos não o que lamentamos. Lamentar é sofrer duplamente. O fato e a lembrança.
É muito bom poder afirmar que quando olho para o passado tenho a sensação e a certeza de estar vendo outra pessoa. É impressionante como consigo deixar de lado, colocar distante de mim, as coisas ruins do meu tempo anterior. Quando descobri isso, esta magia de abandonar o ruim, percebi que só me fez bem.

Nós não somos a nossa mente, nem os nossos fatos passados. Nós efetivamente somos o nosso presente.
Nossa mente foi. Hoje ela é o que permitirmos que seja. É obvio que depende de nós admitirmos esta verdade.
Ao aceitarmos isso, conseguimos criar, a cada novo dia, um novo futuro e um presente distante de sentimentos que a nada servem.

É preciso que trabalhemos nossa mente ao nosso favor e não contra. É ela que julga, deprecia, contesta e até aceita. Somos sua vítima.
Como fazer?
Escutá-la, mas nunca permitir que ela decida por nós. Ela está contaminada pelas nossas experiências passadas. Quem diz que o novo será igual?
Quem pode afirmar que os fatos irão se repetir se as variáveis são completamente diferentes. As pessoas podem ser as mesmas, mas já pensam e atuam de forma diferente. Portanto tudo é novo. Ter isso em mente muda a nossa vida.
Quantas vezes você já ouviu?
“Tentei isso mas não deu certo”...
Saber usar o passado é o começo de toda a mudança que você, eu e nossos amigos desejamos fazer. Aqui inicia todo um processo de Vida Nova.

É fundamental adquirirmos cultura e aprendermos novos ensinamentos e filosofias, mas é mais importante o que fazemos com o que adquirimos de bagagem cerebral.
Dias atrás pedi ao meu mestre para saber mais. Estava sedento de conhecimento. Ele me olhou fundo nos olhos e disse:
Você já sabe muito, é preciso aplicar o conhecimento que recebeu. Não adianta conhecer muito, selecionar as coisas que mais gosta e aplicar. Você só vai aprender quando exercitar o que não gosta. Não se permita contaminar pelos fatos do passado. Domine a sua mente. Perdoe. É errado só rezar e não aplicar a bondade. Não é Deus que muda as coisas. É você.
Tudo soou como uma granada em minha cabeça.
É preciso praticar o que se sabe, pensei na seqüência...
Fácil?
Claro que não. Mas é assim que funciona.

Não devemos ser reféns de nossos pensamentos e de nossas atitudes passadas. Afinal, o minuto que iremos viver agora é novo, depende de nós, exclusivamente de nós, a qualidade que pretendemos dar a ele.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa