Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Quando menos é mais

por Bel Cesar
Quando menos é mais
Publicado dia 10/09/2009 16:15:47 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Acredito que fazer menos e melhor é um desafio que muitas pessoas têm encarado cotidianamente. De uma forma ou de outra, estamos sempre em movimento, constantemente ocupados com o mundo exterior.

Nos momentos em que recuperamos a capacidade de auto-observação, nos surpreendemos com nosso comportamento robótico: realizando tarefas pré-programadas como zumbis...

Para não cairmos nesta rede viciada dos afazeres automáticos, Lama Gangchen Rinpoche nos alerta para encararmos o mundo como um grande supermercado, no qual devemos fazer nossas compras no Supermercado dos Bons Pensamentos. A princípio, esta idéia pode parecer o simples jogo do contente, como nos contos infantis de Pollyana. Mas, aqui se trata antes de tudo de uma escolha: como queremos nos relacionar conosco mesmos, com as pessoas e nosso meio-ambiente. Queremos agir a favor ou contra nosso fluxo de vida?

Naturalmente, a favor! Para tanto, temos que nadar contra o fluxo do Supermercado da Sociedade Moderna que está sempre nos fragmentando ao nos seduzir para comprar mais e fazer mais do que é necessário!

Quantas coisas fazemos ao mesmo tempo? Quem não fala no celular enquanto faz alguma outra coisa?

Por exemplo, a ciência nos alerta que quem costuma usar o celular ao volante corre sério risco de provocar ou de sofrer um acidente. Uma pesquisa recente, publicada na revista científica Neuron, mostra que ocorre um “engarrafamento” no cérebro, quando as pessoas tentam realizar duas tarefas simultâneamente. De acordo com os cientistas da Universidade Vanderbilt (EUA) que realizaram o estudo, a atividade cerebral fica mais lenta quando se tenta executar uma segunda tarefa menos de 300 milésimos de segundo depois da primeira. Mas quando as tarefas são realizadas com um segundo de intervalo, não há problema.

Um segundo parece muito pouco, mas quando nossas ações tornam-se simultâneas causa este efeito conhecido como "interferência da tarefa dupla": a atividade neurológica faz uma 'fila' onde a resposta neurológica à segunda tarefa é adiada até que a resposta à primeira seja completada. Ou seja, quando fazemos mais de uma tarefa ao mesmo tempo iremos precisar de mais tempo para realizar cada tarefa! Apesar de aparentemente estarmos ganhando tempo ao fazer tarefas simultâneas, estamos perdendo tempo, eficiência e precisão.

Temos que admitir: nosso cérebro foi concebido para trabalhar com o máximo de eficiência quando se dedica a uma única tarefa e durante períodos de tempo contínuos.

O ritmo atual de nossa sociedade já está muito acelerado para ser controlado. Por isso, cabe a cada um de nós saber quando e como não cair nesta rede de eventos simultâneos.

Lama Gangchen Rinpoche em seu livro Autocura NgalSo III (Ed.Gaia) nos aconselha: “Todos nós fazemos compras no supermercado de informações e, por isso, devemos ter cuidado para comprar apenas o que é positivo, benéfico e útil para nosso dia-a-dia e rejeitar todas as informações negativas, venham de onde vierem. As notícias ruins só nos fazem sofrer, ficar cansados e fracos; não precisamos delas. Seguindo as informações negativas, corremos o risco de um dia perder toda a esperança e direção na vida”.

Se um dia tivemos que nos esforçar para aprender a fazer múltiplas tarefas, hoje nosso esforço é exatamente o contrário: escolher menos para viver mais!




Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 3 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
bel
Bel Cesar é psicóloga, pratica a psicoterapia sob a perspectiva do Budismo Tibetano desde 1990. Dedica-se ao tratamento do estresse traumático com os métodos de S.E.® - Somatic Experiencing (Experiência Somática) e de EMDR (Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares). Desde 1991, dedica-se ao acompanhamento daqueles que enfrentam a morte. É também autora dos livros `Viagem Interior ao Tibete´ e `Morrer não se improvisa´, `O livro das Emoções´, `Mania de Sofrer´, `O sutil desequilíbrio do estresse´ em parceria com o psiquiatra Dr. Sergio Klepacz e `O Grande Amor - um objetivo de vida´ em parceria com Lama Michel Rinpoche. Todos editados pela Editora Gaia.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa