auravide auravide

Revide


Quando menos espero, ele se faz presente. Depois dos exercícios que me deu consigo senti-lo mais próximo e “conversamos”.
Disse-lhe que estava bem, feliz pelos resultados conseguidos e que a vida estava sorrindo para mim e para as pessoas próximas. Nada é fácil, é verdade, mas quis agradecer porque é preciso que assim se proceda. Quando necessitamos de alguma coisa corremos orar e pedir amparo. É fundamental que se ore e que façamos nossos exercícios de fé e para a mente em qualquer circunstância da vida.

É bem melhor agradecer do que pedir.

Ele então me alertou:

Você não deve me agradecer, pois nada fiz. Quem verdadeiramente executou o caminho foi você. Suas atitudes construíram este momento. Já falamos até de maneira exaustiva sobre a lei de Causa e Efeito. Já dialogamos bastante sobre as conseqüências do que plantamos com os nossos pensamentos e com nossas atitudes.
Lembra-se quando você foi agredido? Pois é, foi sua escolha não revidar. Se o tivesse, hoje o seu resultado seria diferente.
Imaginemos que exista um navio que realize uma viagem entre aqui e a Europa. Um barco feito de madeira, um veleiro e, mesmo que a embarcação seja construída fortemente, se tiver a menor fenda e a viagem for longa, dias e mais dias, os passageiros certamente afundarão juntos. Cansarão de tirar a água que vai entrar.
Assim são os nossos sentimentos negativos. A calunia, a mágoa, o medo. Temos que estancar a forma como lhes damos atenção e guarida. Em caso contrário, nosso navio pode ficar contaminado de coisas inadequadas ao nosso crescimento. Esta seria a fenda de nossa vida. Pequena - é verdade - mas por fim cansativa e até vitoriosa. Muitas vezes o que nos vence são coisas pequenas, mas às quais damos grande importância.

O mesmo acontece em qualquer barragem que possua uma fenda, uma pequena rachadura. Nela, a água jamais será contida.
Devemos tirar a água da dúvida e da calúnia do navio de nossa vida e solidificar as barragens de nossa fé com muito perdão e amor. Se a ofensa de um praticante for superficial, perdoe-o e o leve a obter benefícios. Se for grave, advirta-o a fortalecer a sua fé para que ele possa efetivamente evoluir e entender a lei que rege o Universo. Nada que acontece conosco é responsabilidade de outros. Nós permitirmos. Nós evitamos.

Meu mestre me orienta na busca do entendimento das conseqüências e aplicações da Lei de Causa e Efeito, ou como queiram, Livre Arbítrio.

Nada na vida nós conseguimos sem uma razoável dose de aplicação, determinação e fé. As coisas não acontecem por acaso.
Acredite: Nada é por acaso.
Mas uma coisa precisa ficar muito evidente em nossa mente. Plantamos, colhemos. Não importa o que. Sempre o plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa