auravide auravide

Sementes


O que é um velho?
O que é um moço?


São conceitos de uma sociedade ainda muito pouco evoluída. Conceitos exteriores.
São os frutos destes conceitos - sejam quais forem - que geram preconceitos, que geram debates e enfrentamentos, sem perceber ainda que o que se está pensando está acontecendo. Jamais deixou de ser assim.
Não perceberam ainda, que o moço é o velho de amanhã, e o velho é o moço de ontem, que volta a ser a criança de amanhã...
Evolução quer dizer o abandono, ou a coragem de abandonar, velhos conceitos que ainda acontecem, tanto em cima como embaixo. Ainda estão aqui há milênios.
Tempo em que agora - e finalmente - começam a perceber que nada disto existe. São apenas conceitos e preconceitos irreais. Nova era.

Um fruto principia por uma flor. É belo como flor. Quando a flor, após seu apogeu, cai voltando à terra, o pequenino fruto já está na árvore. Você é um dos frutos dos muitos frutos da grande árvore. Ainda não sabe disso. Cresce, mas ainda está verde. A semente que carrega no bojo, ainda nem sabe que existe.
Neste ciclo, sim, tudo se processa em ciclos, você termina sua fase de crescimento, mas ainda está verde. Inicia a fase de amadurecimento. Toma a exuberância do fruto maduro, mas sua semente ainda não está completa, ainda está em estado de dormência. Então, sem saber ainda de sua semente, vive a exuberância do fruto no apogeu. Vê os outros frutos. Emprega-se normalmente - não naturalmente - pois normais são os conceitos criados por vocês mesmos, em várias sociedades ainda muito pouco evoluídas. Nisto, ainda não perceberam que a semente existe, e aguarda o momento de germinar outra vez.

A morte está nestes conceitos e preconceitos. Ainda presos a isto, vivem a exuberância da vida, baseados nos conceitos e preconceitos aqui criados. Sim, pois é assim que lhe disseram que TEM que ser. Tem que ser criança, moço, velho... normalmente. Divisões do que nunca foi dividido... ou é você um fruto dividido? Proibido?
Nisto, o que é uma criança, nesta sociedade ainda muito pouco evoluída? Não seria um velho sendo "fabricado"? TEM?
Percebam agora as sementes em ponto de germinação, pelos cantos que vocês mesmos criaram. Velho, caduco, caduquice. Tem que usar roupas, sapatos, modos, música de velho. Criaram até cantos separados para isso. Criaram sem ainda perceber que estão criando a si próprios. Seus próprios cantos, seu próprio destino.
Estão fazendo nesta sociedade, com que a semente imperecível retorne a germinar em outro ciclo repetitivo. Volta um futuro velho. Ciclos repetitivos dos mesmos conceitos e preconceitos, mas agora encantados com o que caminha para se tornar um novo deus, no brilho artificial da tecnologia.
Portais são o ativar de suas próprias sementes eternas, imperecíveis. Não percebam isto no firmamento. Percebam em si próprios, como sementes que nunca deixaram de ser.
Sementes despertas não duelam entre si. Já percebem a mitologia criada em sua sociedade, muito pouco evoluída.
Sementes estelares são sementes de sociedades bem mais evoluídas, que estão aqui para lhes dizer que já foram auxiliadas para evoluir, e por isso estão aqui em auxílio. Por vontade própria, porque nada TEM que ser feito. Estão aqui para lhes dizer que já viveram o bastante para saber que o Universo eternamente se expande de ciclo em ciclo. Que novas galáxias aparecem, onde tudo parecia ser estático. Estão aqui para lhes dizer que são variadíssimas sementes da mesma Fonte, de todas as Árvores. Que são as mesmas sementes que vocês são. Para lhes mostrar e auxiliar neste tempo indescritível de Expansão do Universo, expansão de Deus, respiração de Deus. Grandes ciclos, assim como o são seus pequenos ciclos de quando respiram. Dizem que pode doer um pouco, pois como as sementes dos frutos de seu pomar, algumas necessitam ser escarificadas para germinar mais rapidamente.
Dizem para não se importar com o choro que verte forte. É o choro que rega sua própria Semente. É o choro de Deus em você, para que refloresça mais uma vez. É a primavera de Deus em você.

Dizem que enchentes, terremotos, seja lá o que for, não são tragédias, pois que Deus está em mais um perfeito ciclo de Perfeita respiração. Para que vejam perfeição em tudo, pois tudo jamais deixou de ser Perfeição.
Perfeição que não existirá para quem não deseja, porque nada TEM que ser assim.
Dizem que Boa Nova quer dizer renovação, no germinar da semente interior.
Ainda há tempo, pouco mais há.
Para que?
Para aproveitar esta Primavera, porque depois dela, tudo permanecerá como está.

Auguri, (Meus Votos)
Semente Romana!


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


ivan
Ivan Ademar Ditscheiner é um ser humano muito especial
que se juntou à Família STUM em 2002.
Esteve varias vezes em São Paulo desde então nos dando o prazer de sua companhia.
Leia seus artigos


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa