Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Verdadeiras e falsas necessidades

por Sergio Scabia
Publicado dia 30/12/2002 11:32:49 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Capitulo 9

Mais uma vez tanta sabedoria fica como que compactada dentro deste capitulo e mesmo os comentários mais profundos e inteligentes somente podem fornecer um ponto de vista limitado e relativo aos aspectos do texto que mais capturaram a atenção de quem aqui escreve. A tentação de fazer paralelos com nosso momento e nossas experiências de vida é muito forte, e o testemunho talvez seja indispensável, até para que as pessoas se sintam encorajadas a escrever e comentar suas próprias vivências, sempre únicas e especiais.

Tem mais, este artigo praticamente cai no 3° aniversario de vida deste site, que começou nos primeiros dias deste milênio. Este triênio com certeza marca o termino de um período inicial importante o qual fornece um leque de experiências e informações validas que muitíssimo tem a ver com o que o Guia coloca no 9° capitulo... uma sintonia real, muito interessante.

Vamos então lembrar e tentar colocar de que maneira nossa vida foi afetada pelos aspectos focados a seguir, e que finalmente começam a se manifestar em toda sua força e muito mais claramente no dia-a-dia, no ambiente de trabalho, nas relações familiares, na própria realização de nossa missão de vida. É fácil comparar nestes três anos de caminho (que voaram), o que realmente foi e está sendo importante e o que pouco ou nada vale, mas que sempre estará ao nosso alcance para nos testar continuamente e que ainda é, por incrível que pareça, roteiro obrigatório para a grande maioria da população deste e de outros países...

E aí entra o grande divisor de água, o Coração... talvez o centro mais importante da evolução do ser humano. A porta para receber os Dons. A verdadeira Força, que se manifesta no conhecimento de nós mesmo, na percepção cada vez mais sutil dos outros e na capacidade de sintonizar a Criação, de expandir as infinitas ferramentas da Mente que permitem atingir níveis superiores de vibração. Níveis esses que levam a uma conexão firme com o Todo por intermédio da intuição profunda sobre o que realmente é. Sem intermediários e sem mais a necessidade de comprovações externas.
Isso ocorreu e ocorre neste instante, conosco e com os colaboradores mais afinados... uma redescoberta profunda de nosso potencial de perceber, comunicar, curar a Alma de forma simples e amorosa, pois nosso Coração já está livre de ódio, magoa, culpa, ressentimento, medo, inveja, ambição, vaidade, egoísmo...

O Guia escreve que cerca de 90% das pessoas ainda se encontram presas a estas emoções destrutivas e portanto se auto-bloqueiam no desenvolvimento de seu enorme potencial, que se encontra disponível sempre, no infinito armazém cósmico, mais uma vez bastando para ter acesso, que se abra o Coração, que se acredite que somos seres divinos, imortais, dignos e perfeitos. É como se tivéssemos no banco um grande capital e nos recusássemos a saca-lo, continuando uma vida pobre e limitada, vitimas da nossa própria ignorância!

Provavelmente, se você neste exato momento está lendo este trecho, estará fazendo parte da abençoada família dos 10% restantes, e saberá portanto que é nosso dever espalhar essas verdades para eliminar a enorme ignorância espiritual da face da Terra, este lindo planeta azul que poderia ser em pouco tempo um verdadeiro paraíso terrestre, uma vez que os corações fechados finalmente encontrassem a chave do Amor para serem abertos.

Muito mudamos em três anos de Vidanova, e o nosso “pequeno eu” passou a receber mais e mais a orientação sabia do “Eu superior”, ampliando a nossa consciência – o que nos obrigou a passar a mensagem da Verdade para a frente, para tantos usuárias e usuários que estavam ficando prontos - alimentando ainda mais a vontade de servir ao próximo e fazendo com que os potenciais individuais de outros seres humanos também começassem a se desenvolver.
Novos aspectos de autoconhecimento foram trazidos à tona para um publico cada vez mais heterogêneo, mas ainda predominantemente feminino, tratando da forma mais simples os fatos da vida que, quando desapercebidos, normalmente limitam nossa atuação, nossa missão e nossa felicidade.
Falo de todas as categorias do Vidanova, e em especial da Cura à distancia, da TVP (Terapia de vidas passadas), das realidades multidimensionais que estão em “Viagem Astral”, das buscas da importância das cores na estrutura da personalidade que fazem parte de Aura-Soma e Grafologia, na viagem interior que a Meditação permite, na reprogramação propiciada pelas Imagens Mentais, nos Florais e seus novos campos de atuação, na Metafísica... quanta informação preciosa para abrir corações e mentes!

Teria sido possível realizar isso tudo se nossos Corações estivessem fechados, apequenados?
Talvez seja este o suco deste capitulo. Tudo passa pelo Coração. O centro de tudo.

Não vamos porem confundir aqui - e um grande numero de artigos deste ano que terminou focou exaustivamente isso - o termo Coração com o termo “amor”... pois trata-se de um ponto muito confuso... e aqui o Guia nos comenta que a verdadeira busca de amor, companheirismo e totalidade somente pode ser atingida quando a Alma se encontra pronta para dar, para doar; e isso é algo que nada tem a ver com o “desejo neurótico de ser amado”.
Precisamos sim crescer emocionalmente e deixar que as feridas da infância continuem influenciando nosso comportamento maduro e o comprometimento com o Universo que assumimos ao nascer...

Estas necessidades tem a ver com a auto-expressão, o autoconhecimento, o desenvolvimento pessoal e espiritual, atingindo todo nosso potencial precioso e único que nos espera, e a partir deste ponto dar nossa contribuição ao grande plano da Criação no qual cada ser tem sua tarefa a cumprir... e como conseqüência deste crescimento desfrutar também amor, relacionamentos sadios, realização, felicidade... algo real, palpável, sadio e bem distante das falsas necessidades, que nós levam a simplesmente recusar nossa própria força interior, nossa Luz divina. As necessidades falsas são desejos transferidos para os ombros de outras pessoas que nunca poderão ser fonte de realização e felicidade. Nunca estará fora de nós o que realmente precisamos!

Para fechar, sempre em sintonia com o Guia, quero ressaltar a necessidade de sermos honestos conosco mesmos, mas também decididos e perseverantes, em assumir toda a responsabilidade necessária para podermos realizar o que de nós é esperado. Mais uma vez, se trata de uma busca em nosso interior, no nosso cofre secreto que se encontra dentro do nosso coração, que é nosso escudo, nossa real segurança, nosso instrumento indispensável de conexão com todo o Cosmos.

Vamos fazer uma bela purificação neste centro, vamos mante-lo brilhando e fazer com que se expanda a cada dia um pouquinho mais!

Desejo, do fundo de meu Coração... que tenha um 2003 de muito Amor!
Somos Todos UM

Sergio Scabia

- Formula de Florais do Cap. 9
Veja clicando aqui o artigo e a Formula Floral sugerida por Thais Accioly



- A meditação sugerida por Rúbia Americano Dantés para o Cap. 9:
"Vivo a minha integridade entrando em contato com a minha essência".
Para Meditar sobre essa frase, clique aqui




- Exercício de Imagens Mentais do Cap. 9:

Sente num ambiente calmo e tranqüilo. Os pés devem estar firmes no chão, as mãos colocadas sobre as pernas e os olhos fechados do começo ao fim.

Seu dedo indicador busca fora os agentes de sua infelicidade.
Veja seu dedo indicador acusando as pessoas que lhe fizeram mal.
Respire uma vez e veja agora seu dedo indicador abrindo em seu peito um zíper imaginário e retirando para fora o seu coração.
Veja este coração envolto numa coroa de espinhos.
Retire esta coroa de espinhos e atire-a para o vazio do Universo, sabendo que acabou de tirar de você as magoas e as dores que o mundo lá fora deixou.

Volte o seu coração ao lugar dele, feixe o zíper imaginário e aponte seu dedo indicador para a Luz Divina que renova e te ensina a perdoar.

Então respire e abra os olhos

Izabel Telles


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

Infinitas possibilidades de experiência tolhidas pela dependência emocional




Sobre o autor
sergio
Sergio Scabia é co-fundador do Site Somos Todos UM
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa