auravide auravide

Viajando nas cores do Coração Espiritual


Existe um lugar onde todas as dúvidas são diluídas. Um lugar que não sofre a ação do espaço/tempo, onde se juntam todos os melhores potenciais de um ser. Esse local é a casa do coração. Ali reside um imenso sol, que dissolve os bloqueios e que transmite a verdadeira sabedoria além das formas, além do tempo, além do espaço e além dos cinco sentidos...

Essa luz é interna, nunca se apaga. É luz imortal, pertence ao Eterno, apenas entra e sai do corpo junto com a própria alma em evolução.

Essa luz é o guia interno, o velador silencioso que descortina novos horizontes e cicatriza as feridas emocionais, que harmoniza e que é o centro da gravidade espiritual de cada ser.

Essa luz mora no coração e apresenta várias cores, dependendo dos nossos sentimentos. Ela pode se manifestar-se no rosa puríssimo, espelhando o amor que vai dentro do coração. Também pode manifestar o violeta das altas aspirações espirituais, da busca cósmica e da evolução para patamares superiores. Essa mesma luz pode ficar azulada, a cor da religiosidade, da busca do céu; pode ficar verde, cor da cura e da estabilidade; pode ficar amarela, limpar os bloqueios e dissolver as trevas internas do medo e da depressão; pode ficar dourada, espelhando uma limpeza interna da própria consciência.

Essa luz pode assumir várias cores, dependendo daquilo que a pessoa pensa e sente. Mas essa luz nunca fenece, é imortal, porque é a presença divina dentro de cada um de nós. Essa luz é o guia interno, o velador silencioso que não fala, mas que se comunica; que não se apresenta ostensivamente, mas que está ali presente todo o tempo, sempre esteve e sempre estará. É o verdadeiro guia, o verdadeiro mestre. É o guru interno e silencioso de cada um.

Essa luz mora em nossos corações, e é muito sensível à música, à poesia, à arte, à espiritualidade e ao amor.

E talvez, de alguma maneira desconhecida de todos nós, é possível que seres espirituais de vários planos de manifestação possam atuar no momento presente, dentro de nós, nessa luz além do espaço/tempo, que sabe a mensagem do velador silencioso e que só se comunica na linguagem do amor.

"Há uma luz
Que brilha mais do que
Bilhões de sóis juntos.
É a essência da alma.
Essa é a luz que brilha no coração."

Paz e Luz.
- Wagner Borges -

(Transcrição de um trecho do programa "Viagem Espiritual", do dia 22 de junho de 2000, com o Prof. Wagner Borges - Rádio Mundial de São Paulo - 95,7 FM)


O AMOR É (TERNO)

A distância que separa duas consciências
É apenas um pensamento.

Independe de tempo, espaço e forma,
Basta apenas pensar.

Logo, se eu penso em você,
E se você pensa em mim,
Estaremos juntos em pensamento,
E nada poderá nos separar.

Pois nenhuma cadeia humana pode prender
A melhor aquisição que o caminho evolutivo nos deu:
"A capacidade de pensar"!

Se prenderem o meu corpo físico em algum lugar,
Não importa!
Poderei escrever o que penso!

Se cortarem as minhas mãos,
Não importa!
Poderei falar o que penso!

Se cortarem a minha língua,
Não importa!
Poderei pensar no que penso!

Se matarem o meu corpo físico,
Não importa!
Não preciso de cérebro para pensar!

Estaria, então, do outro lado da vida,
Pensando continuamente, sem entraves,
Pois o pensamento é eterno.

Não sei se eu penso em você,
Porque você pensa em mim,
Ou se você pensa em mim,
Porque eu penso em você.

Não sei, também, se você pensa em mim,
Tanto quanto eu penso em você.
Mas não importa;
O importante é que eu penso em você.
E se penso em você,
Estamos juntos o tempo inteiro!

Um pensamento longo parece durar
Uma eternidade humana.
Ou será que a eternidade é que
Parece um longo pensamento humano?

Não sei a resposta para esta questão filosófica,
Mas sei que penso em você,
E esse pensamento é longo.
E se sou imortal, então
Esse pensamento é eterno!

Logo, o Amor é(terno). *

Por isso, dedico estas palavras com admiração é(terna) ao meu grande amor: "A vida".

PS:
"Amo a vida muito bem.
Seja a vida daqui
Ou a vida do além.
Ela é(terna) e eu também."
"AME A VIDA".

- Companhia do Amor - (A Turma dos Poetas em Flor)
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges)

* O amor é(terno) de ternura e de eternidade.

** Cia. do Amor: é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos.
Oportunamente, publicarei seus textos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outra dimensão, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor. Seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa