auravide auravide

Viajando no Samadhi com o amor que gera a vida


Somos todos pequenos servidores do AMOR QUE GERA A VIDA.

Quando sintonizamos os nossos pensamentos ao Alto e abrimos o coração à Divina Compaixão, tornamos-nos avatares (1) da Espiritualidade.

Então, o Alto verte as essências invisíveis da LUZ imperecível em nossos chacras coronário e cardíaco. E a maravilha da inspiração acontece...

"Olha lá, na linha do horizonte
Surgiu o sol do samadhi. (2)
Vem coração, vem sentir
O que o Divino nos enviou.
Vem viajar nas asas do amor imperecível,
Muito além dos sonhos,
Nas ondas da assistência espiritual,
Que se espraiam nas areias do espírito.
Vem surfar nessas ondas de Amor puro...
Ali estão Ramakrishna e Sukadeva nadando
Nas águas de ananda. (3)
Vem, meu amigo, vamos viajar espiritualmente,
Além dos nossos desejos personalísticos,
Naquelas luzes plenas de Shanti. (4)
Olha lá, Jesus e Krishna estão sorrindo.
Ah, meu coração!
É tanto amor vertendo desse sorriso...
Você vê aquela cascata de luz azul e dourada
Jorrando bálsamos vibracionais nos mundos densos?
Você sente a dor das miríades de seres engolfados
Na dor da ignorância e do egoísmo?
Você sente o abraço silencioso do Buda?
Olha o sol do samadhi, sinta o amor incondicional!
Vamos viajar nessa onda sutil...
Querido, vamos abraçar os sofredores do caminho.
Vamos canalizar essa luz em silêncio.
É só sintonizar o AMOR QUE GERA A VIDA.
Vamos abraçar a todos interdimensionalmente,
Nas luzes da compaixão, que a tudo compreende.
Pois é só o amor que nos leva... Forever!"


PS: Esses escritos são muito pobres para falar do infinito amor que toca as dobras secretas do coração espiritual, e ascende ao topo da cabeça para a festa das mil luzes da consciência cósmica. São apenas palavras, pobres para apenas balbuciar sobre aquele contentamento íntimo que preenche a alma nos momentos interdimensionais de intercâmbio com o Divino.

Porém, embora apenas palavras, posso jurar que escuto uma voz sutil dizendo dentro do coração de todos os seres:

"Te Amo... Te Amo... Te Amo...”

É essa voz que me ordena a escrever, amar, sorrir e seguir... Nas ondas do amor imperecível.

Om Tat Sat. (5)

(Esses escritos são dedicados aos meus amigos Ricardo, Hamilton e Dunga, da cidade de Suzano, que dentro de tantas dificuldades, ainda arranjam tempo para promoverem atividades espiritualistas em seus espaços de trabalho. E também aos meus amigos Vítor França, Samuel e Carlos César, que muito me ajudam nas atividades do IPPB)

- Wagner Borges
Suzano, 06 de novembro de 2002.

- Notas do sânscrito:
1. Avatares: Emissários divinos; Canais da divindade.
2. Samadhi: Expansão da Consciência; Consciência Cósmica.
3. Ananda: Bem-Aventurança.
4. Shanti: Paz Espiritual.
5. Om Tat Sat: Poderoso mantra evocativo dos aspectos divinos (Brahma, Vishnu e Shiva) Pode ser vibrado dentro dos chacras objetivando a sua ativação energética.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa