auravide auravide

Visões


Tinha voltado de uma viagem xamânica na qual procurava a música da minha alma.
Isso veio a propósito do filme que assistimos: Os Camelos Também Choram, uma produção alemã que conta a história de um potro camelo que foi rejeitado pela mãe. E esta relação só foi curada quando um xamã ajudado por uma mulher sensível descobre o tom que o coração do animal gostaria de ouvir para resgatar a sua alma!
Recomendo vivamente que quem puder assistir a este filme não o perca, porque é realmente uma maravilhosa lição de amor.
Mas vinha desta experiência e estava cansada. Procurei dormir logo, mas nada do sono vir. Meu coração batia muito forte e acelerado e tentei me acalmar fazendo um relaxamento.

Não sei dizer quando dormi. Sei que repentinamente acordei, sentei-me na cama totalmente tomada pela visão que tive: uma cigana pedia-me três moedas. Não as dei e ainda virei as costas para ela. Então, surge uma gigantesca piscina de águas claras e nestas águas vejo uma sucessão de figuras femininas de todas as formas e formatos, épocas e etnias, expressando as emoções mais díspares que Vocês podem imaginar.

No meu despertar, a sensação que me ocorreu foi a que tive uma visão de todas as minhas vidas como mulher e foi como se um álbum de fotos animadas estivesse sendo desfolhado bem em frente aos meus olhos.
Pensei do quanto nada sabemos e do poder ilimitado da nossa mente.
Meu Deus, quanta coisa ela guarda!
Que capacidade de colecionar imagens, fazer analogias, ir e voltar no tempo que, para ela não existe. Mesmo!
Agora, no meio da tarde, ainda procuro perceber a mensagem deste sonho.
Sei dizer que ele foi tão vívido, mas tão vívido que posso ainda sentir a textura da água da piscina, a densidade, a cor, o movimento das mulheres em suas danças frenéticas.

Tenho dedicado meus últimos anos a pesquisar a mente. Todos os dias mergulho neste território e descobrimos, eu e meu paciente, chaves importantes sobre sua história emocional.
E quando penso que já não vou me surpreender com nada, aparece-me esta sequência de imagens a querer dizer-me coisas que irei compreendendo com o passar do tempo.

Queridos amigos, queridas amigas, anotem seus sonhos! Façam deles motivo de pesquisa e interesse sobre o que vai lhes passando na alma. Sonhos são janelas abertas para a alma!
Pode ser que entre eles ainda bafeje no seu coração algum abandono ou rejeição. Mas não faça disso motivo de paralisia. Busque o canto da sua alma e, como o xamã da Mongólia, cante para que ela volte a iluminar a sua vida.

Realize V. também o exercício inédito -clicando aqui- que combina a neuroacústica com as imagens mentais positivas e deixe seu testemunho!

Clique aqui e confira os testemunhos deixados pelos usuários.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


izabel
Izabel Telles é terapeuta holística e sensitiva formada pelo American Institute for Mental Imagery de Nova Iorque. Tem três livros publicados: "O outro lado da alma", pela Axis Mundi, "Feche os olhos e veja" e "O livro das transformações" pela Editora Agora.
Visite meu blog.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa