Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Vítima

por Saul Brandalise Jr.
Vítima
Publicado dia 30/07/2009 16:44:36 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O ser humano, no processo de evolução, tem alguns caminhos que pode escolher para trilhar; afinal, uma das regras básicas do bem viver é que todos tenham a sua escolha, o seu Livre-Arbítrio.
De todos os caminhos, o mais difícil é a SUPERAÇÃO de nossas dificuldades que sempre são criadas pelas nossas atitudes.
Ser omisso é a pior que poderemos escolher para nós.
No entanto, nada é mais dificultoso de ser superado que a postura de vítima, muito mais ainda da vítima omissa.
Sabe o que é preciso ser feito para ser vítima? Nada... Além de se lamentar.
Hoje conversei com uma pessoa que em essência é guerreira, mas estava adotando a posição de vítima. Procurava um emprego. Pediu demissão do local onde trabalhava. Denunciou um desvio e os seus superiores nada fizeram. Não quis compactuar e demitiu-se.
Tempos atrás ela tinha um comércio e seu ex-marido pôs a perder todos os seus bens por conta de ações despreparadas. Ela, ao contrário, sempre foi lutadora e no momento em que seu ex colocava tudo a perder, nada podia fazer, porque estava passando por uma maternidade de altíssimo risco. A parte boa de tudo isso foi uma linda filha.
É óbvio que o casamento teve o fim previsto.
Estava estampada em sua fisionomia que sua energia não era a mais correta para si mesma. Ela não adotava a postura que trazia em essência, na alma, no espírito, na sua evolução. Batalhadora e guerreira. Lutava contra si mesma e estava começando a perder a batalha.

Disse-lhe:
- Acho que você não deveria fazer isso consigo. É uma postura muito feia portar-se como vítima. Foi você que não soube analisar quem efetivamente é o seu ex-companheiro. Cada má avaliação tem um custo e, na maioria das vezes, o custo é emocional e material. Ambos andam juntos, afinal, estamos humanos. O que fazermos com este resultado depende exclusivamente de nossa capacidade de entendermos o retorno.
- O minuto seguinte, continuei, é completamente novo, por que contaminá-lo com coisas que de nada servem? Por que não fazer um plano de ação para algo absolutamente novo? Uma pessoa vítima será eternamente uma derrotada. É isso que você quer para si?
Criar nova vida exige novas atitudes que são precedidas por novos pensamentos. Tirar lições de nossos erros faz parte de um nobre aprendizado. Sucumbir em nossos erros não significa estacionar. É regredir mesmo.
Quando as lágrimas lhe fizeram companhia, dei-lhe meu lenço e continuei...
- Que feio! Lágrimas não resolvem. O que fará a diferença em sua vida serão suas novas atitudes. Suas lágrimas são muito pequenas para lavar toda a sujeira. Você precisa analisar o seu passado para entender o seu presente. Se pretende um futuro melhor é preciso esquecer as coisas ruins que a maltrataram e começar uma nova vida. Na realidade, a sua vida.
É óbvio que não se trata de uma atitude fácil. Sempre é mais cômodo ser vítima. Para ser vítima não é preciso fazer nada, além de produzir lamentos, falar mal das pessoas e criar uma péssima energia à sua volta.
Parou de chorar.

Olhou para mim e disse:
- Que bom que vim aqui para esta entrevista, que bom falar consigo. Eu precisava ouvir isso.
Sua energia mudou e a conversa começou a fluir.
Recomendei que ela fosse contratada. Não por pena, mas pela maneira de se comportar. Soube reagir quando deveria assim proceder.
De minha parte, já me posicionei várias vezes como vítima e nada colhi além de olhares penosos, indagativos e, principalmente, lamentosos. Todo ser humano um dia já foi, ou se posicionou, como vítima.
Muitos, portanto, já sabem que esta postura nada agrega.
Em idioma islandês VITI significa inferno. Em tibetano MA significa elevado. Portanto VITI MA é muito pior do que um elevado inferno. É um estágio de burrice mental, infernal, potencializado por nós mesmos.
Se você está lendo este texto em estado de vítima, agradeça...

Sei que nos veremos
Beijo na alma



Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa