auravide auravide

Você sabe reequilibrar sua energia? - Parte 1


A ENERGIA VITAL REALIZA CURAS E DETERMINA A HARMONIA OU A DESARMONIA EM TODAS AS ÁREAS DA VIDA. O EQUILÍBRIO DA NOSSA ENERGIA MANTÉM A SAÚDE EM QUALQUER DE NOSSAS ESTRUTURAS CORPORAIS. TUDO SE CRIA, SE MANIFESTA, SE REPRODUZ, SOBREVIVE, EXPRESSANDO PURA ENERGIA!

Mas o que é Energia? De onde ela vem? Como chega? Será que tais perguntas apresentam alguma lógica absoluta em serem feitas? Se avaliarmos o assunto em busca da compreensão essencial da realidade da vida, compreenderemos com simplicidade que TUDO o que existe É energia! Tudo o que vive, em todos os reinos de nosso planeta, em todas as infinitas formas manifestadas próximas ou distantes a nós mesmos, em qualquer ponto do universo Cósmico, é energia, vibra freqüência de energia, e expressa as polaridades da energia. T U D O!

A vida é Divinamente fantástica quando a percebemos e a sentimos por este caminho! Compreender a Energia é uma das possibilidades mais fascinantes que existem ao nosso alcance quando nos percebemos como seres indo à busca de nossa própria evolução. Sentir a força cósmica, perceber a energia aflorando de nosso ser e sendo recebida e absorvida “de” e “por” outros seres numa troca reconfortante, é maravilhoso... Trocamos Energia! Através de nossos corpos, coordenada por nossas mentes, nascida dos espíritos que somos. Energia de Poder Supremo. Herdada, em primeira instância, d’Aquele que tudo manifesta. Nutrida, em natural seqüência, por nós - Mentes ainda “crianças”. Libertando-nos, e a cada outro, pela força do Poder de nossos Espíritos - sementes Divinas da perfeição Maior – no exercício pleno do reconhecimento e equilíbrio da própria energia!

É tão simples perceber, reconhecer, compreender, valorizar, nutrir e cuidar desta Energia que Somos para se tornar possível utilizá-la e aplicá-la em nossas vidas e nas daquelas pessoas a quem amamos. É fácil usufruir os seus poderes mais profundos. Para isso, nos basta tomar consciência de nós mesmos.

Através de nossa capacidade criativa e criadora, através de nossos sentimentos e pensamentos, através de nossas mãos, de nossas peles, em livre expressão, estamos sempre doando e recebendo Pura Energia, mesmo estando inconscientes disso! É assim que subimos degraus evolucionais e cumprimos algumas leis cósmicas que regem, especialmente, a nossa evolução espiritual, mental e física.

Temos poderes em nossas mãos, em nossas mentes, em nossos seres. Poderes transformadores, transmutadores, harmonizadores e curativos. Podemos nos sintonizar com a Energia Vital e nos manter, assim, em conexão com a Essência Criadora que domina incondicionalmente os mistérios do Universo.

Nossos corpos são canais transmissores de energia. Somos capazes de aplicar nossos poderes para melhorar a vida. As nossas próprias vidas e, também, as de outras pessoas. Podemos acalmar os corações, harmonizar as mentes, aliviar as dores, curar as doenças, eliminar os desequilíbrios, despertar os homens para a Luz! Tudo isso, simplesmente, por sermos capazes de experimentar, vivenciar, aplicar, desenvolver, absorver e retribuir AMOR. Essa é a força maior que qualifica a energia e lhe define o grau de poder curativo. O Amor harmoniza e liberta ao mesmo tempo em que quantifica a nossa capacidade individual em realizar esses momentos de milagres essenciais em nosso cotidiano.

Como é bom e nos faz felizes presenciar que mais e mais mentes vêm se abrindo à conscientização desses poderes essenciais. Quantas pesquisas, hoje, buscam respostas para as perguntas ou enigmas que envolvem a realidade da Vida como a mais Pura Expressão de Energia!

Como é bom observar a gradativa tomada de consciência a qual os homens impõem o tempo e o espaço, mas que, inevitavelmente, mais cedo ou mais tarde irá aflorar no coração, na mente e nas ações e nas buscas de todos! É lindo comprovar que, cada vez mais e mais pessoas estão recebendo informações preciosas que lhes permitem abrir os corações, quebrar os preconceitos e reconhecer a mesma essência da Única Vida em tudo e em todos.

Queremos ressaltar a seguir, algo que ainda presenciamos em gestos, atitudes ou atos, pedindo um alerta às consciências que buscam a evolução espiritual e se encontram mais lúcidas e conscientes da razão de ser de suas vidas.

Estava em meio a uma sessão de atendimento com uma pessoa para mim muito querida. Observei em sua expressão uma reação que considerei desnecessária e procurei avaliar a mesma junto a ela. Enquanto comentávamos sobre os estágios das diversas sendas a serem vencidas e os caminhos necessários para vencê-las, observamos e passamos a comentar que esses caminhos, felizmente, vêm sendo percorridos por mais pessoas, muitas já bastante próximas a canais de poderosa influência. Essas, sem dúvida e por essa razão, podem não somente estimular a curiosidade de inúmeras pessoas como, efetivamente, intencioná-las a conhecer mais, ajudá-las em muito, e a muitos, na aceitação e compreensão dessa realidade mais essencial da vida. São pessoas expondo as comprovações das infinitas possibilidades energéticas como agentes curativos, harmonizadores, geradores de equilíbrio... Pessoas sérias, que se destacam em respeitáveis patamares, como os de algumas das grandes universidades de nosso país, em áreas que objetivam, também, a melhoria da vida através da medicina, da psicologia, enfim.

O que falei em ressaltar é que, em nossa conversa, numa tentativa disfarçada de demonstrar superioridade ou numa postura de orgulho contido ou vaidade cuidadosamente abafada, por já se entender sabedora ou com domínio sobre essas verdades essenciais, essa pessoa tão querida, num julgamento aperceptivo, considerou-se à frente, vendo aos outros como “novatos”, como atrasados no processo, como se estivessem “descobrindo a pólvora” somente agora e como se ela já soubesse disso há tanto tempo... É com muito carinho que me lembro de suas palavras, enquanto observava, em alguns momentos, até mesmo uma certa prepotência em sua expressão.

Mas, naquele momento, pensei, repensei, percebi o quanto é fácil compreender sua reação até mesmo como defesa por estar há tanto tempo - o mesmo de sua dedicação ao crescimento interior, suportando críticas e enfrentando a desaprovação de suas escolhas e buscas pelas pessoas que ama, que lhe são queridas, amigos, familiares... São tantas as histórias que se repetem nesse sentido... É compreensível tal sentimento. Mas, exige muitos cuidados. Quantos de nós não nos perdemos nessas nuvens de superioridade? Pois, não satisfaz pressentir-se a “vingança” pela inferioridade a que se tem sido exposto? Claro que não podemos nos permitir isso! O melhor é enfrentar tais conflitos com o coração aberto ao perdão a si mesmo e aos outros!
Não é esta é uma postura reativa de melhor apoio a uma satisfação interior em observar os momentos significativos de evolução dos grupos, dos povos, das raças?Afinal, não é fantástico já estar existindo um princípio de divulgação das verdades essenciais? Se, temos a certeza de que a energia que equilibra o corpo e harmoniza a mente vem, sim, do Universo em seu princípio, meio e fim, não é maravilhoso que muitos de nós, seres humanos, possamos saber cada vez mais disso e nos aprofundar em reconhecer mais e mais o assunto e suas formas de aplicação em busca de ampliar e utilizar todos os benefícios intrínsecos à própria vida? É certo que está dentro de nós mesmos o remédio para tudo o que nos atinge em todos os patamares de nossa realidade. Entretanto, não somos todos um? E se, assim o somos, não se torna importante o fato de todos crescerem e melhorarem e se aprofundarem já que, se qualquer indivíduo estiver mal, atrasado, retardado em seu processo evolucional, se sou um com ele, através dele, eu também não vou estar assim?
Somos UM ou não? E, em quantos de nossos caminhos, em nossos momentos, não fazemos a mesma coisa? Não agimos assim? Não esperamos o momento de nos sentirmos melhores por ter chegado primeiro? Será que as verdades essenciais admitem competições ou sentimentos de competitividade?

Senti que deveria tocar nesse assunto como um alerta às nossas almas. Precisamos controlar as reações egóicas, verdadeiramente. E isso, por uma razão muito simples. Em nosso último artigo, no qual abordamos as instituições sob o prisma da espiritualidade competente, afirmamos que a característica vibracional de uma pessoa ou de um grupo é o fator mais contagiante e criador da realidade a ser vivenciada ali. Isso quer dizer, em poucas palavras, que um grupo capaz de amar, compreender, apoiar e se satisfazer com a evolução e o crescimento alheio, irá contagiar outras pessoas, outros grupos, todas as instituições planetárias, enfim, com a mesma expressão freqüencial. Um grupo ou um indivíduo que alimenta as vaidades, o orgulho, que se sobrepõe com superioridade aos outros, se regozija com a derrota alheia, esconde informações, nega descobertas, enfim, não se doa incondicionalmente, mantém pessoas doentes e que contaminam outras pessoas, outros grupos ou a própria instituição com essas mesmas inadequações.

E, se for lembrado o trecho onde se explica que as características inadequadas e de baixa freqüência acabam por comprometer cada pessoa em sua realidade espiritual, mental, emocional, intelectual ou, por fim, física, ocasionando as inúmeras doenças, imagine onde poderemos chegar e como estaremos, cada vez mais, criando dificuldades na aquisição de nosso próprio Equilíbrio Energético.

Urge mudar! É preciso melhorar, crescer, expandir amor para que seja possível purificar os corações dos homens, harmonizar suas expressões, adequar suas vibrações, proteger e unir suas famílias, desenvolver as sociedades que estruturam e integrar as raças em que nascem, equilibrando o planeta do qual dependem para sua própria sobrevivência. É importante afinar os sons dos indivíduos e os sons das instituições em que esses indivíduos se integram! A vida precisa dessa continuidade evolucional em harmonia! Essa adequação ocorre, unicamente, pelo equilíbrio energético dos seres e esse equilíbrio é um fator basal ao exercício da competência espiritual em cada um e entre todos os seres.

Existem técnicas efetivas para o alcance de tudo isso. Só é necessário abrir-se a reconhecê-las, rememorá-las, deixá-las florescer naturalmente de nosso sacrário interior e passar a praticá-las no dia-a-dia.

O nosso, como você já sabe, é o caminho que busca propiciar tudo isso pelo desenvolvimento do Equilíbrio Essencial. O C.R.E.C., através da Conscientização e do Reequilibro Energético Corporal transmite os conceitos que embasam as técnicas deliciosamente especiais para o alcance desse Equilíbrio. Afinal, é possível e de certa forma bastante fácil aplicar a Energia Vital em nossa realidade pessoal e relacional. É tão simples perceber, reconhecer, compreender, valorizar, nutrir e cuidar dessa Energia que Somos para se tornar possível utilizá-la e aplica-la em nossas vidas e nas daquelas pessoas a quem amamos. É fácil usufruir os seus poderes mais profundos. Para isso, basta Vontade em tomarmos consciência de nós mesmos, mantendo com esforço, em nossa continuidade, o exercício do mais amplo Amor que nos for possível, agora.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2


Isabel Romanello é Co-fundadora da Equilíbrio Essencial com
J. Ervolino Neto, que atuam como coordenadores de cursos, eventos
e como Terapeutas em atendimentos individuais e na área empresarial.
Descubra a cor de seu medo, clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa