Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Você foi vítima de abuso sexual na infância?

Você foi vítima de abuso sexual na infância?
Publicado dia 18/05/2017 12:01:51 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e como todos sabem, atendo adultos que sofreram abuso sexual na infância, e as sequelas são muitas. Nem sempre as pessoas relacionam suas dificuldades na vida adulta com os abusos sofridos na infância, o que dificulta a busca por ajuda profissional pelos adultos que sofreram abuso quando criança, mas todos os tipos de abuso infantil (físico, psicológico e/ou sexual) podem resultar em traumas psicológicos e doenças na vida adulta.

Uma dúvida muito comum é como o profissional avalia as sequelas de quem sofreu algum tipo de abuso. Para avaliar o grau do dano, considera-se os sintomas físicos e emocionais, como os fatores citados abaixo.

Fatores que determinam as consequências do abuso sexual:
– A idade da criança no início do abuso sexual: quanto mais nova, maior é o dano;
– Duração do abuso: algumas evidências sugerem que maior duração produz consequências mais negativas;
– O grau de violência: uso de força pelo abusador resulta em consequências mais negativas tanto a curto como a longo prazo;
– A diferença de idade entre a pessoa que cometeu o abuso e a vítima: quanto maior a diferença, mais grave são as consequências;
– A importância da relação entre abusador e vítima: quanto maior a proximidade e intimidade, piores as consequências;
– A ausência de figuras parentais protetoras e de apoio: o dano psicológico é agravado;
– O grau de segredo e de ameaças contra a criança: quanto mais tempo demorar para contar, mais tempo levará para receber ajuda;
– Omissão por parte dos pais: infelizmente há muitos casos de mães omissas: fingem não ver o que seus maridos ou companheiros praticam com seus (suas) filhos(as), colaborando ainda mais para a configuração do trauma psíquico;
– Medo de contar e não acreditarem: pode levar a reprimir e esquecer, mas o corpo irá registrar e posteriormente, lembrar.
 Se você passou por algum tipo de abuso quando criança ou adolescente, rompa com o silêncio que tanto faz sofrer, e busque um profissional qualificado.

Veja mais sobre Abuso Infantil no meu site.

Assista o vídeo abaixo sobre o assunto.



por Rosemeire Zago

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


starstarstar
O artigo recebeu 249 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
Rosemeire Zago é psicóloga clínica CRP 06/36.933-0, com abordagem junguiana e especialização em Psicossomática. Estudiosa de Alice Miller e Jung, aprofundou-se no ensaio: `A Psicologia do Arquétipo da Criança Interior´ – 1940.
A base de seu trabalho no atendimento individual de adultos é o resgate da autoestima e amor-próprio, com experiência no processo de reencontrar e cuidar da criança que foi vítima de abuso físico, psicológico e/ou sexual, e ainda hoje contamina a vida do adulto com suas dores.
Visite seu Site e minha Fan page no Facebook.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II




horoscopo

auravide auravide

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa