auravide auravide

A Numerologia de 2006


O novo ano se aproxima e uma certa expectativa já começa a excitar nossos corações. A esperança se renova e começamos a listar novas metas com a certeza interior de que as alcançaremos. Momento de profunda reflexão para alguns e de correria para outros, envolvidos com a organização das festas natalinas e programação de viagens de férias .

Às vezes temos até a tentação de fugir das reflexões, escondendo-nos nas desculpas do corre-corre. Mas, depois da interiorização de 2005 - que nos fez enxergar as verdades - é mais difícil a fuga e, com mais coragem, vamos olhar para 2006.

2006: sintam os números! Vejam como são arredondados, até mesmo gordinhos, simpáticos... mas não nos enganemos... Sintam a força que se manifesta no nº 2 pelo Poder Feminino: já nos solicita a troca, a ver o outro, a lidar com diplomacia e paciência – nos chama o Poder Diplomático.

O nº 6 pede que caminhemos com o coração, momento de decidir e agir seguindo os nossos sentimentos, não as nossas emoções, atraindo uma paz interior. Decidir pelo coração e usar a mente para colocarmos em ação nossas escolhas. Mente a serviço do coração.

Seremos regidos pelo Arcano XX, “O Julgamento”, e o Arcano VI, “Os Amantes” – lembrando que devemos fazer escolhas com discernimento para agir com Justiça (Arcano VIII), que será o mais forte e potente neste novo ano.

O ano 2006 será, portanto, regido pelo nº 8 e pelo Arcano VIII da Justiça o que nos indica que a doçura do 2 e do 6 é a maneira como devemos enfrentar a potência e exigência do 8.

O 8 é o número de poder, abundância, prosperidade, exigindo coragem, força, direção e ação para aproveitarmos as oportunidades de realização e crescimento. Momento de morte e renascimento, transformações, onde disciplina, organização e objetividade serão necessárias para mantermos o equilíbrio físico, emocional, mental e espiritual.

Este ano 8 nos impulsiona a colocar nossas energias no trabalho, conquistas materiais, realizações financeiras e profissionais.

Como o 2 e o 6 estão presentes não podemos esquecer de unir a busca material com a procura pelo convívio familiar, dando atenção aos relacionamentos e à participação em grupos. A união do 8 com o Arcano da Justiça indica que colheremos o que semeamos em 2005 e que seremos responsáveis por nossas escolhas e ações.

O ano 7 (2005) nos fez enxergar a Verdade. O ano 8 (2006) nos impulsiona à ação perante essa verdade e à tomada de decisões baseadas em ações responsáveis e corretas.

Este ano nos leva a tomar consciência do nosso Poder Pessoal e da capacidade de assumirmos o comando e o controle das nossas ações, o domínio do nosso ego, dando uma direção à nossa vida para assumirmos conscientemente nossos talentos e capacidades.

Neste ano seremos estimulados a buscar o equilíbrio entre os mundos material e espiritual, entre o finito e o infinito.

Deveremos desenvolver a vitalidade, a coragem, a audácia, a autoridade, criar nosso mundo material, produzir, viver o sentimento de abundância. Então, com a consciência adquirida em 2005, tomarmos decisões que nos levem a soluções verdadeiras, concretas e práticas, transformando posturas, assumindo posicionamentos para ancorar nossas estruturas de uma forma sólida, concreta.

O planeta, passando por intensos movimentos para um ajuste também físico da nossa morada, pode gerar cataclismas, ventos. Como o 8 é fogo, as transformações virão muitas vezes por esse elemento.

A vibração do 8 é da morte para o renascimento, o que nos traz uma motivação para matar o que nos é nocivo e nos prepararmos para novas aberturas.

Veremos muitas atitudes tomadas corajosamente nos governos mundiais, visando a busca das soluções necessárias para a paz no mundo. Entretanto, lutas e guerras ainda continuarão ocorrendo pela busca do Poder, gananciosamente procurado por muitos.

Lembramos que o 8 é o número perfeito, formado pelos círculos espiritual e material. Na busca desse equilíbrio muitas vezes oscilaremos entre a Luz e a Sombra, o que nos encorajará a enxergar as dificuldades internas e externas e a trabalharmos para transmutar o que for necessário.

O 8 também é o símbolo do “Como é em cima, é em baixo”. Portanto, as decisões, atitudes, posturas e posicionamentos que assumirmos no nosso “Pequeno Mundo” vão se refletir no Universo com a mesma intensidade.

Grande responsabilidade!
Muita Paz, Harmonia e Luz!
Colaboração: Elisabeth Eva Engel

Descubra seu Portal do Conhecimento em 2006


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




ingrid
Ingrid Dalila Engel é Numerologa, Psicóloga e Psicoterapeuta.
Atua em atendimentos individuais, orientação
e sinastria de casais e na área empresarial.
Visite seu Site
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa