Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A observação da respiração é uma meditação universal

Publicado dia 9/18/2000 11:54:56 AM em Oráculos

Compartilhe

   

Respirar, meditar e observar...

A respiração é um indicador do estado mental.
Quando a mente está agitada, a respiração também estará; se a mente acalma, a respiração também acalmará.
A respiração pode nos levar do campo conhecido para o desconhecido; ela é a ligação entre a verdade revelada e a irrevelada.
Quando observamos nossa respiração, descobrimos que a nossa mente e o nosso corpo estão num contínuo estado de agitação e desconforto.
A mente, por estar condicionada aos padrões dos velhos hábitos, continua a ligar-se aos pensamentos irreais do passado ou do futuro, gerando enorme quantidade de desejos, aversões e ilusões.
Com o simples ato de observar a respiração (de se esforçar para o momento presente da respiração deixando a agitação da mente), podemos sentir a diminuição da intensidade das causas dos nossos sofrimentos.
A prática desse contato com a respiração, por si só elimina as impurezas da mente. Assim, cada vez mais, vamos sentindo um alívio e nossas preocupações deixam de existir.
A esse respeito, quando aprofundamos na investigação da verdade, verificamos que essa agitação e este desconforto estão presentes nos níveis mais sutis.
A observação da respiração é uma meditação universal.
A meditação baseia-se na descoberta desta verdade. A verdade de cada momento tal como ele é realmente.
Através da meditação é possível maior compreensão e entendimento da erradicação das causas do sofrimento que estão profundamente enraizados no subconsciente, gerando dores e doenças.
A prática da meditação é uma arte de viver pacífica e harmoniosamente, em primeiro lugar individualmente e depois, com os outros.
Cada pessoa deve substituir a fé cega, a ilusão e a imaginação pela simples observação da verdade de cada momento, tal como ela é, trabalhando assim sua evolução, tornando-se conscientes de todas as causas e consequentemente de todos os efeitos.
As reações cegas ocorrem por estarmos tremendamente apegados a nossa imagem e ao nosso ego. Continuamente tentamos estabelecer nossa imagem na mente dos outros. Nossa imagem, nossos sonhos e o apego por eles é que geram o sofrimento.
Através do esforço constante na meditação poderemos finalmente chegar a raiz de nossos problemas, libertando-nos deles. A observação da causa leva-nos a sua erradicação.
Ao meditar, procure observar sem reação; deixe a manifestação espontânea desenvolver o equilíbrio mental, cessando o sofrimento.
Se você for dominado por alguma emoção muito forte ou sentir dores no corpo, tente apenas observá-las. Permita a manifestação de acordo com as leis da natureza. Assim como surgiram elas desaparecerão como as tempestades; apenas observe com paciência e serenidade.
O que existe é um fluxo constante de fenômeno impessoal.
Ao compreendermos profundamente dentro de nós mesmos como o sofrimento é gerado, compreenderemos também como podemos eliminá-lo, através da sabedoria e da observação, sem criar reatividade, apenas observar, observar e observar...

Exercício: sente, sinta-se confortável, feche os olhos e tente observar sua respiração, vá relaxando as partes do corpo que estiverem tensas, apenas observando a respiração, quando vierem os pensamentos e você esquecer da respiração. Não se preocupe ela é instintiva e você não vai morrer, apenas volte a observar a respiração calma e serenamente.


por Vilma Ruho

Consulte agora
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Sobre o autor
Vilma Ruho é comunicadora, pratica diariamente meditações ativas
e faz atendimento de Tarô e de Astrologia.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor







Energia do Dia
Diplomacia. É um dia para assimilar as experiências do passado dando tempo para que cresçam lentamente, Use a diplomacia, seja paciente, discreto e receptivo às idéias alheias.
Faça sua numerologia

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa