auravide auravide

Como dar maior atenção aos seus sonhos

por Luís Vasconcellos
Publicado dia 16/06/2000 12:51:57 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Bem... Primeiro é preciso ficar disponível, sem tensões, sem forçar a barra, sem querer ganhar ou perder; apenas permitindo uma abertura aos significados que o Inconsciente possa apresentar em seus sonhos. A ponte entre estas duas dimensões de nós mesmos é um estado intermediário que precisa ser exercitado e o fazemos especialmente quando aprendemos a dar significado e sentido às peripécias e cenas vividas em nossos sonhos, aceitando-as como manifestação espontânea do Inconsciente, admitindo-as como autônomas e independentes da atividade consciente e, principalmente quando aprendemos a compreender o sentido e o funcionamento peculiar deste reino: o Inconsciente.
Do que você precisa:

1° - Treinar para permanecer algum tempo a mais no estado intermediário entre o sono e a vigília. Isto se consegue ficando relaxado, porém sem adormecer, observando sem interferir em nada, imagens, memórias, o livre fluir dos pensamentos e sentimentos enquanto ainda acordado. Esta pode se tornar uma atividade bastante prazerosa. Com o tempo e a insistência você consegue permanecer no estado intermediário entre a vigília e o sono durante períodos progressivamente maiores. O descanso e o repouso assim obtidos equiparam-se aos advindos do sono propriamente dito, porém com maior participação do campo consciente.

2° - Este treino também se estende ao período em que passamos do sono para a vigília. É conveniente que tenhamos alguns minutos para acordar mais lentamente e atravessar a ponte entre os dois estados de consciência o mais lentamente possível. Isto, com o tempo, vai disponibilizar os sonhos ocorridos no período final do sono, mais fáceis de recordar em um primeiro momento. Obviamente é desaconselhável um despertador do tipo "martelada na bigorna"...

3° - Depois de desperto, mesmo enquanto você já se ocupa dos hábitos de higiene, de vestir; ou ainda, enquanto se alimenta procure fazer associações entre as peripécias ocorridas nos seus sonhos e a sua vida consciente.

Já sabendo que os significados dos sonhos sempre tem uma (maior ou menor) correspondência com a vida diária, a sua tarefa é descobrir qual(is) possam ser estas conexões. Prepare-se para se ver surpreendido com significados e analogias que lhe escapariam anteriormente. Vá exercitando um relaxamento do seu julgamento e ficando, cada vez mais, aberto ao sentido que o próprio sonho quer dar. Deixe de lado o seu ponto-de-vista e dê abertura ao "ponto-de-vista" do sonho, como podendo ser diferente do seu e também surpreendente. Falando assim parece muito simples, contudo é difícil relaxar nossos controles, medos, apegos, desejos e expectativas conscientes a ponto de nos mostrarmos realmente disponíveis, aceitando a existência real de mais de uma dimensão dentro de nós. E mais ainda quando ainda desconhecemos o quanto este comportamento pode acrescentar às nossas vidas.



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
luis
Luís Vasconcellos é Psicólogo e atende
em seu consultório em São Paulo.


Email: luisvasconcellos@hotmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Pontes Imagináveis
artigo Auto avaliação
artigo Recado espiritual de um Amparador Budista
artigo O que significa viver no presente?


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa