Home > Psicologia
Como é o emocional dos Narcisistas Perversos?

Como é o emocional dos Narcisistas Perversos?

por Silvia Malamud

Tanto na perversão, como no narcisismo patológico, o outro é usado como se fosse um objeto.
No intuito de conquistarem suas vítimas, logo de início, mostram-se totalmente compatíveis somando-se a todos os sonhos de suas futuras presas, até fica parecendo que a pessoa ideal chegou. Se a vítima não tem autoconfiança, ele mostra que ela é o máximo; se ela sugere que é insegura, ele faz questão de demonstrar as capacidades dela. Todas as aspirações, gostos e desejos de ambos são magicamente compatíveis, ao mesmo tempo em que uma aura de encantamento e sedução gradativamente vai delineando os contornos de uma cerca invisível.
Com a cerca pronta e com a vítima enredada, o lado B do abusador manifesta mais ainda a sua natureza perversa; esta é a hora onde o prazer associado à transgressão começa a aparecer.
Na busca da quebra de tudo o que pode significar valor para as vítimas, o narcisista perverso inicia suas provocações em meio a imposições indevidas, avançando rapidamente para toda sorte de insultos. Se para os parceiros os laços e a tradição familiar são algo de importante, é por este caminho que irão exercer as suas mais terríveis manipulações desestabilizando tais sentidos. O mesmo pode ocorrer em relação à religião, amigos, trabalho, vestimentas, histórico de vida etc..

Quanto aos argumentos depreciativos, estes vão correndo num crescente de desrespeito, desde "você não raciocina", "nunca faz nada direito", "sempre consegue me irritar", "esquece de tudo", "só abre a boca para falar bobagem", "cala a boca", "cadela", até que num breve espaço de tempo, um mínimo de bom senso no trato, deixa completamente de existir. Lembrando de que todo este contexto costuma acontecer nos locais onde ninguém vê.
As vítimas pouco a pouco vão se dando conta de que há algo de muito errado ocorrendo em suas vidas. Logo de início culpam a si mesmas, pensando que devem estar fazendo algo diferente do início da relação, para causar tanta fúria no parceiro. Com um pouco mais de tempo começam a se dar conta das injustiças e das ameaças de abandono, mas, na maioria das vezes, já abaladas e emocionalmente contaminadas, duvidam das próprias percepções. O abusador perverso quebra a linha lógica da realidade fazendo o famoso Gaslighting, manipulação máxima que tem o poder de drasticamente inverter verdades, culpabilizando suas vítimas por qualquer infortúnio inventado por eles ou mesmo por possíveis traições que serão justificáveis ou negadas mesmo que em meio às mais descaradas evidências contrárias.

O perverso transforma as suas vítimas em brinquedos que geram prazer na medida em que ele vai destruindo as suas identidades. Podem caminhar para a violência física, mas ainda assim as convencerão de que nada foi tão grave e que elas mereciam. Em publico, embora muitas vezes a falência das forças das vitimas fica evidente, o casal costuma se apresentar de modo impecável. Quando os abusos ocorrem dos pais para com os filhos, o padrão é o mesmo.
Leva-se anos para se recuperar de abusos desta ordem. As sequelas vêm desde a negação dos fatos, transformando os ocorridos em sintomas físicos à esquecimentos, depressões e outros.

Por ser muito inteligente, o narcisista perverso sabe rapidamente com quem está lidando. A maioria de suas vítimas, em alguma medida, possuem questões relacionadas a sentimentos de rejeição, perfeccionismo e autoestima, mediante disso facilmente sentem-se culpadas quando não conseguem atingir tanto as suas próprias exigências, como as de outros. Portanto, facilmente tornam-se presas e dependentes do olhar de aprovação de um outro.

Com isso, eles vão criando desarmonias em todas as áreas da vida de suas presas. Como verdadeiros vampiros de energia, alimentam-se das emoções desconfortantes de suas vítimas, desestabilizando-as sutilmente, criando climas e intrigas nos ambientes familiares, entre amigos e afins, sempre alavancando emoções como medo, rejeição, mágoas, ansiedade, raiva e profunda tristeza. Fazem o que for necessário para convencerem as suas vítimas de que eles são superiores, mostrando que tudo o que é menos e ruim, esta com os outros.
Afinal, o que acontece com o emocional profundo do narcisista perverso para que ele aja deste modo?

O Narcisista perverso possui uma má imagem de si mesmo que lhe é insuportável, inadmissível e impensável. Se ele fosse entrar em contato com este aspecto terrível, na certa, enlouqueceria. Portanto, todo este conteúdo que não suporta em si mesmo é projetado para fora, ou seja, num outro. Como o seu psiquismo não deu conta de ter um amadurecimento saudável, para ele, o mundo ainda está fragmentado e não unificado. Isso significa que ele ficou perdido no tempo em que não diferenciava a sua própria mão, como extensão do seu corpo, não sabia o que era um pedaço de si mesmo, o que era um objeto e o que era uma pessoa fora dele. Não soube se as imagens das pessoas eram pedaços dele, ou se eram outras individualidades. Não chegou nesse tipo de amadurecimento psicológico. Nessa patologia, embora a pessoa cresça, em algum nível ainda, o eu total não fica claramente dividido entre si mesmo e o outro e não existe a menor consciência desse fato. Ainda em sua precária evolução emocional, como um mecanismo de sobrevivência, inconscientemente escolhe ficar com os bons aspectos, exilando para fora e nos outros, tudo o que possa lhe parecer mau e que ele necessita destruir por medo de que estes pedaços possam ameaça-lo de fazer parte do si mesmo, aniquilando-o. O lema é este: destruir para não ser destruído. O paradoxo, porém, reside no fato de que de modo totalmente inconsciente, ele próprio, ao projetar o mal no outro, fica sendo o grande vilão e o verdadeiro mal da história e sem a menor condição de reconhecer este fato.
A fúria em nome da sobrevivência do psiquismo é tão forte, que um crescente de ataques e invalidações podem levar as vítimas a extremos de desespero e, por fim, ao suicídio.

As raízes deste mal estão na educação não adequada, no desamparo e nos traumas de violência, muitas vezes sofridos na infância. Este tipo de adoecimento, porém, não se fecha com este diagnóstico; muitos pesquisadores da atualidade entendem que as causas também podem ser genéticas.
De qualquer modo, para as possíveis vítimas, fica o alerta para reconhecerem se de fato estão enredadas nesta terrível trama, a sinalização para pedirem ajuda quando necessário e para que, definitivamente, possam se libertar de relacionamentos abusivos. Afinal, ninguém merece.

Quanto mais despertos, melhor!

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 7
Atualizado em 26/10/2019 22:42:18

Silvia Malamud é colaboradora do Site desde 2000. Psicóloga Clínica, Terapias Breves, Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e Terapeuta em Brainspotting - David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem direta a memórias do inconsciente.
Tel. (11) 99938.3142 - deixar recado.
Autora dos Livros: Sequestradores de almas - Guia de Sobrevivência e Projeto Secreto Universos
Visite seu Site
Email: malamud.silvia@gmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Catorze toques conscienciais
A Química do Sofrimento da Alma
O ressentimento é um veneno
Mercúrio Retrógrado em Escorpião
Transtorno bipolar
Você é a própria Graça


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
terça-feira, 12 de novembro de 2019

energia
I-Ching: 22 – PI – BELEZA
Dia favorável para relaxar e contemplar o belo. A beleza estética do mundo proporciona harmonia e alegra a vida.


energia
Runas: Hagalaz
Tranqüilize-se seus obstáculos são temporários.


12
Numerologia: Descontração
Dia propicio ao bom humor, ao lazer e a sociabilidade. Se tem que trabalhar, então ache um modo de fazê-lo de forma prazeirosa. Espalhe alegria à sua volta, a felicidade é contagiante e o sorriso abre portas.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa