Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Dois mundos que se alternam: Consciência de vigília e Inconsciência durante sono

Publicado dia 6/16/2000 12:50:13 PM em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O Sonho é um produto da nossa psique. Ele tem origem em uma zona que podemos apelidar de "Além do ego" e, a grosso modo, de Inconsciente.
Somos portanto, no mínimo, duplos. Em uma analogia podemos dizer que ao Ego Consciente caberia o poder executivo, ou seja, EXERCER o comando das ações no mundo, enquanto que AS DEMAIS PARTES "deliberariam" - como em um congresso - sobre o sentido e a finalidade de nossas ações e metas, informando o consciente sobre suas decisões.
De maneira análoga ao modo como agimos conscientemente objetivando desejos, interesses ou necessidades e aprendemos a concentrar nossos pensamentos em finalidades específicas... de mesmo modo, em nosso corpo, outras funções e sistemas DIRIGEM, EQUILIBRAM e CONTROLAM nossas funções vitais, sem que tenhamos qualquer participação consciente ou ação pessoal sobre isso ( Essa analogia ajuda muito a entender a autonomia da ação do Inconsciente face aos mecanismos e controles do Consciente ). Ninguém precisa ficar pensando em respirar, por exemplo, ou ficar lembrando ao coração que ele não pode parar de bater.
O S. N. Simpático está para nosso estado de vigília assim como o S. N. Para-simpático está para nosso estado de sono. Há uma fronteira bem clara entre eles, - Para alguns de nós clara demais -, e a atravessamos quando estamos passando da vigília para o sono e depois a atravessamos de novo quando voltamos do sono pra a vigília.. Dois mundos e uma ponte entre eles. Dois universos e uma ligação entre eles: . Não é à toa que muitos de nós sofrem para atravessa-la e esta transição pode estar marcada por vertigens, medo, resistência, conflito etc. Distúrbios do sono são freqüentes nesta passagem.
Remédios soníferos empurram a pessoa para o abismo, por assim dizer... e a induzem ao sono imediatamente. Normalmente nenhum de nós precisa de nada disso para entrar no sono, pois a transição ocorre naturalmente dependendo unicamente da existência de necessidade e de oportunidade.
Não é à toa que muitos de nós sofrem bastante para atravessa-la e esta transição pode estar marcada por vertigens, medo, resistência, conflito etc. Remédios soníferos empurram a pessoa para o abismo, por assim dizer... e a induzem ao sono imediatamente.


por Luís Vasconcellos


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Consulte grátis

Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Sobre o autor
Luís Vasconcellos é Psicólogo e atende
em seu consultório em São Paulo.


Email: luisvasconcellos@hotmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Vencendo os problemas
Quando vai haver algo de realmente novo em você?



Continue lendo
Efeito luz, efeito sombra
Energias negativas não entram nas pessoas por acaso
Ano novo, vida nova?
Destruindo a felicidade!

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa