Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

EDUARDO e MÔNICA 2 - O telefonema [Ciúme e insegurança]

Publicado dia 17/08/2000 18:31:25 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Mônica chega da ginástica e ouve o telefone tocar. Quando ela atende:
- Puxa, toquei aí mais de mil vezes e ninguém atendeu...
Onde você estava?"
- Duda você sabe que tenho aula na ginástica.
Demorei porque fiquei de papo com a Sônia na saída.
- Demorou mesmo muito! Vi a Sônia outro dia na porta da academia,
ela estava com uma roupa super sexi,
de papo com um cara todo musculoso, com cara de professor...

- Você bem que gostou, né ?! Eu é que tenho que usar roupa larga e camiseta amarrada na cintura.
Você deve ter visto o Rico...

- Já tá assim, é?!.... chamando pelo apelido. Eles pareciam estar num papinho bem animado!

Mônica, percebendo que o telefone não foi casual e imaginando o que se passa na cabeça do marido:
- Pronto, você já começou...
- e, de propósito alfinetou: -
Ela sofreu muito na mão do Damásio, que era um cara muito ciumento.
Ela e o Rico estão saindo juntos há meses.
O Rico é legal, esclarecido, trata ela super bem, é carinhoso...
Ela tem sorte de achar um homem assim!

_ Puxa, você está muitissimo bem informada sobre esse cara, não?!
É sobre homens que vocês ficam falando?
O que mais que o cara tem de interessante?
Ele sai bastante com ela, ele compra presentes pra ela todo dia?
O que mais ? Qual é o número de sapato que ele usa?
Outro dia você não sabia o meu número...

_ Duda, você está mais interessado nele do que eu!
_ Foi o Damásio largar ela livre, leve e solta e olha aí no que deu:
Ela mal largou do marido e já se atrelou em outro. Fácil demais, não?!
Ela já devia estar de rolo com esse professor antes!

_ Foi o Damásio que largou mão dela... e já tinha outra mulher meses antes...
Você continua muito imaginativo, como sempre... O que você quer saber?
Se eu estou fazendo a mesma coisa ? Você ligou aqui a esta hora pra isso, pra me vigiar?

Eduardo pensando: Sempre ligo nestas horas incertas. Será que ela percebeu?
- Nãããão ! Liguei pra saber se está tudo bem.
- Ah, tá ! - e irônica, perguntou: - Então por que o repentino interesse na vida amorosa da Sônia?
- Tá bom, então vamos esquecer o assunto. Não está mais aqui quem perguntou.
Qualquer coisa ligue pra mim. Um beijão!
- Pode deixar... pra você dizer que está trabalhando e não tem tempo pra ficar de papo.
Ou pra saber que você foi visitar um cliente, tipo sete horas da noite de sexta,
me deixando esperando aqui e ainda chegar cheio de história e o maior bafo de cerveja...
- Pergunta pro Walter se não foi verdade !
O cliente trabalha com cervejas de todo o Brasil e serviu algumas pra gente.

- O Walter é seu comparsa desde a infância ! Vocês cobrem as escapadas um do outro.
Você acha que sou boba ?! Acha que sou uma morta viva, né ?!
- Olha, isso é mesmo papo pra outra hora.
- Viu ?! Você sempre escapa na "hora H". - e vendo que seria inutil continuar o assunto: -
Bom, Duda, agora também tenho que trabalhar no meu projeto.
- Tchau Mô, nos vemos à noite. Beijos!

Ela apenas desligou.
Daí Eduardo colocou o fone no gancho
e ficou pensando o que aquelas duas ficaram futricando na saída da academia
e quem mais pode ter ficado com elas hoje
e se há outros professores jovens e musculosos por lá
e se...
e se...
e se...

Neste momento entrou Walter e e perguntou:
- E aí ? Tudo bem ? Tá preocupado com alguma coisa, tá maquinando o quê?

- Estou querendo entrar pra uma academia e cuidar um pouco mais do meu físico.
E pensou consigo mesmo: Não posso deixar o corpo perder a forma...
Bendita a hora que fui ligar hoje pra Mô. Ela sacou logo o que eu queria.
Mas é bom ligar assim de repente e mostrar que estou atento.
Afinal... nunca se sabe!

Walter emendou:
- Pra compensar esse seu saudável desejo de pureza, vamos tomar umas com as garotas hoje?

- Nem pensar ! Melhor dar um tempo!


por Luís Vasconcellos

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Leia Também

Distúrbios que levam à SEPARAÇÃO: CUMPLICIDADE NEGATIVA com o OUTRO

Distúrbios que levam à SEPARAÇÃO: 5 - CIÚME e DESCONFIANÇA


starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
luis
Luís Vasconcellos é Psicólogo e atende
em seu consultório em São Paulo.


Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II




horoscopo

auravide auravide

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa