Home > Psicologia

Falando sobre Assinaturas

por Ana Cecília Amado Sette

Falando sobre Assinaturas

A assinatura exerce sobre o homem uma influência tão grande quanto a sua própria grafia. Quanto mais rabiscos ao redor do nome, mais dificuldades, doenças e problemas são encontrados ao longo da vida de cada um. Rabiscos, letras que não tem nada a ver com o nome, voltinhas ao redor da assinatura, traços inferiores, tudo isso pode indicar dificuldades em tomar decisão, solucionar problemas, alcançar objetivos e obter projeção pessoal. Dificuldades financeiras e doenças graves são detectadas através dos riscos sobre e ao redor da assinatura. Portanto, escreva de forma limpa, clara, com traços elevados em sinal de progresso e ascensão. Deixe a sua marca, a sua presença!

Todo desenho, risco ou traço formam um símbolo. Alguns símbolos se tornam universalmente conhecidos, como é o caso da cruz de salvamento, o símbolo do nazismo, os sinais de trânsito, os símbolos químicos e tantos outros. O mesmo acontece com o desenho da assinatura que inocentemente fazemos.

Quantas vezes rabiscamos um pedaço de papel enquanto esperamos ou falamos ao telefone? Estes ingênuos rabiscos revelam o estado de espírito que não é percebido no dia-a-dia. São traços imediatamente gravados pela mente e processados de forma real, podendo atrair ou repelir objetivos pessoais. Todos os desenhos revelam segredos interiores. São sinais emitidos pela mente, revelando emoções e pressentimentos.
O mesmo acontece com a assinatura que é usada quase diariamente.

A assinatura assim como a rubrica é um conjunto de rabiscos que guardam dentro de si revelações que agem determinando ações e atraindo vibrações em nossas vidas.
O grande segredo consiste em ter uma assinatura clara, legível, correta e sem rabiscos.
Uma assinatura bem definida, com a quantidade ideal de letras e formato adequado, age sobre a mente favorecendo a conquista dos objetivos necessários para o bem estar.

SÍNDROMES GRÁFICAS

Característica (C): Atividade
Sinais na grafia (S): Inclinada à direita, progressiva, firme, rápida e semi angulosa.

C: Adaptabilidade
S: Escrita com gestos ágeis, mais ou menos ligadas, filiforme, semi-arredondada ou semi-angulosa, com grandes engenhosidade de formas e ligações.

C: Afetividade
S: Escrita grande, pressão nutrida, pastosa, ligações em guirlanda, inclinada à direita, arredondada.

C: Agressividade.
S: Barras dos “t” aceradas, como ponta de punhal, ângulos e outros finais acerados

C: Amabilidade
S: Escrita em guirlandas, arredondada, progressiva,

C: Ambição
S: Escrita rápida, ligação normal, maiúsculas grandes, pressão forte, traços verticais vigorosos, assinatura dinâmica e ascendente.

C: Ansiedade
S: Escrita hesitante, não avança, os traços são inibidos, as letras são suspensas, acentos baixos, as linhas podem cair um pouco em relação à linha de base, a escrita pode ser com pouca pressão, com pouca vitalidade ou espasmódica.

C: Assimilação
S: Escrita ligada.

C: Atividade
S: Escrita rápida, com pressão e com ângulos; inclinada à direita ou vertical, barras dos “t” com pressão e, às vezes, curtas.

C: Audácia
S: Escrita apoiada, firme e larga. Barras dos ”t” em clava ou em golpe de sabre.

C: Autoridade
S: Escrita ordenada e firme, ligada ou agrupada, de pressão regular, sem floreios ou arabescos, direção reta e inclinação vertical ou levemente inclinada à direita.

C: Bondade, generosidade
S: Letra arredondada, sem ângulos, vertical o inclinada à direita, geralmente com guirlandas e finais longos. A grafia é sempre positiva, o espaçamento é bom e a velocidade é boa.

C: Calma
S: Escrita bem proporcionada, um pouco lenta, em geral reta.

C: Combatividade
S: Ë o impulso que nos leva para a luta, para a ação, para a iniciativa. Escrita rápida, ascendente, impulsionada ou lançada, firme, centrífuga, acerada, com pontos e barras dos “t” adiantados.

C: Conciliador
S: O conciliador escreve arredondado, em guirlandas. Barras dos “t” baixas.

C: Confiabilidade
S: Ausência dos sinais de insinceridade. Assinatura legível e no mesmo estilo do texto.

C: Coragem
S: Traços firmes com boa pressão, enérgicos, feitos sem hesitação; bom ritmo. Barras dos “t” grandes, bem traçadas, altas, mas sem agressividade. A escrita é geralmente larga e ascendente.

C: Critica, espírito crítico
S: Escrita pequena, acerada, seca e simplificada. Sóbria, ordenada, espaços entre as palavras bem marcados e grandes, semi-angulosa, pausada.

C: Criatividade
S: Escrita com presença de traços originais, volutas e boa pressão

C: Decisão
S: Escrita rápida, progressiva, firme e semi-angulosa.

C: Desconfiança
S: Escrita estreita, no final das linhas e na assinatura finais terminando com um traço horizontal firme ou ausência de traços finais. Margem esquerda estreitando-se.

C: Diplomacia
S: Escrita filiforme e “o” bem fechados. Rápida, gladiolada e geralmente com guirlandas.

C: Discrição
S: Ovais bem fechadas. Linhas retas.

C: Egoísmo
D: Escrita regressiva, em guirlandas, pequena, apertada, angulosa, margens muito aproveitadas, maiúsculas isoladas, arpões, laçadas estreitas.

C: Eficiência
S: Omissão de traços iniciais, corte dos "t" à direita, grafia clara e rápida.

C: Empatia
S: Escrita arredondada e gladiolada.

C: Entusiasmo
S: Gestos amplos, que vão aumentando, maiúsculas grandes, muita pontuação, linhas ascendentes.

C: Espírito de contradição
S: Escrita lançada, acerada, angulosa, desordenada, barras dos ”t”, finais e traços da zona inferior em diagonal com a linha de base.

C: Espiritualidade
S: Hastes elevadas, pouca pressão, tamanho médio ou pequeno.

C: Estabilidade
S: Escrita regular, velocidade normal ou um pouco lenta. Escrita muitas vezes reta.

C: Flexibilidade
S: Escrita arredondada, linhas sinuosas, letras de tamanho desigual e barras dos “t” na metade da haste.

C: Hipocondria
Escrita regressiva, ligeira, com laçadas curtas, descendente, lenta, redonda ou arredondada, em guirlandas, com mais ou menos sinais de ordem.

C: Impaciência
S: Escrita rápida, precipitada, desigual, filiforme, com freqüente falta de sinais e acentos. Letras incompletas ou mal acabadas.

C: Inconstância
S: Tamanho desigual, pouca pressão, falta de firmeza, ligação filiforme, alinhamento sinuoso.

C: Indecisão
S: Escrita lenta, pressão leve, inclinada à esquerda. Barras dos “t” desiguais e à esquerda. Finais curtos.

C: Independência
S: Escrita espaçada, vertical ou levemente inclinada à direita. Bom ritmo, decidida, sem traços à esquerda, com letras abreviadas e o “d” costuma ter a haste inclinada para a direita.

C: Indiscrição
S: Os traços extremamente deitados e as ovais costumam ser bem abertas, na parte superior.

C: Inferioridade
S: É necessário fazer a análise de todo o texto. Alguns sinais indicativos são: letra ”i” muito pequena, tamanho da escrita muito pequena, maiúsculas muito grandes. Pode ter a assinatura grifada.

C: Influenciabilidade
S: Escrita irregular, pressão leve, guirlandas.

C: Ingenuidade
S: Escrita grande com traços amplos, o tamanho aumenta no final das palavras.

C: Insegurança
S: Escrita pequena, vacilante, desigual nas ligações e dimensões, sinuosa, descendente e com os acentos colocados tanto à direita coma à esquerda.

C: Inibição
S: Escrita pequena, vertical ou inclinada à esquerda. Podem aparecer finais regressivos. Letra estreita e apertada.

C: Iniciativa
S: Escrita firme, com sinais de atividade, decisão e eficiência. Limpa, ascendente, progressiva, ordenada, margens alargando-se, barras dos ”t” avançadas e pontuação adiantada.

C: Instabilidade
S: Escrita sinuosa, rápida e com freqüentes inibições. Sinais de pontuação variáveis. Desigualdades nas margens, espaçamentos entre palavras e entre linhas etc.

C: Irritabilidade
S: Traços iniciais começando abaixo da linha de base. Escrita irregular, principalmente no ritmo e na pressão. Ligações angulosas.

C: Maldade
S: Escrita desarmônica, com traços em maça, barra da letra “t” pontiaguda ou triangular. Pressão forte, vertical ou invertida, regressiva, angulosa.

C: Mando e liderança
S: Escrita firme, rápida, ordenada, clara, ligeiramente desigual, inclinada, com a margem direita bem organizada e pontuação precisa.

C: Medo
S: A letra é do tipo inibida, cheia de hesitações, que prejudicam o ritmo. Sem pressão, com grafia pequena e estreita. São freqüentes os traços para a esquerda e a assinatura é pequena e tendendo a ter um círculo em volta. Desligada, cuidada, ordenada, sinuosa.

C: Mentira
S: Escrita regressiva, sinuosa, serpentina, branda, torcida, confusa, desordenada, mal proporcionada, em bucle, com mistura de arcos e guirlandas aneladas. Palavras gladioladas, inacabadas, às vezes faltando letras etc.

C: Obediência
S: Escrita arredondada, barras dos “t” baixas.

C: Otimismo
S: Escrita ascendente, progressiva, arredondada, inclinada e aberta.

C: Paciência
S: Escrita de tamanho normal ou pequeno, sem ângulos, de largura e velocidade normais, com margem esquerda regular, sem sinais de agressividade.

C: Perseverança
S: Escrita clara, regular, angulosa, constante, firme, retilínea, sem exageros, pausada e com pontuação precisa.

C: Puritanismo
S: Escrita angular, sóbria, rígida, caligráfica, regressiva, apertada, laçadas predominantes

C: Preguiça
S: Escrita frouxa, branda, descendente, empastada, desordenada, com pontuação pouco precisa ou ausente. Barras dos “t” mal colocadas ou ausentes.

C: Sinceridade
S: Escrita espontânea, limpa e sem exageros. Legível, sem traços à esquerda, sem ovais abertas à esquerda ou embaixo, assinatura legível e igual ao texto.

C: Susceptibilidade
S: Escrita ligeira, soerguida, apertada, pontuda, angulosa ou com ângulos nas maiúsculas e traços finais. Maiúsculas altas e estreitas, com traços iniciais e finais regressivos.

C: Submissão
S: Escrita branda, descendente, frouxa, redonda, com laçadas ornadas e barras dos “t” muito baixas. Pouca pressão; a forma pode se aproximar da caligráfica.

C: Tagarelice
S: Escrita arredondada e rápida, às vezes grande e geralmente inclinadas à direita. Finais longos e sem pressão. Também pode ser uma escrita sem margens.

C: Timidez
S: Escrita pequena e lenta. Finais leves e curtos, maiúsculas estreitas e barras dos “t” à esquerda e hastes com pouca pressão.

C: Tolerância
S: Escrita em guirlandas, arredondadas, com as barras dos “t” bem proporcionada, um pouco lenta, em geral reta.

C: Vaidade
S: Escrita arredondada e nunca pequena. Maiúsculas elevadas e com enrolamentos.

C: Vivacidade
S: Escrita rápida, com ângulos e boa pressão.

C: Vontade
S: Regularidade, alto nível de ligação, barras dos “t” bem centradas e curtas.


Leia Também:

  Grafologia: Assinaturas - a auto-imagem

  Grafoterapia



Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Ana Cecília Amado Sette é especialista em Grafologia, com mais de trinta anos de experiência em aplicação da Análise Grafológica, com ênfase em Seleção de Pessoal.
Atende pessoas e empresas em São Paulo.
Conheça os auto-testes de Grafologia
Email: anacecilia@amadosette.com.br
Visite o Site do Autor
Publicado em: 03/02/2003 13:43:31

Veja também
A conquista da plenitude
Existem várias astrologias?
Que tipo de amor você merece?
A mensagem das Brumas
A vida pede isso: esqueça o passado!
Qual é o rumo da minha vida?


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
domingo, 19 de maio de 2019

energia
I-Ching: 03 – CHUN – DIFICULDADE INICIAL
O início de todas as coisas é freqüentemente trabalhoso e difícil. Mas basta manter-se paciente e perseverar.


energia
Runas: Sowilo
Seja transparente. Dia excelente , força vital e sucesso.


19
Numerologia: Originalidade
Mudanças ha muito consideradas podem ser bem feitas hoje. Seja diferente e original. Este é o dia para o exercício da individualidade.
Experimente o novo e o ainda não tentado. Mantenha-se independente e decisivo e, sobretudo, tenha coragem de agir de acordo com os seus sonhos.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Como diminuir a carência e a solidão
2. Como aumentar a conexão com quem você ama em apenas 2 minutos!
3. Como enfrentar os efeitos de Urano em Touro
4. Por que não me identifico com o meu signo solar?
5. Abandone a expectativa
6. 3 razões pelas quais você ainda não está vivendo o amor que deseja!
7. A mente e a realidade
8. 10 sintomas que mostram como está sua autoestima!

 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa