auravide auravide

Fleumático (N/Emotivo Ativo Secundário)

por Sergio Scabia
Publicado dia 17/08/2000 17:18:34 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o Símbolo: a parte maior do Tao, Yang, com a Ação predominando em sua casa, sustenta com firmeza (a "mão" laranja escuro), a energia feminina Yin, que, reinando em sua casa e apoiada na masculina, fornece a energia harmoniosa que gera firmeza, compaixão e justiça. Uma maior abertura para o feminino é desejada e necessária.

Homens de hábitos, tem respeito pelos princípios, pontuais, objetivos, merecedores de confiança, ponderados. De humor Igual, geralmente impassíveis, são também pacientes, tenazes, desprovidos de toda afetação. Seu civismo é profundo, sua religião tem caráter sobretudo moral. Em geral, possuem senso de humor muito aguçado. Gostam dos sistemas abstratos. Valor dominante: a lei.

Aqui o termo Fleumático ajusta-se perfeitamente aos que, pouco influenciados pelas emoções, são eficientes e constantes; geralmente encontramos pensadores e cientistas.
Pouco emotivos e além disso secundários, o que diminui os efeitos dos estímulos exteriores, amortecendo-os e diluindo-os no tempo, os fleumáticos pouco sofrem a influência do momento. Eles projetam-se de preferência para um futuro muitas vezes bastante longínquo, que consideram uma conseqüência dos fenômenos passados e presentes, segundo um determinismo quase mecânico. Disso resultam uma grande lucidez e um sentido aprofundado da análise, que não estão isentos de certa abstração mais ou menos minuciosa. Como os parâmetros humanos arriscam perturbar-lhes a construção intelectual, eles tendem a ignorá-los, conscientemente ou não, ou pelo menos a minimizar a sua importância e a afastá-los por princípio. Isso não os impede de ter algumas vezes visões proféticas quanto à evolução dos acontecimentos.
A existência dos fleumáticos desenrola-se de maneira mais ou menos uniforme e são necessários acontecimentos verdadeiramente excepcionais para chegarem ao ponto de romper com seus hábitos e com sua tranqüilidade interior.
À ordem e ao método de sua existência corresponde o respeito à regra ou à lei no plano moral. Nada mais significativo a esse respeito do que esta fórmula de Kant: "O céu estrelado acima de minha cabeça, a lei moral no meu coração."
Suas ações desenrolam-se num ritmo contínuo, mesmo nos momentos difíceis. Se seus gestos são de preferência lentos, são também seguros e contidos, e ele termina sua obra em um prazo que não deixa supor essa aparente lentidão. Kant julgava-se lucidamente quando descrevia assim seu próprio tipo de caráter:

Fleuma significa ausência de emoções, e não preguiça; esse temperamento significa que o indivíduo é colocado em movimento, nem com rapidez nem com facilidade mas de maneira persistente...
Age segundo princípios, não por instinto.

Quando a não-emotividade e a secundariedade são muito pronunciadas, o fleumático cai na mecanização da vida ou até sucumbe na insensibilidade total.



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
sergio
Sergio Scabia é co-fundador do Site Somos Todos UM
Email: sscabia@gmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Pontes Imagináveis
artigo Auto avaliação
artigo Recado espiritual de um Amparador Budista
artigo O que significa viver no presente?


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa