Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Mães narcisistas

por Silvia Malamud
Mães narcisistas
Publicado dia 08/11/2018 12:05:55 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

O que você precisa saber sobre a trama psicológica das mães narcisistas perversas

Antes de iniciar este artigo, devo deixar claro para as filhas de mães narcisistas perversas, que por mais sofrimento que tenham passado e que ainda possam estar passando, que a possibilidade de recuperação dos traumas vivenciados podem ser totalmente ressignificados, com a real possibilidade de se virar a página.

A parte mais dolorosa é quando se ganha consciência sobre os maus tratos que muitas vezes nem velados são. Saber que se tem uma mãe narcisista, a princípio não é nem simples e nem fácil de se conceber. Entender que toda a necessidade de acolhimento e de confiança que se busca na mãe está comprometida é avassalador. O caminho de reparação e de cura emocional, porém, está no avanço da percepção, quando se avança na compreensão total da trama derramada.

As vítimas deste tipo de convivência diariamente recebem críticas, desqualificações de todas as maneiras, intolerância e agressividade, independente do esforço feito para acertar. Um dos filhos sempre será tido como o filho de ouro, aquele que sempre é o protegido, visto como o melhor de todos e a quem escrachadamente tudo é desculpado, alias, nada do que ele faz é observado como algo de errado. A filha vítima deste tipo de mãe adoecida, sempre será a que não se encaixa em nada, a que faz tudo errado, enfim, será o bode expiatório de tudo o que pode dar errado e que não presta. Pela competição dessa mãe narcísica, voltada para si mesma, geralmente uma filha do sexo feminino é a escolhida para cumprir com este papel.

Como as mães narcisistas perversas enjaulam as suas crias dentro de um script bastante preciso, toda vez que suas filhas começarem a se desenvolver em algo, revele maior autonomia sobre si mesmas. O resultado será uma desqualificação massiva de tudo o que escolherem ou ousarem construir. E como isso costuma ocorrer desde quando são crianças, imaginem como ficam inseguras e com a autoestima totalmente fragmentada. Quando saem para o mundo, podem acabar tendo comportamentos duais, onde ora tendem a atender todos os desejos do outro, ora sentem a necessidade de se protegerem desse outro, pelo receio da perda total da identidade, pelos traumas sofridos. Algumas das vítimas chegam ao meu consultório extremamente ansiosas podendo passar por diagnósticos equivocados. Quando a trama é revelada por algum membro da família, na maioria das vezes, não há acordo sobre a veracidade deste tema, sendo que a vítima que está mais desperta, na maioria das vezes, necessita de auxilio terapêutico para se desintoxicar e não cair no conto de que ela é ingrata ou que estaria ficando louca. Tanto o teatro da vitimização, como o da acusação dessas mães são extremamente agressivos e potentes.

Por mais inacreditável que possa parecer, as vítimas quando despertas compreendem o quanto sempre foram fortes e, a partir desta percepção, exercem com autonomia sobre os seus direitos de fazerem boas escolhas seguindo pela vida com outros mapas existenciais bastante distintos daqueles que passaram. Existem todas as chances de que uma recuperação total ocorra.

Quanto mais despertos, melhor!

Veja também: link, link e link


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

auravide auravide
starstarstarstarstar
O artigo recebeu 4 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
silvia
Silvia Malamud é colaboradora do Site desde 2000. Psicóloga Clínica, Terapias Breves, Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e Terapeuta em Brainspotting – David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem direta a memórias do inconsciente.
Tel. (11) 99938.3142 - deixar recado.
Autora dos Livros: Sequestradores de almas - Guia de Sobrevivência e Projeto Secreto Universos

Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II




horoscopo

auravide auravide

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa