Home > Psicologia
Peste Emocional

Peste Emocional

por Silvia Malamud

Você conhece o termo Peste Emocional e a sua relação com o Narcisismo Perverso?

Em sua magnífica trajetória pelo planeta, Wilhelm Reich, sabiamente nomeou como Peste Emocional todo afastamento que o ser humano pode ter de si próprio e de tudo o que ele pode ter de humano.
Para Reich, toda repressão que a humanidade exerce sobre si mesma, no intuito de conter impulsos e emoções naturais, trazem como consequência, uma repressão corporal que encaminha todo o fluxo de energia vital saudável e criativa para toda a sorte de violência e competição desmedida. Um ciclo enlouquecido de poder e ódio de um sobre o outro.

Em nossa atualidade, claramente podemos traçar um paralelo entre a Peste Emocional de Reich e o perfil do abusador emocional, narcisistas perversos e outros do mesmo espectro.
Num tempo onde o vazio e o enaltecimento do ego e de tudo o que significa espetáculo é apenas o que vale, num universo onde tudo o que é efêmero vira moda, nasce o jogo do vale tudo e da competição desmedida, tudo para ser de modo ininterrupto, o bacana do momento.
Dentro desse pressuposto, predadores urbanos do século XXI, fazem o serviço de acuar inibindo todas as formas de expressão da identidade das vítimas. Um autoritarismo despótico camuflado pela estética da beleza e do bem-querer.

Reich, na fala que se assimila ao narcisismo perverso e às patologias afins, revela que o indivíduo com peste emocional está continuamente tentando impor aos outros a sua maneira de viver; e como parte de sua estrutura, possui uma inveja acompanhada de um ódio mortal a tudo o que é saudável; e tentará, em todas as circunstâncias e com todos os meios ao seu alcance, modificar o ambiente para que a sua maneira de viver e a sua maneira de ver as coisas não sejam postas em perigo.
"Os empesteados aglutinam-se em círculos sociais, cuja influência se manifesta, sobretudo, por uma opinião pública de intolerância em relação a tudo o que é amor natural. São conhecidos e temidos: sua punição golpeia toda manifestação amorosa sob falazes pretextos 'culturais' ou 'morais. Além disso, põe em funcionamento um sistema elaborado de difamação e delação; essas pessoas que julgam em segredo a sexualidade sadia de seus semelhantes têm o peso de muitas vidas humanas em suas consciências"- W. Reich. Essa última fala de Reich pode ser observada de modo análogo aos abusadores do momento, quando estes secretamente vivem em dois mundos, um que pune e critica e outro onde fazem o que bem entenderem, mas sempre manipulando as situações e pessoas para se saírem bem e bem vistos.
Esses seres com aberrações repletas de jogos de culpa e distorções da realidade objetiva fazem parte da sociedade do espetáculo, onde é inadmissível ser mal visto, por pior que sejam os atos cometidos. Presas e abusadores fazem parte do mesmo contexto espacial da era do espetáculo.

Existe, porém, um antídoto para a peste emocional e para todas as formas de abuso. Esse antídoto é chamado de "O caminho da volta para si mesmo", um lugar de proteção absoluta que pode ser alcançado por meio de terapia, autoconhecimento, meditação, práticas esportivas e artísticas. Ocorre ao se praticar algumas dessas modalidades propostas, no ato de consciência, que tem a capacidade inequívoca de trazer a sensação da alma voltar para o corpo em comunhão com o universo que a protege. A partir deste momento, a incorruptibilidade desse status faz com que o ser humano honre mais do que nunca a sua sagrada jornada. É a conquista de um lugar sem apegos emocionais onde o que passa a valer é apenas o absoluto do bem-estar.

Nesse sagrado momento, uma força irrebatível retorna ao corpo e ao psiquismo, juntamente com a liberdade de ser e de existir com imbatível presença.
Quanto mais despertos, melhor!


Leia Também:

Narcisistas Perversos: quem são, como agem e como reconhecê-los?


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 05/06/2019 23:37:54

Silvia Malamud é colaboradora do Site desde 2000. Psicóloga Clínica, Terapias Breves, Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e Terapeuta em Brainspotting - David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem direta a memórias do inconsciente.
Tel. (11) 99938.3142 - deixar recado.
Autora dos Livros: Sequestradores de almas - Guia de Sobrevivência e Projeto Secreto Universos
Visite seu Site
Email: malamud.silvia@gmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Como ganhar espaço interno
Como anda o meu julgamento?
A geração dos homens banana
Como livrar-se das angústias
Estar feliz não é ser Feliz
Reprograme seu cérebro: Como lidar com emoções intensas?


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
sexta-feira, 22 de novembro de 2019

energia
I-Ching: 42 – I – AUMENTO
Momento de crescimento, que significa melhora não só no aspecto material mas também no espiritual. Ele acontece quando as ações e, acima de tudo, os sacrifícios são feitos em favor dos outros.


energia
Runas: Eihwas
50% já está conquistado, o resto e com você. Aja!


22
Numerologia: Idealismo
Dia para dedicar-se a obras que beneficiem todos ao seu redor. As atitudes devem ser abrangentes enfocando grupos de pessoas. Mantenha os pés firmes no chão e aja de forma a melhorar as coisas para os outros.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa