auravide auravide

A esperança irá ressurgir


Acidente aéreo e a tristeza pairando no ar.
Sim, uma semana muito difícil e o tempo chuvoso, colaborando para essa atmosfera.
Aí hoje, logo cedo, o sol começa a aparecer timidamente, as nuvens começam a se desfazer, as crianças brincando e, aos poucos, a atmosfera ganha um novo aspecto.
Observando tudo isso, não pude deixar de refletir que assim como o tempo, a vida apresenta essas oscilações.
Em certos momentos, ela nos apresenta situações que se assemelham a grandes tempestades, que parecem tirar o nosso chão, não sabemos como agir e qual caminho seguir.
Em outros momentos, o sofrimento bate a nossa porta, nos desesperamos, acreditamos não termos mais forças para continuar, cremos que Deus nos abandonou e nos sentimos completamente sozinhos.
Também há situações onde sofremos injustiças, somos caluniados e feridos, aí nos revoltamos e perdemos a esperança.
Porém, o Pai jamais nos abandona, Ele nos ampara, mesmo que não sintamos a Sua presença.
Consola a nossa dor, mesmo quando a ferida parece ser insuportável.
Sempre estende a Sua mão, mesmo quando tudo a nossa volta parece escuridão.
Enxuga as lágrimas que teimam em cair de nossa face.
E mesmo quando achamos que tudo chegou ao fim, lá está o Pai a nos mostrar que tudo se renova, é que sempre teremos a oportunidade de recomeçar.
E que nenhum sofrimento será eterno.
Se hoje, a tormenta está ao nosso lado, ela não será nossa companheira eterna.
Se as atribulações parecem muitas, tenhamos paciência e fé, porque com essas ferramentas descobriremos, que nossa força interna é maior que qualquer obstáculo.
Se em uma das curvas da vida, a perda se apresentar, não desistamos de continuar, se o Pai permitiu que isso acontecesse, era porque sabia que seria necessário para nossa evolução espiritual.
Se os espinhos do caminho ferirem nosso corpo, saibamos que as feridas da matéria, com o tempo, sempre se cicatrizam e um novo horizonte surgirá a nossa frente.
Quando a tristeza procurar envolver nosso ser, não nos entreguemos ao desânimo, busquemos em prece o auxílio da providência divina, que a luz se fará presente.
Quando os acontecimentos do dia a dia nos fragilizarem, ao invés de desalento, busquemos conversar com o Pai e jamais ficaremos sem resposta.
Se as notícias de tragédias nos comovem, não baixemos nosso padrão vibratório, mas sim, pratiquemos a caridade em forma de uma prece para os que sofrem, assim, estaremos cooperando com as caravanas de luz e também nos protegendo dos ataques das trevas.
E quando acharmos que a tempestade não cessará, lembremos que a esperança, a fé, a confiança e o amor jamais morrem.
E assim como o sol, que após a tempestade sempre retorna, a esperança irá ressurgir.
A fé irá nos fortalecer.
A confiança irá nos dar a certeza de que devemos continuar o caminho.
E o amor a tudo irá reconstruir...

Sônia Carvalho
soniaccarvalho@hotmail.com
19/07/07

Publicado em:




Comentários



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa