Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A janela e o espelho

A janela e o espelho
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Um jovem muito rico foi encontrar-se com um rabi e lhe pediu um conselho para orientar a vida. Este o conduziu até a janela e perguntou:

- O que você vê através dos vidros?

- Vejo homens que vão e vêm, e um cego pedindo esmolas na rua.

Então, o rabi mostrou-lhe um grande espelho e novamente o interrogou:

- Olhe neste espelho e diga-me agora o que você vê.

- Vejo a mim mesmo.

- E já não vê os outros! Repara que a janela e o espelho são ambos feitos da mesma matéria-prima, o vidro; mas no espelho, porque há uma fina camada de prata colada a vidro, você não vê nele mais do que a tua pessoa. Você deve se comparar a estas duas espécies de vidro. Quando pobre, via os outros e tinha compaixão por eles. Coberto de prata, rico, vê apenas a sua imagem. Só valerá alguma coisa quando tiver coragem de arrancar o revestimento de prata que tapa os olhos para poder de novo ver e amar os outros...


Do livro "A cerimônia do chá", de Paulo Coelho.
Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa