Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A responsabilidade de cada um no todo

A responsabilidade de cada um no todo
Facebook   E-mail   Whatsapp


Quando paramos para pensar em responsabilidade, percebemos que as atitudes responsáveis podem ser: pequenas, grandes ou insignificantes, podem envolver poucos ou muitos.
A responsabilidade acontece quando tomamos consciência das conseqüências de cada ato, por mais simples que pareçam.
Assumir a conseqüência cria a responsabilidade. Às vezes, parece fácil achar que somos responsáveis, mas quando analisamos nossas intenções e sentimentos, passamos a ter o real significado dessa responsabilidade.

Onde começa a responsabilidade?
Ela começa no momento em que nos relacionamos com o outro, pois o outro passa a agir diante do nosso ato.
No relacionamento, a responsabilidade será sentida por cada um dos parceiros de modo diferente, devido à forma como cada um recebeu dos pais essa responsabilidade.
Maior ato de responsabilidade é o matrimônio onde o casal em cerimônia e com muitas pessoas presentes declara assumir a responsabilidade de ser fiel e amar sua esposa ou esposo até que a morte os separe.
Quantos de nós ainda hoje continuamos a assistir a mesma cerimônia e com os mesmos termos de responsabilidades que desde a antiguidade nada do que é dito foi respeitado.

Pense nessas palavras:
Ser fiel e amar até que a morte os separe.
Ser fiel em suas relações? Quem consegue manter essa fidelidade na atitude e no pensamento?
Quem amou até que a morte o separe?
Só Jesus.
Quando analisamos a responsabilidades do que falamos e como agimos, passamos a entender o quanto nos falta de atitude responsável.
Entre os menores atos de responsabilidade pode-se dar o exemplo de pais dizendo ao filho:
- Amanhã, filho, vamos jogar bola.

No dia seguinte, eles lembram que tinham outro compromisso e dizem ao filho que vai ficar para o outro fim de semana.
Esquecemos muito facilmente esses pequenos atos de compromisso e responsabilidade para com o outro (pais, filhos, parentes e amigos).

Muitos vão tentar se justificar, porém a sua consciência lhe dirá:
- Se coloque no lugar daquele que não tem o seu compromisso respeitado.

Tornou-se tão comum essa falta de responsabilidade que muitos já se justificam assim:

- Quantos não fazem o mesmo, por que eu vou ter que mudar agora?

Vamos tentar lembrar dos nossos atos de responsabilidade.

Imagine agora que você está se observando em casa, na empresa e no social. Comece pelo ato de responsabilidade que você está assumindo nessas situações de convívio social, tente perceber como o outro se sente e depois perceba você.
Agora, imagine acordando com esse sentimento de responsabilidade e praticando em seu dia-a-dia.
Você se torna o seu próprio observador que percebe a responsabilidade em cada ato.
Quando mudamos nossas atitudes criamos um efeito no outro. Pratique, para ver o efeito que irá causar em você e no outro mantendo atitudes responsáveis.

Noam Chomsky nos faz uma importante citação:

"Cada pessoa é responsável pelas conseqüências previsíveis de seus atos, pensamentos e atitudes".

Margareth Marchi
[email protected]
Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa