auravide auravide

A VONTADE DE DEUS


Para onde quer que eu vá?
O que quer que eu faça?
O que quer que eu diga e a quem?


As pessoas se perguntam: Será que eu quero servir a Deus ou será que quero ser feliz?
Como certas religiões organizadas acabaram representando a vida espiritual como uma vida de sacríficios e austeridade, pode ser difícil para algumas pessoas imaginar que viver perto de Deus constitua uma vida cheia de alegria.

Deus não exige sacrifícios. A vida de sacrifícios é a vida que vivemos antes de encontrarmos um sentido mais alto de identidade e propósito: sacrificamos a lembrança do quão magníficos somos de fato e do importantíssimo trabalho que viemos fazer aqui. E isso é um bocado a ser sacrificado, porque, quando não conseguimos lembrar a razão de estarmos indo a algum lugar, temos muita dificuldade de agir com força total depois de chegarmos a ele.

O amor dá energia e direciona. É um combustível espiritual.

"Enxergando as forças que você tem tais como são e, da mesma forma, cônscio de onde serão mais bem aplicadas, em benefício de quem, para que e quando, Ele escolhe e aceita em nome de você o quinhão que lhe cabe".

Do livro: Um Retorno ao Amor, de Marianne Williamson. Ed. Paradigma.

Aproveite e leia: Segurança diante da incerteza...
Publicado em:




Comentários



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa