auravide auravide

Abrindo nossas portas interiores

Facebook   E-mail   Whatsapp

Lembremos que quando a dor nos visita, ela quer sempre nos mostrar algo e conduzir nosso Espírito à renovação.

Por isso, sejamos sempre perseverantes, mesmo que as dificuldades sejam muitas e pareçam invencíveis.

Jamais estaremos desamparados pela Providência Divina que sempre nos mostrará uma luz.

Porém, para que possamos enxergar essa luz, se faz necessário que abramos nossas portas interiores, porque ninguém enxerga os raios solares, se permanecer com a janela fechada.

Precisamos crer sim, na proteção divina, mas precisamos também dar oportunidade para que nossos amigos espirituais se aproximem de nós e nos inspirem para o caminho do bem.

Muitas vezes, nos apegamos apenas as adversidades do dia a dia, deixamos que os problemas nos envolvam e nos enfraqueçam. E assim, nossa vida passa a perder o seu colorido e bate em nós a vontade de desistir, de abandonar a jornada.

Mas precisamos compreender e principalmente acreditar que todos nós temos muita luz interna, lembremos que o Mestre já nos dizia: " Brilhe a vossa luz".

Sim, temos uma luz intensa dentro do nosso íntimo, mas para que ela possa iluminar o caminho a nossa frente, precisamos ter fé, porque é a fé que nos fará enxergar um novo horizonte.

Com fé, não temeremos os obstáculos, por maiores que eles sejam. Se mantivermos a fé ao nosso lado, as trevas que nos cercam perderão o seu poder e serão deixadas para trás.

Precisamos a cada dia, compreender a importância de semear a fé dentro de nós, porque é ela que nos dará o equilíbrio para que possamos enfrentar qualquer sofrimento.

A fé deve ser a chama que aquece nosso Espírito e coloca ao seu lado a serenidade e a coragem de prosseguir.

Sem fé, nos sentimos incapazes de trilhar o caminho, mas quando fazemos dela a nossa companheira de viagem, nos sentimos muito mais fortes e perseverantes para enfrentar as tormentas que vierem.

Se estamos num mundo de provas e expiações é porque nosso Espírito ainda necessidade de inúmeros aprendizados para chegar à perfeição.

Mas não podemos desistir. Se acreditarmos que somos fracos, fracos seremos e os espinhos do caminho provocarão inúmeras feridas. Mas, se ao contrário, confiarmos em nosso potencial e no Pai, que jamais nos abandona, saberemos que tudo é passageiro e que nosso Espírito caminha em direção do progresso espiritual.

Por isso, busquemos sempre conversar com o Pai, sabendo que Ele nos ouvirá e nos mostrará o melhor caminho para seguirmos e mesmo que na hora não aceitemos os Seus desígnios, saibamos que Ele sempre faz o melhor por cada um de Seus filhos.

Sintamos também a presença do nosso Mestre Jesus que nos deixou os Seus ensinamentos e caminha a cada instante ao nosso lado, nos confortando e fortalecendo nos momentos de angústia e dor.

Não nos deixemos abalar, quando nossos dias se tornarem verdadeiras tempestades, saibamos que com fé a harmonia permanecerá dentro de nós e serenos, encontraremos a saída para nossos problemas.

Através da prece verdadeira, entraremos em sintonia com as caravanas de luz, que virão em nosso socorro e nos auxiliarão a vencer as pedras a nossa frente.

Quando estivermos diante do sofrimento, não nos entreguemos ao desespero, silenciemo-nos por alguns instantes, busquemos o Evangelho do Mestre e confiemos, porque lá sempre haverá uma resposta que nos consolará.

Se acontecimentos desagradáveis nos atingirem, procuremos prosseguir, porque lá adiante, o sol voltará a brilhar.

Quando sonhos forem desfeitos, não percamos a esperança, porque quando uma porta se fecha, outra se abre e nos conduz a novos ensinamentos que fortalecem nosso ser.

Quando em nosso lar, a desarmonia está presente, não nos deixemos vencer pelas influências negativas, busquemos pelo Evangelho e iremos sentir a presença do Mestre a nos dizer: " A minha paz eu vos dou".

Se a perda de um ente querido ainda nos causa sofrimento, não ocultemos as lágrimas, deixemos que elas rolem e aliviem nosso coração, mas não percamos a certeza de que o fim não existe, porque a vida se renova a cada instante e busquemos abrir sim, as nossas portas interiores, porque novas alegrias precisam adentrar.

Se problemas financeiros tiram a nossa paz, não nos aflijamos, nada nos faltará, procuremos manter a fé e veremos como ela nos sustentará e nos dará força para prosseguirmos.

Se a perda de um amor corrói nosso coração, ao invés de nos aliarmos à mágoa, busquemos compreender que nada ocorre por acaso e que se continuarmos nossa jornada, passo a passo, a ferida cicatrizará e o amor voltará a se aproximar de nós.

Se a perda de um emprego, nos fragiliza, confiemos, busquemos a fé, que ela irá nos mostrar o caminho a seguir.

Se a doença se faz presente em nossa vida, não nos entreguemos. Confiantes, encontraremos sim a cura para nosso Espírito, mas precisamos confiar no amparo celestial que sempre está conosco.

E se é a dúvida que nos martiriza, usemos novamente da fé, para encontrar as respostas que carecemos.

A fé nos fortalece, nos ergue do chão, nos mostra o sol, mesmo quando este está escondido entre nuvens.

A fé nos aquece nos dias frios e nos mostra a alegria mesmo quando os espinhos são muitos.

A fé nos envolve numa luz radiante que nos protege do mal.

Mas a fé só se acende verdadeiramente quando abrimos as nossas portas interiores.

Por isso, confiemos e não fiquemos parados.

Escolhamos a vida e nos voltemos para ela, abrindo as nossas portas interiores.

Assim, iremos sempre triunfar...

Sônia Carvalho
soniacarvalho0707@gmail.com


Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa