auravide auravide

ADEUS À CULPA

Facebook   E-mail   Whatsapp

LIÇÃO 11 - Parte 2
"NÃO MORDA A MAÇÃ"
A estória seguinte é sobre uma amiga minha, Linda Berdeski, que foi capaz de parar de condenar e punir a si mesma, quando tomou a decisão crucial de unir-se ao amor do qual nunca esteve realmente afastada.

Há menos de dez anos atrás, Linda, uma mãe divorciada com quatro filhos "chegou ao fundo do poço". Juntou-se a uma turma de vagabundos, falida e viciada em álcool e drogas. Sua auto-estima estava mais baixa do que nunca e sua auto-condenação estava altíssima.

Um dia, sentada num bar em San Diego, Linda entendeu, de repente, que tinha como escolher. Reconheceu que poderia continuar a beber até se destruir, ou poderia assumir a responsabilidade por si mesma e transformar sua vida. Num segundo ela tomou sua decisão. Declarou a seus companheiros de bebida que não queria mais viver bebendo como uma alcoólatra e, tendo dito isso, deixou para trás o seu passado, à medida em que saía do bar sombrio, em direção ao sol brilhante do meio dia.

Linda me disse que quando foi para o sol, sentiu o calor crescente da presença de Deus lhe acolhendo e dando suporte à sua decisão. Nas semanas que se seguiram, pediu a ajuda que precisava para se libertar dos vícios e começar uma nova vida. Cortou a ligação com o passado doloroso e cheio de medo e com suas ansiedades com relação à possibilidade de ter um futuro cheio de problemas. Resumindo, ela se colocou nas mãos de Deus. À medida em que começou a praticar o perdão de cada pessoa, inclusive de si mesma, começou a ver os efeitos positivos disso em sua vida, resultantes de ter colocado sua confiança em Deus.

Pouco tempo depois que Linda deixou de beber, começou a trabalhar num centro de ajuda a alcoólatras. Alguns meses depois, um emprego como conselheira no centro surgiu e ela se candidatou para ele. Embora não tivesse educação universitária ou experiência anterior como conselheira - e outros candidatos fossem muito qualificados - ela foi a escolhida.

Eu lhe perguntei porque sentira que seria a escolhida, apesar da sua falta de credenciais e sua resposta me intrigou. Ela me respondeu, "Quando eles me perguntaram porque eu pensava que seria a melhor para o emprego, eu respondi alguma coisa que me deixou impressionada. Ouvi-me dizendo, Quero ajudar as pessoas e sou provavelmente a pessoa mais maravilhosa que já encontraram em suas vidas! Acredite que nunca poderia me imaginar dizendo algo assim; parecia que alguém falara por mim. E logo soube que obtivera o emprego!"

Nos dois anos e meios seguintes, Linda ensinou pensamento positivo no centro e sua própria vida mudou de forma milagrosa. "As teorias de Cristo funcionam, se vocês as usar," Linda me disse. "Na Bíblia, Cristo diz a Simão Pedro, Você me ama? E Simão Pedro responde, Senhor, Você sabe que lhe amo. Então Cristo responde, Alimente minhas ovelhas." E, nas palavras de Linda, "A forma de fazer isso é alimentando - mentalmente e fisicamente - as pessoas que precisam."

Quatro anos atrás, em resposta à necessidade de pessoas desabrigadas e famintas de Imperial Beach, Califórnia - um subúrbio de San Diego próximo à fronteira mexicana - Linda abriu um pequeno restaurante chamado My Little Café. Linda descreve seu restaurante, que fica no meio de uma área muito pobre à beira mar, como "um tipo de festa de máscaras - um campo de trabalho para Deus." E, como qualquer pessoa que já esteve lá pode lhes confirmar, é exatamente o que é.

A cada dia, além de servir café da manhã, almoço e jantar, no seu café, para aqueles que só podem pagar pouco por uma refeição, Linda e seus voluntários, seus filhos adolescentes incluídos, levam sopa e sanduíches para o cais em frente. Alimentam alcoólatras desabrigados, viciados em drogas, jovens foragidos, ou qualquer pessoa que esteja faminta e não possa pagar o preço de uma refeição. "Nós os alimentamos com o que podemos," ela nos diz. Seu "alimentar" não se restringe a dar comida. As pessoas que vêm ao seu café pedindo ajuda, têm-na de emergência, como alojamento e roupas, livros ou transporte até o centro de desintoxicação para alcoólatras de San Diego, onde ela trabalhou por um tempo.

A abertura do café levou Linda a outras atividades correlatas. Na realidade, My Little Café é o centro de uma organização completa que inclui uma igreja com um nome inusitado de "Não Morda a Maçã." Linda nos explicou o significado desse nome, em sua maneira eloqüente: Você e eu estamos continuamente brincando de Adão e Eva no Jardim. Cada vez que julgamos o outro, estamos mordendo a maçã da condenação. Toda vez em que influenciamos uma outra pessoa para criticar ou condenar, estamos tentando Adão. Todas as vezes em que permitimos que o julgamento do bem e do mal governem o nosso pensamento, estamos sendo expulsos do Paraíso.

A fórmula para permanecermos no Paraíso é simples. Pratique, pratique, pratique não morder a maçã. Vai perceber, que à medida que pratica, vai tentar ficar num estado constante de doação aos outros. Vai começar a se ver num estado natural de amor incondicional que se estende até os outros. Nós mesmos é que escolhemos se vivemos dentro, ou fora do estado de Paraíso. É uma escolha consciente.

Linda é também uma estudante perseverante de "Um Curso em Milagres" e ensina, regularmente, em classes noturnas a aplicação dos princípios do curso a situações de vida do dia-a-dia. Sua vida é devotada a dar-se e ajudar os outros. A luz amorosa, a luz de Deus que brilha em Linda é uma inspiração para todos que entram em contato com ela.

A estória de Linda nos relembra que nós sempre temos uma escolha - se queremos ouvir e responder à voz de Deus, nossa verdadeira realidade, ou continuar aprisionados por nosso ego. E constantemente precisamos nos lembrar disso. A liberdade chega quando sabemos, em nossos corações, que somos um com Deus e nossos irmãos e que o amor que partilhamos é inesgotável e eterno.

Você pode aplicar um exercício por dia ou aplicar o mesmo exercício durante a semana toda. Para melhor aproveitamento, faça uma pequena meditação colocando a frase principal do exercício em evidência na parte da manhã (mínimo 5 min) e à noite, antes de dormir. Procure seguir as diretrizes de cada lição para que você tenha maiores benefícios.
Exercícios retirados do livro "Goodbye to Guilt", de Gerald G. Jampolsky, Bantam Books.

www.cca.org.br

Acese a Parte 1...


Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa